PPP06/06/2012 | 21h26

Procurador pede informações sobre a ERS-010

Piratini estuda a realização da obra por meio de parceria público-privada

Enviar para um amigo

O procurador-geral do Ministério Público de Contas (MP de Contas), Geraldo da Camino, enviou à Secretaria de Infraestrutura e Logística um pedido de informações sobre os estudos do governo acerca da possibilidade de construção da ERS-010 por meio de parceria público-privada (PPP).

O Piratini fez uma série de reuniões nas últimas semanas para tratar da obra rodoviária, considerada uma prioridade pelo núcleo de gestão. A Estruturadora Brasileira de Projetos (EBP), empresa de propriedade de bancos públicos e privados, enviou representantes ao Estado recentemente para discutir a elaboração de um projeto que detalhe o melhor modelo de execução da ERS-010.

A proposta da Odebrecht, feita em parceria com a Associação de Municípios da Região Metropolitana (Granpal), está sendo utilizada como ponto de partida para as projeções. A tendência do Piratini é optar pela PPP patrocinada, cuja especificidade pressupõe que uma empresa privada investirá recursos na obra e obterá retorno com a cobrança de pedágios. É provável que o Estado precise fazer aportes financeiros para cobrir o custo integral de construção da rodovia.

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraAO VIVO: Bloco de Luta protesta para pedir a revogação do aumento das passagens em Porto Alegre: http://t.co/SaRDgk0EuVhá 5 minutosRetweet
  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesArena oferece descontos de até 50% para Grêmio x San Lorenzo http://t.co/dq7AAT4K76há 19 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros