Wake-up Vibe20/03/2013 | 04h32

Feira erótica de São Paulo aposta em vibrador-despertador

Novidade será apresentada na 20ª Erótika Fair

Enviar para um amigo
Feira erótica de São Paulo aposta em vibrador-despertador Divulgação/Divulgação
Foto: Divulgação / Divulgação

Uma novidade lançada em uma feira erótica pretende animar as mulheres. É o Wake-up Vibe: um sex toy que combina despertador com um vibrador. Basta programar o relógio do brinquedo adulto, escolher uma das 6 opções de vibração e manter o vibrador na calcinha durante a noite.

Na hora programada, o Wake-up Vibe vai despertar com vibrações. O produto tem o formato curvilíneo do corpo feminino e é excepcionalmente fino.

Como usar:

1. Programe o relógio: Ajuste a hora que você quer acordar e escolha uma das 6 opções de vibração. O display de alta tecnologia é perfeito para ajudar a vibração de acordo com as suas preferências.

2. Mantenha o vibrador na sua calcinha durante a noite. Pode se mexer e mudar de posição, pois o acessório ficará no lugar.

O produto vai ser apresentado oficialmente durante a Erótika Fair, no stand da Loja do Prazer. A feira se realiza de 4 a 7 de abril no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo. A venda antecipada do produto está disponível no site www.lojadoprazer.com.br .

Público feminino é maioria em sexy shops

Hoje falar sobre sexo, comprar produtos que tirem o casal da rotina e freqüentar sexy shops não são mais tabus para muitas pessoas. Prova disso é o crescimento acelerado do meio de produtos eróticos. Segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme), em 2012, aconteceu um aumento de aproximadamente 16 % nas vendas, movimentando 1 bilhão de reais no mercado brasileiro.

Outro fator curioso é que, antigamente, os homens dominavam esse consumo. Porém, nos últimos anos as mulheres passaram a ser as maiores compradoras, nas lojas virtuais. Prova disso é o salto na porcentagem de vendas para as mulheres desde 2004, em que apenas 31% do público feminino consumia esses produtos, para 70%, no último ano.

Ainda de acordo com a Abeme, os produtos mais procurados pelas mulheres são as lingeries, cosméticos sensuais e vibradores.

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Donna no Twitter

clicRBS
Nova busca - outros