Versão mobile

Cerco ao tráfico22/11/2011 | 00h42Atualizada em 22/11/2011 | 02h12

PRF apreende 95 kg de crack escondidos em caminhão no sul do Estado

Droga estava distribuída em seis caixas de papelão no veículo, apreendido na BR-116

Enviar para um amigo
PRF apreende 95 kg de crack escondidos em caminhão no sul do Estado Divulgação/Polícia Federal
Os 95 kg de crack foram recolhidos à Delegacia da Polícia Federal em Porto Alegre Foto: Divulgação / Polícia Federal

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma grande quantidade de crack por volta das 21h30min de segunda-feira na zona sul do Estado. Pouco mais de 95 kg da droga estavam em um caminhão-baú com placas do Paraná (PR) abordado na rodovia Porto Alegre-Pelotas (BR-116), em Camaquã. O caso será investigado pela Polícia Federal (PF).

Apesar de os agentes da PRF inicialmente identificarem a droga como pasta base de cocaína, a PF de Porto Alegre confirmou que o produto é crack. A apreensão ocorreu no km 391 da estrada. Os agentes da PRF haviam recebido um alerta da PF de Foz do Iguaçu (PR), que monitorava o Ford Cargo desde o final da tarde de segunda.

Conforme o policial Gustavo Oliveira, do posto da PRF de Camaquã, o motorista do caminhão alegou, ao ser parado, que levava uma carga de biscoitos de Pelotas para Esteio.

Ao revistar o interior do veículo, os agentes encontraram a droga distribuída em seis caixas de papelão. Detido, o condutor, que não teve a identidade confirmada pela polícia, foi preso e encaminhado à Delegacia de Entorpecentes da PF na Capital.

O chefe da delegacia, Mário Luiz Vieira, afirmou que o motorista saiu de Medianeira (PR) e traria a droga para um traficante de Porto Alegre, que faria a distribuição para diferentes pontos de tráfico na cidade. O condutor receberia R$ 15 mil pelo transporte.

— Ele chegaria perto de Porto Alegre e ligaria para um número de celular do traficante, que receberia a droga e faria a distribuição. Essa quantidade daria mais de 100 mil pedras de crack — disse Vieira, ressaltando que a apreensão é resultado de uma operação conjunta da PF com a PRF.

O preso seria encaminhado durante a madrugada desta terça-feira para o Presídio Central. Essa seria a maior apreensão de crack no Rio Grande do Sul em 2011, de acordo com Vieira.

Comentar esta matéria Comentários (5)

Raul

Ricardo, o texto começa com "grande quantidade". São os 95kg. No caso de "pouco mais de 95kg", poderia ser pouco mais de 1200kg. O "pouco", nesse caso trata-se da quantidade que excede ao determinado (95kg), que é muito.

22/11/2011 | 12h07 Denunciar

cassal

Este deve perder o veículo, é traficante deve abixar na cadeia. A quantidade não interessa, se fosse uma grama ou não, menos que isso já vicia. O trajeto, não interessa. Ele agora VAI pra cadeia.

22/11/2011 | 11h08 Denunciar

ROSELAINE DE MELLO

PARABÉNS À POLÍCIA FEDERAL, A PF É DEZ, SE TODAS AS ORAÇÕES NO BRASIL TIVESSEM A PARTICIPAÇÃO DA PF; NÓS ESTARÍAMOS MUINTO BEM(NÓS O POVO).

22/11/2011 | 10h04 Denunciar

luis

Não entendi,segundo o delegado ele saiu de Medianeira,PR para Porto Alegre.Como ele foi preso em Camaquã,sendo que o motorista disse que estava indo no sentido pelotas - Esteio.

22/11/2011 | 08h56 Denunciar

ricardo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma grande quantidade de crack por volta das 21h30min de segunda-feira na zona sul do Estado. Pouco mais de 95 kg da droga estavam em um caminhão-baú GRANDE É POUCO OU GRANDE É MUITO ?

22/11/2011 | 07h40 Denunciar

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraRT @zh_gremio: Gol do San Lorenzo. Correia faz 1 a 0 sobre o Grêmio. Siga em http://t.co/jBxFEkzki8há 34 minutosRetweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraRT @zh_gremio: Começa o segundo tempo: San Lorenzo 0x0 Grêmio ---> http://t.co/sR50x5aS5Jhá 41 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros