Versão mobile

Norte do Estado13/01/2013 | 16h39

Turista gaúcha assassinada na Ponte da Amizade sonhava em ensinar crianças

Investigação será feita pela polícia paraguaia

Enviar para um amigo
Turista gaúcha assassinada na Ponte da Amizade sonhava em ensinar crianças Diogo Zanatta/Especial
Noiara Bonatto Foto: Diogo Zanatta / Especial

Ensinar crianças era um dos sonhos de Noiara Bonatto, morta após ser baleada durante um assalto sobre a Ponte da Amizade, na fronteira do Brasil com o Paraguai. A jovem será enterrada às 20h deste domingo no Memorial da Paz, em Passo Fundo.

Desde jovem Noiara pretendia ser professora. Ela cursou Ensino Médio com habilitação em Magistério e chegou a lecionar em uma escolinha de educação infantil. Mas a vinda da filha Amanda, hoje com nove anos, acabou se tornando a prioridade para a jovem, que agora trabalhava como vendedora nas lojas Brasóptica de Passo Fundo.

Há um ano, preocupada em proporcionar para Amanda um futuro melhor, ela decidiu retomar os estudos e passou a cursar Pedagogia na Universidade de Passo Fundo. A viagem ao Paraguai não era novidade para Noiara, que já tinha ido a Ciudad Del Este em outras ocasiões. As horas extras feitas no natal, o 13º salário e o salário do mês haviam sido reservados para fazer compras. Na lista, uma mochila, uma boneca Barbie e um celular para a filha.

- Ela estava feliz, queria se formar, fazer concurso, sonhava em comprar um apartamento para morar com a filha, conta a avó de Amanda, Neiva Gobbato.

A ex-sogra, que cuidava da neta para que Noiara pudesse trabalhar e estudar, precisou contar a tragédia para a criança, na noite de sábado.

- Estava dando na TV, tive que contar. Ela chorou muito, pedia pela mãe e não dormiu à noite, é uma dor muito grande para uma criança assimilar, lamenta Neiva.

O corpo de Noiara Elisabete Bonatto de Souza, 26 anos, deve ser enterrado às 20h deste domingo, no Memorial da Paz.

Como o crime ocorreu no lado paraguaio da ponte, caberá a Polícia  do Paraguai a investigação. Ainda assim, a família solicitou que as autoridades brasileiras acompanhem o caso.

Havia medo de assaltos

Morador de Getúlio Vargas, no norte do Estado, o turista que auxiliou o casal na Ponte da Amizade, contou como foi o momento do assalto. Com medo, ele preferiu não se identificar.

A preocupação com assaltos já existia. O turista que atravessava a ponte logo atrás do casal, contou que aguardou na cabeceira da ponte com a mulher e dois amigos, até que Freitas e Noiara se juntassem ao grupo, já que era escuro.

Eles não se conheciam, mas ali mesmo combinaram de fazer a travessia em grupo. Ele conta que já haviam passado para o lado paraguaio, quando um jovem com cerca de 17 anos, passou correndo por eles, esbarrou no grupo e se virou, atirando contra Noiara.

Logo atrás, outro jovem um pouco mais velho surgiu pedindo o dinheiro.

- Ele falava português. Entreguei o dinheiro pra ele. Disse: Tá louco, cara? Olha o que tu fez! Daí ele pulou a cerca. Foi questão de 30 segundos. Ninguém reagiu. Foi covardia mesmo, conta.

Conforme o turista, que mora em Getúlio Vargas, no norte do Estado, os assaltantes fugiram em motocicletas em direção ao Brasil. 

Emocionado, ele conta que o marido de Noiara perdeu as forças e não conseguiu carregar a jovem. Ela estava assustada, mas consciente e falando enquanto era conduzida sobre a ponte. Eles se revezaram na tarefa até encontrar uma van que levou os dois ao hospital.

Notícias Relacionadas

Morte no Paraguai 12/01/2013 | 18h25

Criminoso estava a pé e não anunciou o assalto, diz companheiro da vítima

Diego Freitas, 34 anos, conta que Noiara Elisabete Bonatto de Souza, 27 anos, e ele foram surpreendidos e não puderam reagir

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesArena oferece descontos de até 50% para Grêmio x San Lorenzo http://t.co/dq7AAT4K76há 7 minutosRetweet
  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesMusa do UFC, Ronda Rousey fará pontinha em jogo de beisebol nos Estados Unidos --> http://t.co/yYpgbTGbPR (via @PrimeTimeZH)há 40 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros