Versão mobile

25/02/2011 | 19h28Atualizada em 26/02/2011 | 21h17

Grupo de ciclistas é atropelado na Cidade Baixa, em Porto Alegre

O motorista do veículo fugiu do local

Enviar para um amigo
Grupo de ciclistas é atropelado na Cidade Baixa, em Porto Alegre Ricardo Duarte/
Cerca de 15 pessoas ficaram feridas Foto: Ricardo Duarte

Um grupo de ciclistas foi atropelado por volta das 19h desta sexta-feira na esquina das ruas José do Patrocínio e Luiz Afonso, no bairro Cidade Baixa, na Capital. Pelo menos 15 pessoas ficaram feridas. 

Oito ciclistas foram recolhidos para o Hospital de Pronto Socorro: Adilson Simoni Sieg, 28 anos, Eduardo Fernandes Iglesias, 41 anos, Moisés Rodrigues de Oliveira, 43 anos, Marcos Ritter Rodrigues, 27 anos, Ricardo Mattes Ambus, 23 anos, Jessica Bom Fim, 17 anos, Maria Cristina Ferrony, 44 anos, e Thomas Schiltt Silva, 20 anos.

Os feridos mais graves eram Maria Cristina, que foi levada à sala de gesso, e Marcos Ritter, com politraumatismo. Adilson Sieg recebeu alta ainda durante a noite.

O grupo integra o movimento Massa Crítica, que se reúne toda última sexta-feira do mês para pedalar. Segundo a estudante Lenise Ghiorzi Correa, 21 anos, que participava do projeto pela primeira vez, o grupo havia saído do Largo Zumbi dos Palmares e seguia caminho pela José do Patrocínio, bloqueando a via.

Ao chegarem na esquina com a rua Luiz Afonso, o motorista de um Golf preto, que estava guiando atrás do grupo desde o início da via, teria acelerado, atingindo os ciclistas.

— O carro passou do meu lado, foi uma cena horrível. Tinha gente sendo jogada para todos os lados — conta a ciclista.

Após o atropelamento, o motorista fugiu do local. Dezenas de bicicletas foram quebradas.

O Massa Crítica: 

O grupo Massa Crítica defende a bicicleta como meio de transporte mais democrático e sustentável, em contraponto aos uso de carros, motos e ônibus. 

Veja no mapa o local do acidente:


Exibir mapa ampliado


Comentar esta matéria Comentários (51)

Guilherme

Depois da alegria do carnaval, nada mais será lembrado. Terra triste.

02/03/2011 | 12h06 Denunciar

Luiz H. S. Valente

F. de Oliveira, estás certíssimo! Neste caso todos devem ser punidos conforme o tamanho do seu erro! Eu mesmo, no lugar deste motorista, ficaria louco de vontade de fazer o que ele fez! Mas não o faria, iria me controlar! Ele não se controlou, deu no que deu! Vai ter que pagar pelo que fez, proporcionalmente! Quanto aos ciclistas, acho que a punição deverá ser multa mesmo p/ os organizadores, proibição de atos semelhantes sem autorização, organização do trajeto pela EPTC e acompanhamento p/ BM.

28/02/2011 | 16h09 Denunciar

Fernando de Oliveira

Tudo bem, q os ciclistas sejam punidos por terem bloqueado toda a rua. Serão punidos com multa. Satisfeitos? Agora, esse desequilibrado q usou o carro como arma, esse deve pagar o tratamento de todos q ele tentou MATAR, ale´m dos danos materiais. deve tbm ter sua carteira de habilitação cassada, pois obviamente não tem condições psicológicas de dirigir um veículo. E ainda tem q ser indiciado por 12 tentativas de homicídio.

28/02/2011 | 11h04 Denunciar

Márcio

1)O obj dos “organizadores” não é montar um passeio. É aparecer; 2)Em parte, pelo mesmo mot.da resp 1. Pq querem aparecer. Tbém pq no final de sem. eles não devem ter tempo. Eles só tem tempo em dia útil, quando normalmente é dia de trabalho; 3)Pq, se avisassem, não receberiam autorização ou teriam que discutir um trajeto decente e aí o fato de “querer aparecer” seria prejudicado O motorista vai resp. p/ sua insanidade, mas os “organizadores” são tão ou mais culpados e devem ser proces. tbém.

28/02/2011 | 11h03 Denunciar

Luiz Alberto

Pessoal, é claro que o motorista estava completamente errado e deve ser punido. Os ciclistas, entretanto, também mandaram mal, o que não diminui a culpa do motorista. Eu me mudei há pouco pra cá, não sabia que tinha essa manifestação toda última 6a. A EPTC devia estar lá, independente de ser um evento conhecido ou não. Se é fato que é toda última 6a, os organizadores do evento deviam cobrar que estivesse lá. Como se põe esse monte de gente na rua sem segurança alguma?

28/02/2011 | 00h42 Denunciar

Jefferson

Placas e sinais conhecidos não respeitados por MOTORISTAS: NUNCA TRANQUE O CRUZAMENTO, SINAL VERMELHO, FAIXA DE SEGURANÇA, ULTRAPASSAGEM PELA DIREITA, ALTA VELOCIDADE, ISSO É DIÁRIO, NÃO TENHO NEM O DIREITO DE ATRAVESSAR A RUA NA FRENTE DO NACIONAL, NINGUEM PARA NA FAIXA, E TEM LEI PARA ISSO, A FALTA DE RESPEITO COMEÇA NO MOTORISTA SEMPRE, E SEMPRE ELE QUE ESTRAGA TUDO E TODOS, COMO PODEMOS COMPROVAR

27/02/2011 | 23h29 Denunciar

Luiz

Estupidez de um lado, falta de bom senso do outro. Nada justifica a atitude bárbara do motorista. Mas os integrantes de um movimento dito de conscientização tampouco podem querer impor suas idéias à força. Estavam fechando uma via, sem autorização para tal e, como se vê nas imagens, podendo civilizadamente estar trafegando na lateral sem interferir em demasia no fluxo. E se alguém ali atrás deles estivesse precisando chegar a um hospital, ou ao aeroporto ou rodoviária? Erraram todos!

27/02/2011 | 18h03 Denunciar

Luiz H. S. Valente

Existem dois tipos de comentários aqui: os que acusam o motorista e os que acusam tanto o motorista quanto os ciclistas! Por que algumas pessoas tem tanto interêsse em isentar os ciclistas, sendo que grande parcela da culpa cabe a eles? Não vi ninguém acusando só os ciclistas, mas têm várias pessoas que desejam que só o motorista seja punido! Por que isto? Onde fica a justiça? Acaso não houve irregularidade no ato dos ciclistas, ocupando toda a pista e interrompendo o tráfego sem autorização?

27/02/2011 | 16h46 Denunciar

Renato

Os ciclistas tinham todo o direito de usar a rua sim, no bordo da pista e não usando apista toda, não da forma com que foi feito. A EPTC diz que não foi chamada, mas não foi de propósito,pois se fosse obrigaria os ciclistas a usarem somente uma das pistas e não as 4 pistas. Não estou querendo defender ninguem, principalmente porque ninguem ali é inocente e se olharem bem, nem mesmos os ciclistas pararam para dar atenção aos feridos... e se o cara para seria linchado.

27/02/2011 | 10h46 Denunciar

m32

FULANO DE TAL, pelo amor de deus releia a lei. Ela fala que o tráfego de ciclistas deve ocorrer nos BORDOS DA PISTA. Os ciclistas só vão ter preferencia sobre os veículos automotores SE eles tiverem nos BORDOS DA PISTA. NOS BORDOS DA PISTA significa nas bordas, nos cantos. Não no meiooooooooo delaaaaaaaa como tavam esses suicidas. SANTA IGNORANCIA LEIAM PRIMEIRO ANTES DE FALAR BESTEIRA

27/02/2011 | 09h57 Denunciar

Nelson

É uma pouca vergonha querer colocar a culpa nos ciclistas, essa pessoa que estava conduzindo aquele veículo deve ser responsabilizada civil e criminalmente. A polícia está dando mole pois já deveria ter localizado o condutor ou será que há algum interesse em não localizá-lo?

27/02/2011 | 09h50 Denunciar

fulanodetal

Se querem viver em sociedade, APRENDAM A FAZÊ-LO ANTES!!! Os caras TINHAM TODO O DIREITO DE USAR A RUA: Art. 58 do código de trânsito brasileiro: nas vias urbanas e nas rurais de pista dupla, a circulação de bicicletas deverá ocorrer, quando não houver ciclovia, ciclofaixa, ou acostamento, ou quando não for possível a utilização destes, nos bordos da pista de rolamento, no mesmo sentido de circulação regulamentado para a via, COM PREFERENCIA SOBRE OS VEICULOS AUTOMOTORES.

27/02/2011 | 06h46 Denunciar

Luiz H. S. Valente

Quero alterar o meu comentário! Quando o escrevi havia apenas comentários condenando somente o motorista! No intervalo até a publicação foram postados vários bons comentários, escritos com muita coerência e consciência, onde é reivindicada aos ciclistas a sua parcela de culpa! Ainda resta uma esperança, ainda há gente justa neste mundo! Gente que não vê apenas um lado da questão, ou visa algum interêsse em causa própria! Sim, pq estes que isentam os ciclistas devem ter algum interêsse.

27/02/2011 | 00h45 Denunciar

Felipe

Roberto, Desculpe, mas eles não estavam bloqueando a rua para ser chatos ou chamar atenção à causa. O grupo ocupou todas as faixas porque era mais seguro e mais eficiente para o fluxo fazê-lo, naquele momento. O carro poderia ter esperado três minutos até conseguir pegar uma via paralela ou entrar numa rua mais larga. O motorista preferiu cometer uma tentativa de homicídio múltiplo, provavelmente pensando algo parecido com o que você disse acima. Abraços fraternos!

26/02/2011 | 22h30 Denunciar

Luiz H. S. Valente

Que estranho tanta gente pedindo punição para o motorista e ninguém pedindo punição para os ciclistas! Evidentemente, este motorista deve ser punido! Não há nada que justifique o seu ato! Mas e os ciclistas? Ninguém vai responsabilizá-los pelo seu ato? Se for assim, então é possível pegar uma bicicleta e adonar-se do espaço público? Olhem para os dois lados! A via pública não é só dos carros mas também não é só das bicicletas! Respeito mútuo!

26/02/2011 | 19h28 Denunciar

Roberto

Foi uma barbaridade, mas convenhamos, os caras NÃO tinham o direito de barrar a rua. Ninguem tem o direito de envolver a força outras pessoas em suas causas pessoais, especialmente se for para atrapalhar a vida alheia propositalmente.

26/02/2011 | 19h10 Denunciar

Cassio

Várias coisas incríveis: 1 -> Uma tentativa de assassinato multiplo por um louco que pensa que é Deus e dono da rua. 2 -> Comentários dando a entender que talvez o erro tenha sido dos ciclistas, por se exporem a isto, visto que fazer um protesto em uma via daquelas em uma sexta feira e não em um sábado, por exemplo. Como se isto justificasse a loucura de tentativa de Homicidio. 3->Saber que o final disto seja o homicida vai escapar por alegar que o seu carro foi roubado e não foi ele.

26/02/2011 | 18h06 Denunciar

Leandro

Blá,blá, blá. Um bando de loucos tentando posar de anjinhos. Motoristas, pedestres, ciclistas, donas de casa, estudantes, comerciantes e demais seres humanos. Temos o caos instaurado nas ruas e casas, pai roubando filho, casais se enganando, pessoas que nunca se viram tentando com que as outras sigam suas apologias e o pior menosprezando tudo que parte do proximo. Cada um que cuide da sua vida e o Planeta Terra que guente quanto puder. Pelo bem do planeta deveriamos voltar a caçar com as mãos.

26/02/2011 | 17h35 Denunciar

Luana

Juro não saber o que comentar.. posso dizer que cheguei a chorar só de ler a notícia, ver o vídeo.. como ainda existem pessoas assim no mundo?

26/02/2011 | 16h56 Denunciar

Daniel

Bom, parece o filme "Um dia de fúria". O motorista enlouqueceu, ou melhor, mostrou que já era louco e só precisava de um estopim para explodir. Tem que ser punido com rigor... No mais, tenho que dizer que sou radicalmente contra o ato de trancar totalmente a via. Nunca participei de bicicletada e massa crítica por isso. Para reinvindicar direitos, não se pode impedir o direito dos outros. O massa crítica não passa mensagem alguma, só angaria a ira dos motoristas. Revejam sua forma de protestar.

26/02/2011 | 13h17 Denunciar

SERGIO

7 da noite, sexta-feira, bloqueando uma rua de grande acesso. Cada um com seu ideal. Eu nunca iria atropelar ninguém, mas depois de um dia estressante ser bloqueado na hora de ir embora... No mínimo iria gudar na buzina de fazer alguns elogios aos ciclistas... Como citaram abaixo: Parabéns aos organizadores do passeio. O direito de ir e vir é constitucional. Não se bloqueia uma via por ideologia. Respeito aos demais é uma atitude elogiável, talvez mais que a tal ideologia.

26/02/2011 | 12h12 Denunciar

Renato

Claro que bloquear uma rua não justifica uma tentativa de homicidio, mas neste transito de estressados, a atitude desses ciclistas foi de tentativa de suicídio. Se o motorista não quer parar nem pra quem está na faixa de segurança, imagina ter que andar 5 ou 10km/h atrás de gente que está bloqueando de forma irregular a via. As vias, para quem não sabe têm, além de uma velocidade máxima, tbm uma VELOCIDADE MÍNIMA, que corresponde à metade da velocidade máxima.

26/02/2011 | 11h58 Denunciar

Eduardo

continuando... As manobras feitas são as mais irresponsaveis, sempre partindo da premissa que é obrigação do motorista proteger o ciclista. Cruza-se faixas sem aviso, bloqueia-se vias inteiras, as vezes o grupo se divide bloqueando ambos sentidos da via, etc. Nunca vi esses grupos andando em ciclovias, mesmo na nova ciclovia do Barra Shopping que é nova e esta excelente. Eles preferem andar na rua. Por que? Aproveito pra dizer que tambem sou ciclista e pedalo por Porto Alegre.

26/02/2011 | 11h11 Denunciar

Eduardo

Se esse motorista fez isso de proposito foi uma total estupidez. O ponto que quero levantar é que é apenas questão de tempo até termos acidentes fatais envolvendo ciclistas em Porto Alegre. Há vários grupos, muitos deles desorganizados e despreparados, andando nas principais vias da cidade, incluindo vias expressas e sem acostamento, muitas vezes em horarios de pico e em vias pouco iluminadas.

26/02/2011 | 11h07 Denunciar

Marcos James

ISSO TERA REPERCUSSÃO, como aquelas pessoas que subiram na árvore, e a história ganhou o Brasil, hoje existe a AGAPAN. Uni-vos bikelinos do Riogrande, vou tirar a minha da garagem. QUERO BICICLETARIO NA ARENA, o estadio da copa.

26/02/2011 | 10h15 Denunciar

jose davi

Tem gente fora da casinha por ai,os caras trancam a pista,não avisam ninguem,e se acham no direito de mandar no transito.a rua é de todos.tenho certeza absoluta que a maioria dos bicicleteiros passou o dia andando de carro,ai no final da tarde resolveu trancar a rua pra andar de magrela.ah vão rachar uma lenha.

26/02/2011 | 10h09 Denunciar

Marcos James

Enquanto na Holanda as pessoas tomam uma cerveja escura no MazemBar e depois pegam a bike e vão em paz para casa, aqui o Zé da Cleta que vai do Sarandi de bike trabalhar na construção do Minha Casa Minha Divida em Alvorda, SE ARRISCA INDO PELA CALÇADA, DESVIANDO DOS TRANSEUNTES E VEICULOS AUTOMORES E CARROÇAS E MOTOS E INDIVIDUOS AUCOLIZADOS A PÉ, via BaltAZAR.eu no Busão vejo a cena e da pena. O Olivio mandou a Ford embora? ou pegou os 200 000 milhões da GM pra mandar embora, SALVEASMONTADO

26/02/2011 | 10h08 Denunciar

Dênis

Não houve "acidente", e sim uma tentativa de assassinato. E não falo da "tentativa de assassinato" de um motorista alcoolizado que dirige de modo imprudente, e sim uma tentativa DELIBERADA de matar não apenas um, mas diversos ciclistas. E não apenas ciclistas, mas um grupo político organizado. Ou seja: além de tentativa de assassinato, é um CRIME POLÍTICO.

26/02/2011 | 10h06 Denunciar

Carlos Augusto

Biclicletá é um veículo e, portanto, os ciclistas devem respeitar as normas de trânsito, o que parece que não ocorreu neste caso. Culpar o motorista do automóvel é simples.Pelo que vejo, a culpa é exclusiva deste bando de ciclistas que estavam atrapalhando o trânsito na hora de movimento intenso e chuva. O que ocorreu era previsível.

26/02/2011 | 09h21 Denunciar

Gustavo

"...pela José do Patrocínio,bloqueando a via" Não me parece um protesto ou reivindicação totalmente passiva.Pois se assim o fosse,não bloquearia a via.Não concordo com violência.Mas discordo,também,com a falta de respeito dos ciclistas para com o restante da comunidade.Bloquear uma via também é infração,quando não autorizado.Pra toda ação,uma reação.Vale tanto para os ciclistas,quanto para o motorista.O motorista deve pagar pelo seu ato.Mas se não tivessem bloqueado,não haveria ciclista ferido.

26/02/2011 | 09h02 Denunciar

Leitor

LAMENTÁVEL O ACIDENTE E AS VÍTIMAS, PORÉM NÃO RESTA DÚVIDA A DIVISÃO DE CULPA DAS DUAS PARTES. O ATROPLELADOR DEVERIA TER VISTO O QUE ESTÁ A SUA FRENTE, POIS AS BICICLETAS NÃO APARECERAM DE SÚBITO. O TRÂNSITO EM PORTO ALEGRE ESTÁ INSUSTENTÁVEL, PARECENDO QUE, EM ALGUNS CASOS, AINDA NÃO SAÍMOS DO SÉCULO RETRASADO, ONDE NA CAPITAL CIRCULAM VEÍCULOS AINDA DE TRAÇÃO ANIMAL (CARROÇAS). SE SOMARMOS ENTÃO AS CARROÇAS E A GRUPOS DE CICLISTAS PODEMOS DISPENSARMOS MAIORES COMENTÁRIOS A CAÓTICA SITUAÇÃO.

26/02/2011 | 08h17 Denunciar

Neil

NADA, MAS NADA MESMO JUSTIFICA ATROPELAR UM GRUPO DE CLICLISTAS. MESMO QUE ESTIVESSEM ATRAPALHANDO A PISTA, JAMAIS O MOTORISTA PODERIA TER "ATACADO" ESSE INCAUTO GRUPO QUE DEVERIA TER LEGALIZADO SUA SITUAÇÃO BEM COMO DEVERIAM TER A NOÇÃO DE CIDADANIA BÁSICA DE DAR ESPAÇO PARA O TRÁFEGO DE VEÍCULOS. ACREDITOU QUE ATÉ NOÇÃO DE SEGURANÇA DESSAS PESSOAS FOI ESQUECIDA, JA QUE BLOQUEAVAM O CAMINHO DOS VEÍCULOS. ERRO DE TODAS AS PARTES. IMAGINEM SE FOSSE UM ÔNIBUS???? RESPONSABILIDADE É BOM SE CUIDEM

26/02/2011 | 04h26 Denunciar

Varlei

ENQUANTO EPTC NÃO FOR PARA AS RUAS DE FORMA OSTENSIVA E MULTAR MULTAR MULTAR ESTES MOTORISTAS QUE NÃO RESPEITAM FAIXA DE SEGURANÇA, NÃO RESPEITAM CICLISTAS, NÃO RESPEITAM OS DEMAIS MOTORISTAS... A SITUAÇÃO NÃO VAI MUDAR... HOJE QUASE FUI ATROPELADO NA CARLOS GOMES/PERIMETRAL EM CIMA DA FAIXA DE SEGURANÇA.AO RECLAMAR O MOTORISTA IRRITADÍSSIMO,MANDOU-ME LONGE, SOLUÇÃO?PRESENÇA OSTENSIVA NAS RUAS E MULTA POIS, QUANDO OS AZUIZINHOS ESTÃO NAS RUAS, OS MOTORISTAS INEXPLICÁVELMENTE RESPEITAM AS LEIS.

26/02/2011 | 02h13 Denunciar

Regis Felipe

E Viva a UTOPIA !

26/02/2011 | 01h26 Denunciar

Daniel

A questão não é se uma ciclovia teria evitado o acidente. A questão é que um motorista jogou seu carro deliberadamente sobre um grupo de pessoas em bicicletas e fugiu! Não bastasse o recente episódio das bicicletas acorrentadas no Mercado Público, agora isso. As poucas ciclovias existentes estão em péssimas condições e são ocupadas por pedestres. Porto Alegre quer sediar Copa do Mundo, mas precisa primeiro provar que é civilizada.

26/02/2011 | 01h07 Denunciar

j. aldair

os primeiros a chegar foram os agentes do transporte da EPTC

26/02/2011 | 00h20 Denunciar

Eduardo

Agora para pedalar, tem que bloquear uma avenida, às 19hs de sexta-feira? que andem no sábado então.

25/02/2011 | 22h44 Denunciar

heliomar pedro da

Porque nestas horas, dificilmente se vê um PM ou Azulzinho nestas ruas, principalmente nas noites de 6ª feiras e aquela zona vira terra de ninguém e é um SALVE-SE QUEM PUDER?

25/02/2011 | 22h39 Denunciar

Carlos

Fazer protesto na hora do pique, numa sexta feira e com chuva ainda. Parabens aos organizadores.... Sabem tudo!!!!!

25/02/2011 | 22h30 Denunciar

LEAR PEREIRA

Não defendo o motorista, mas alguns ciclistas são muito sem noção, diversas vezes passei por grupos na Ipiranga rodando na faixa da direita e sempre tem uns que invadem a próxima faixa da esquerda sem sinalizar e se acham donos da razão, esquecem que devem cuidar da própria segurança. Deveriam ser mais educados, criarem regras e andarem com um carro de apoio sinalizado atrás (alguns grupos fazem isso - parabéns!), além de manterem as bikes iluminadas, que muitos não têm.

25/02/2011 | 22h20 Denunciar

Tânia

Espero que a ação do Estado e de suas instituições seja exemplar para que fatos lamentáveis como esse não voltem a se repetir em nossa cidade. Ao condutor do veículo só tenho uma palavra a dizer: covarde!

25/02/2011 | 22h17 Denunciar

Misael Bandeira Silveira

Pode até ser democrático e sustentável, mas não é seguro contra motoristas estressados, como foi o caso do condutor do golf que ficou preso atrás do bloqueio deles. Um ato bárbaro por parte do motorista.

25/02/2011 | 22h16 Denunciar

P@ulo

Se de fato ocorreu como o relatado tivemos um tentativa de múltiplos assassinatos.

25/02/2011 | 22h13 Denunciar

rafael

Lamentável que a cidade que será sede da copa ainda não tenha uma população que respeite o ciclista como acontece nos países desenvolvidos. Precisamos de uma legislação municipal específica já e mais ciclovias.

25/02/2011 | 22h11 Denunciar

Cristiane

O desrespeito com os ciclistas é um absurdo que deve ser punido judicialmente. Que seja um momento de união entre os ciclistas, pela segurança no trânsito.

25/02/2011 | 21h33 Denunciar

Eneida

O que ocorreu aos ciclistas foi um verdadeiro crime e não um acidente. é preciso punir, recolher carteira de motorista e nunca mais autorizar que uma pessoa destas dirija qualquer veículo, nem mesmo bicicleta. Ele não merece uma bicicleta.

25/02/2011 | 21h13 Denunciar

carlos

Motoristas de automóveis têm se tornado cada vez mais inimigos de pedestres e de qualquer outro ser que esteja do lado de fora do seu possante! Não respeitam faixa de seguranças nem dentro de shopping centers. Já fui quase atropelado no Strip Center e Bourbon Center. Os caras entram sem dar bola para quem está na faixa ou calçada! Este fato agora é outro exemplo clássico e que se tornará cada vez mais frequente. Mais carros, mais motoristas que compram carteiras ou dirigem sem elas. Caos urbano!

25/02/2011 | 20h54 Denunciar

Ubiratan

meu.... q coisa horrível ... bah ..sem palavras ... mas me ocorre uma questão .. eles estavam na ciclovia ? eles estavam dando passagem para os carros ? ou , pelo bel prazer de uma ideologia (não questiono o mérito, acho a idéia boa)estavam trancando o transito ? .. nada justifica, nada mesmo .. mas pra que provocar ? .. justo num horário complicado .. os q trabalham kerendo ir pra casa ,,, sei lá .. acho incoveniente , pq naum pedalam mais tarde ?

25/02/2011 | 20h49 Denunciar

RICARDO

Absurdo total ! Usar um carro como arma para atropelar pessoas. Porto Alegre não merece isto !

25/02/2011 | 20h49 Denunciar

Marcelo

Olha, também acho que a bicicleta é um meio de transporte que deve ser incentivado, mas daí a bloquear uma avenida às 19h de uma 6ª feira já é excesso. Óbvio que não defendo a atitude do motorista, mas os ciclistas extrapolaram no seu argumento.

25/02/2011 | 20h48 Denunciar

Ana

Isso tá parecendo um tipo de retaliação. Por que? porque há pessoas que não adoram o "deus carro"? Espero que seja bem investigado pelas autoridades, pois o incidente tem indícios de crime culposo.

25/02/2011 | 20h25 Denunciar

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • rosaneoliveira

    rosaneoliveira

    Rosane de OliveiraRede de omissões na tragédia de Três Passos é o título de abertura da minha coluna hoje em ZH: http://t.co/U8LfsvdhSmhá 53 segundosRetweet
  • transitozh

    transitozh

    Trânsito Zero HoraRT @mefortuna: Colisão traseira entre dois veículos no km 140 da BR-290. Dois motoristas se agrediram, um deles embriagado #GauchaTransitohá 6 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros