Versão mobile

Terror na Serra02/01/2013 | 06h41Atualizada em 02/01/2013 | 11h06

Criminosos envolvidos no assalto de Cotiporã fazem reféns e fogem de cerco policial

Após invadirem residências de agricultores, bandidos deixam o local, no interior de Bento Gonçalves, em dois veículos

Enviar para um amigo
Criminosos envolvidos no assalto de Cotiporã fazem reféns e fogem de cerco policial Caco Konzem/Especial
Um dos agricultores que foi feito refém prestou depoimento à polícia nesta manhã na delegacia de Bento Gonçalves Foto: Caco Konzem / Especial
Lara Ely, de Bento Gonçalves

lara.ely@zerohora.com.br

Os criminosos envolvidos no assalto em Cotiporã conseguiram fugir na madrugada desta quarta-feira do cerco policial montado na serra gaúcha. De acordo com a Brigada Militar, quatro homens encapuzados chegaram a duas residências na localidade de Linha Ferri (a cerca de 30 quilômetros em Cotiporã), no interior de Bento Gonçalves, renderam uma família de agricultores e levaram um deles como refém. O bando deixou o local em dois veículos da família, um Chevette e um Escort.

Por volta das 2h, seis pessoas da mesma família, que moram em duas casas, foram surpreendidas pelos criminosos, que estavam molhados e sujos de barro — provavelmente, eles atravessaram o Rio das Antas por uma ponte sobre barragem de hidrelétrica. As vítimas foram amarradas com correntes durante a ação. Segundo a família, os bandidos jantaram na residência e deixaram uma nota de R$ 50 como pagamento. Os criminosos carregavam uma grande quantia de dinheiro e diversas armas, entre elas um fuzil.

— Eu estava muito nervoso. O meu ímpeto foi reagir para defender a minha família. Eu já estava com medo de uma possível violência e, depois do que aconteceu, fiquei ainda mais apavorado — relatou o agricultor de 38 anos.

Uma hora depois, os criminosos deixaram a casa levando um dos familiares como refém. Em Linha De Mari (localidade de Bento Gonçalves), o Escort em que estavam furou o pneu. Os bandidos teriam conseguido seguir com a fuga com o Chevette. Em São Vendelino, o Chevette teria sofrido uma pane macânica. Um Tiida vermelho teria conseguido resgatar os assaltantes, que fugiram no sentido a Porto Alegre. A vítima foi abandonada em São Vendelino por volta das 4h.

O agricultor levado pelos criminosos prestou depoimento na delegacia de Bom Princípio. Até as 11h, ele não havia retornado para casa em Bento Gonçalves.

Em entrevista à Rádio Gaúcha na manhã desta quarta-feira, o comandante da Brigada Militar, coronel Sérgio Abreu, afirmou que, mesmo com a fuga dos criminosos, a polícia já tem quase certeza da identificação dos quatro assaltantes. O comandante confirmou que os criminosos tiveram o auxílio de comparsas da Região Metropolitana na fuga.

— Provavelmente, quando eles fizeram o primeiro grupo de reféns, conseguiram descobrir um ponto onde conseguiriam ultrapassar o rio. Eles ultrapassaram e procuraram um esconderijo do outro lado — disse o coronel.

Saiba mais:
Acompanhe os bastidores da ação que durou 31 horas na serra gaúcha
Entenda a cronologia dos fatos do assalto que aterrorizou Cotiporã

GALERIA DE FOTOS:
> A libertação dos reféns na Serra
> A ação dos bandidos em Cotiporã

Em VÍDEO, repórter Humberto Trezzi relata o terror em Cotiporã:



VÍDEO mostra parte da ação de bandidos em fábrica de joias de Cotiporã

Notícias Relacionadas

Terror em Cotiporã 02/01/2013 | 04h31

Os bastidores da ação que durou 31 horas e envolveu a cúpula da Segurança Pública

Baseada em um alerta da Polícia Federal, a BM preparou uma operação para prender quadrilha

Terror na Serra 01/01/2013 | 23h07

Vídeo mostra parte da ação de bandidos em fábrica de joias de Cotiporã

Imagens internas de câmeras de segurança registraram o assalto

Caso Cotiporã 01/01/2013 | 13h50

Tarso Genro visita família Buratti

Estado oferece apoio psicológico às vítimas e estuda condecoração à Brigada Militar

Terror em Cotiporã 01/01/2013 | 11h02

Bandidos abandonam celulares e toucas-ninjas durante a fuga

Policiais militares encontram trilha deixada pela quadrilha em fuga

Caçada na Serra 31/12/2012 | 14h23

Polícia usa imagens de satélite para mapear rotas de fuga dos bandidos que aterrorizaram Cotiporã

Mais de 100 PMs montaram barreiras em quatro diferentes pontos entre Bento Gonçalves e a cidade que foi palco de um assalto cinematográfico

Terror na Serra 31/12/2012 | 12h33

Tarso Genro visitará Cotiporã na terça-feira após assalto com reféns

Governador visitará a fábrica assaltada, se encontrará com os reféns e participará de almoço com autoridades

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraEditorial diz que motorista não tem o direito de escolher a velocidade excessiva. Você concorda? http://t.co/r52vTuTne5há 1 minutoRetweet
  • transitozh

    transitozh

    Trânsito Zero HoraEm cinco horas de fiscalização, PRF multou 700 veículos na BR-386há 7 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros