Versão mobile

Crime em 200809/08/2012 | 18h12

Júri popular em Porto Alegre condena dois homens por tentativa de homicídio contra policiais

Patrulheiros da Policia Rodoviária Federal tiveram viatura atingida durante perseguição em 2008

Enviar para um amigo

A Justiça Federal do Rio Grande do Sul (JFRS) condenou na madrugada desta quinta-feira dois acusados de tentativa de homicídio contra três patrulheiros da Policia Rodoviária Federal (PRF) em 2008.

O Júri Popular, iniciado na quarta-feira em Porto Alegre, considerou os dois réus culpados dos delitos de roubo qualificado e tentativa de homicídio contra os agentes da PRF. As penas fixadas pela juíza Salise Monteiro Sanchotene, da 2ª Vara Federal Criminal de Porto Alegre, foram de seis anos e cinco meses e de 13 anos e cinco meses, em regime inicialmente fechado. Cabe recurso de apelação ao TRF da 4ª Região.

Julgamentos pelo Tribunal do Júri não são comuns na Justiça Federal, mas ocorrem em casos de crimes contra a vida que tenham como vítimas ou autores agentes federais, no exercício da função pública, e também em casos que envolvam indígenas.

O caso

Em novembro de 2008, após roubar um carro em Nova Santa Rita, os acusados foram perseguidos na BR-116, entre Canoas e Porto Alegre. Eles atiraram contra a viatura dos patrulheiros. Após a perseguição, os dois réus acabaram presos em um banhado próximo ao Aeroporto Salgado Filho, e um terceiro homem, que também teria participado do crime, foi encontrado morto em um valão.

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraVem aí uma nova leva de documentários sobre artistas e bandas nacionais: http://t.co/Jia82f3jCZhá 56 minutosRetweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraEquipe tenta remover bimotor parcialmente enterrado no Pará. http://t.co/efnz2cAg22há 1 horaRetweet
clicRBS
Nova busca - outros