Encontro na TV13/08/2012 | 23h34

Candidatos confrontam ideias no debate da TVCOM com concorrentes de Pelotas

Os cinco postulantes à prefeitura compareceram ao programa, que durou pouco mais de 1h30min

Enviar para um amigo
Candidatos confrontam ideias no debate da TVCOM com concorrentes de Pelotas Nauro Júnior/Agencia RBS
Jornalista Cláudio Brito mediou debate de candidatos pelotenses Foto: Nauro Júnior / Agencia RBS

A TVCOM promoveu na noite desta segunda-feira mais um debate entre candidatos à prefeitura. Desta vez, confrontaram ideias os concorrentes a prefeito de Pelotas — o terceiro maior colégio eleitoral do Rio Grande do Sul. Participaram do encontro na TV os candidatos Eduardo Leite (PSDB), Fernando Marroni (PT), Catarina Paladini (PSB), Jurandir Silva (PSOL), e Matteo Chiarelli (DEM).

Sem um candidato à reeleição — o atual, Fetter Jr. (PP), já foi reeleito — houve em vários momentos tentativas de expandir o debate para a esfera federal. Chiarelli e Jurandir bateram especialmente no PT, citando escândalos como o mensalão.

Marroni, que já foi prefeito de Pelotas, direcionou ataques à atual gestão: disse que a administração pelotense pode perder acesso a recursos importantes do governo federal e defendeu as gestões de Dilma e do governador Tarso Genro. Criticou ainda a condução da saúde pública e o destino dado aos resíduos sólidos no município – que, segundo o candidato, envia o lixo para Candiota, com custo considerado por ele elevado.

Leite insistiu na tese de que é possível reduzir impostos e, ainda assim, ampliar a arrecadação e investir em serviços de melhor qualidade. Disse que pretende equipar a prefeitura com recursos para que se possa promover regularização fundiária, como resposta ao déficit habitacional de Pelotas.

– A cidade não vai crescer se fizermos terra arrasada. Temos de reconhecer para avançar – disse, em resposta a ataques à gestão de Fetter Jr.

A exemplo do que fazia o candidato petista, Paladini criticou a atual gestão e disse que alinhamento político com Porto Alegre e Brasília são importantes para desenvolver a cidade.

— Hoje vemos Pelotas regredindo, enquanto cidades da região estão crescendo – comentou o candidato, deputado estadual.

Jurandir defendeu a agricultura familiar e o emprego de ciclovias na cidade:

– Quero fazer de Pelotas a capital nacional das bicicletas. Vivemos em uma cidade plana, que precisa dar condições para isso.

Já Chiarelli voltou suas críticas à atuação de Marroni como deputado federal.

– No tempo em que a cidade tinha representantes, gente que falava grosso, Pelotas obtinha recursos, que não se perderia no mensalão e em outros escândalos por aí.

clicRBS
Nova busca - outros