Eleições30/06/2012 | 21h02

Seis chapas concorrem à prefeitura de Pelotas

Em tarde decisiva, o atual prefeito Fetter Júnior confirma apoio a dois grupos: o PTB de Fabrício Tavares e o PSDB de Eduardo Leite. Matteo Chiarelli, do DEM, correu por fora e fará dobradinha com o PV

Enviar para um amigo

Na confirmação dos nomes que disputarão a prefeitura de Pelotas, no sul do Estado, a surpresa ficou por conta de Matteo Chiarelli (DEM), que até os últimos dias ainda negociava o apoio do prefeito Fetter Júnior. Como o PP do atual prefeito fechou com o PTB do atual vice, Fabrício Tavares, o DEM de Chiarelli correu por fora e fará dobradinha com o PV. Ao todo, seis chapas concorrerão às eleições.

Apesar da preferência, Fabrício Tavares terá de dividir o apoio de Fetter Júnior com a chapa de Eduardo Leite (PSDB), que terá Paula Mascarenhas (PPS) como vice. Isso porque o atual prefeito de Pelotas já havia se comprometido em apoiar dois grupos da base aliada do governo. O PP lançou a filha do presidente municipal da sigla como candidata a vice do PTB, a arquiteta Cláudia Leite.

Mesmo sem concluir a negociação, Chiarelli segue a mesma estratégia dos apoiados por Fetter Júnior: as três dobradinhas terão como candidatos a prefeito um homem e como vice uma mulher. A parceira de Matteo Chiarelli será a estudante do curso de Direito Daniela Duarte, do PV.

Longe das escolhas e preferências do prefeito de Pelotas, o deputado estadual Catarina Paladini (PSB) confirmou a parceria com o PC do B - Reginaldo Bacci, até então pré-candidato pela sigla, aceitou concorrer à prefeitura como vice. Na oposição, Fernando Marroni, do PT, concorrerá pela 5ª vez consecutiva, desta vez o deputado federal fará parceria com o PMDB – terá como vice o vereador e radialista Adalim Medeiros.

O PSOL se apresenta com chapa pura, o engenheiro agrônomo Jurandir Silva, que concorreu como vice na eleição passada e nunca ocupou cargos públicos, fará parceria com Júlio César Domingues.

clicRBS
Nova busca - outros