Sou mais eu 08/05/2012 | 13h14

Falar de si mesmo nas redes sociais é tão prazeroso quanto comida e sexo

Comunicar pensamentos e sentimentos ativa parte do cérebro relacionada à satisfação, diz estudo

Enviar para um amigo
Falar de si mesmo nas redes sociais é tão prazeroso quanto comida e sexo Reprodução/Reprodução
Falar de si mesmo nas redes sociais traz satisfação Foto: Reprodução / Reprodução

A pesquisa, conduzida por Diana Tamir e Jason Michel, do Departamento de Psicologia da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, aponta que as pessoas dedicam de 30 a 40% de suas conversas para falar de si mesmas. A porcentagem sobe para 80% quando se trata de conversas nas redes sociais, como Facebook e Twitter.

— Queríamos saber porquê, de maneira constante, as pessoas divulgam informações pessoais em conversas pela internet, com conhecidos ou desconhecidos, com quem quer que as escute — conta Diana Tamir.

Os pesquisadores colocaram à prova teorias recentes de que as pessoas atribuem grande valor às oportunidades de comunicar o que sentem e pensam para outras pessoas, e ao fazer isso, são ativados mecanismos neurais e cognitivos associados à gratificação.

— Falar de si mesmo faz bem. Sabemos que não compartilhar a informação, especialmente emocional, pode ter efeitos negativos para a saúde — afirma a pesquisadora.

Foram feitos cinco estudos, realizados com grupos de 20 até 200 pessoas, onde se concluiu que comunicar sentimentos é tão prazeroso quanto comer ou fazer sexo. Durante os testes, foi oferecido dinheiro para os participantes que optassem responder perguntas relacionadas à outras pessoas, como o presidente Barak Obama. Mesmo assim, as pessoas preferiram falar de si do que ganhar o dinheiro.

A pesquisa, que utilizou ressonância magnética para acompanhar a atividade cerebral enquanto os indivíduos falavam de si, foi realizada com pessoas que moram perto da Universidade de Harvard. O resultado está publicado na edição desta semana da revista da Academia Americana de Ciências (PNAS).

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga @bemestarzh no Twitter

clicRBS
Nova busca - outros