Julgamento no STF07/08/2012 | 20h07

Advogados sustentam que réus desconheciam o esquema do mensalão

Na quarta sessão, defensores voltaram a desqualificar denúncia apresenta por Roberto Gurgel

Enviar para um amigo
Advogados sustentam que réus desconheciam o esquema do mensalão Gervásio Baptista/STF,Divulgação
Advogados chegaram a comparar denúncia com roteiro de novela das oito Foto: Gervásio Baptista / STF,Divulgação

Pelo segundo dia, as defesas dos réus da Ação Penal 470, conhecida como processo do mensalão, apresentaram seus argumentos aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Nesta terça-feira, falaram no plenário os advogados de Cristiano Paz, Rogério Tolentino, Simone Vasconcelos, Geiza Dias e Kátia Rabello. Todos usaram seus tempos de sustentação oral para desqualificar a denúncia feita pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e reafirmar a falta de provas.

Leia mais:

Acompanhe os bastidores do julgamento

Veja como teria funcionado o suposto esquema do mensalão

O advogado de Tolentino, Paulo Sergio Abreu e Silva, chegou a comparar a denúncia apresentada pelo MP ao roteiro de uma novela das oito. No que foi seguido pelo representante de Simone Vasconcelos, Leonardo Isaac Yarochewski:

— Virou moda, porque é bonito falar. Até na novela das oito, a Carminha disse que ia processar a Nina por bando ou quadrilha — afirmou.

Os advogados dos quatro réus ligados a Marcos Valério — Paz, Tolentino, Simone e Geiza — sustentaram que seus clientes desconheciam as práticas de atividades ilícitas e o suposto esquema para compra de votos.

Os advogados de Simone e Geiza sustentaram que suas clientes apenas faziam o que seus patrões determinavam.

— Ela (Simone) era empregada, o dinheiro não lhe pertencia. O que o patrão faz com o dinheiro não cabe ao funcionário questionar — sustentou Yarochewsky, que admitiu o uso de carro-forte para transportar os valores, usados para pagar dívidas de campanha.

Advogado da ex-presidente e atual acionista do Banco Rural Kátia Rabello, ex-ministro José Carlos Dias, negou que o banco fizesse empréstimos fictícios ao grupo de Valério.

A sessão foi encerrada por volta das 19h. Nesta quarta-feira, o STF retomada o julgamento a partir das 14h, com a sustentação oral de mais cinco advogados de defesa.

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesArena oferece descontos de até 50% para Grêmio x San Lorenzo http://t.co/dq7AAT4K76há 10 minutosRetweet
  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesMusa do UFC, Ronda Rousey fará pontinha em jogo de beisebol nos Estados Unidos --> http://t.co/yYpgbTGbPR (via @PrimeTimeZH)há 43 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros