Versão mobile

25/02/2011 | 22h09

Diretor da EPTC diz que órgão não foi avisado sobre pedalada coletiva

Grupo de ciclistas foi atropelado por veículo na Cidade Baixa

Enviar para um amigo
Diretor da EPTC diz que órgão não foi avisado sobre pedalada coletiva Ricardo Duarte/
Cerca de 15 pessoas ficaram feridas Foto: Ricardo Duarte
O passeio dos ciclistas que acabou no atropelamento de dezenas de participantes na noite de sexta-feira, em Porto Alegre, não teve acompanhamento de agentes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). De acordo com o diretor do órgão, Vanderlei Cappellari, a EPTC não foi avisada sobre a ação.

Cappellari avisou que não informar sobre um movimento que interferirá no trânsito o transforma em uma atividade irregular. Sobre o atropelamento, o diretor afirmou que espera auxiliar a Brigada Militar a encontrar o motorista suspeito de ter avançado sobre os ciclistas.

  Isso com certeza não é uma ocorrência normal de trânsito   classificou.

Os passeios do grupo, denominado Massa Crítica, ocorrem na última sexta-feira de cada mês. Nesta sexta, depois de partirem após as 19h do Largo Zumbi dos Palmares, no bairro Cidade Baixa, os participantes fecharam a Rua José do Patrocínio.

Um motorista, supostamente irritado com o trancamento, acelerou contra os ciclistas. Dezenas de pessoas ficaram feridas e pelo menos 20 bicicletas foram avariadas. Oito pessoas foram encaminhadas ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), uma delas com politraumatismo.

O Massa Crítica: 

O grupo Massa Crítica defende a bicicleta como meio de transporte mais democrático e sustentável, em contraponto aos uso de carros, motos e ônibus. 

Veja no mapa o local do acidente:


Exibir mapa ampliado


Comentar esta matéria Comentários (55)

Priscila

Os ciclitas erraram em não organizar o passeio, usando meia pista, avisando a EPC. MAS O ATO DO MOTORISTA NÃO SE JUSTIFICA. Primeiro que ele acompanhou a galera desde o começo da avenida, ou seja, ele tinha alternativas de desvio se estivesse com pressa. Duvido muito que ele tenha sido agredido pelos ciclistas, pois já andei muito por ali em passeios de massa, e o que ocorre é justamento o contrário, motoristas ameaçando ciclistas, mesmo que usem meia pista, dando espaço pra passagem de carros.

01/03/2011 | 17h36 Denunciar

Cristian

OK! Agora eu tenho que avisar a EPTC pra andar de bicileta! Pelo amor de Deus!

28/02/2011 | 20h11 Denunciar

Vitor

Ninguém tem direito de trancar uma via pública. Os dois erraram: o grupo de ciclistas por não pedir autorização da EPTC, e o motorista, pois ninguém tem direito de atropelar o outro, por razão qualquer que seja.

28/02/2011 | 12h00 Denunciar

giovani comerlato

Absurdo total. Agora para andar de bicicleta precisamos de autorização formal da EPTC?

28/02/2011 | 11h48 Denunciar

Cristiano

Os comentários dos ciclistas comprovam que, além de irresponsáveis, são também burros. Vocês não precisam avisar a EPTC quando saírem de bike nas ruas, apenas quando decidirem TRANCAR uma via pública, não permitindo que outros veículos transitem pela mesma via. Raciocinem.

28/02/2011 | 11h41 Denunciar

Cristiano

Bem feito. Está certo que nada justifica a brutalidade do motorista, mas é preciso responsabilidade antes de bloquear uma via pública. Não havia sinalização!!! Alguém deveria ter pensado nisso, só resta saber quem errou, se os manifestantes ou a EPTC. O motorista certamente foi hostilizado por estar no lugar errado e na hora errada. O mesmo vale para quem foi atropelado. Toda ação gera uma reação, e nunca sabemos até que ponto as pessoas estão dispostas a reagirem! Bem feito!

28/02/2011 | 11h17 Denunciar

Francisco

Ola, "dizer que a EPTC não foi avisada da manifestação é ridículo! Estes "azulzinhos" estão em tudo que é lugar e disserto que nenhum deles viu este grupo de ciclistas! Como que para encher o saco e multar eles aparecem? Isso é omissão e devem ser cobrados por tal."

28/02/2011 | 10h44 Denunciar

Cássio

é inacreditável a ignorância de representantes de orgãos públicos como a EPTC. o massa crítica é um movimento que acontece no mundo todo, não em busca de auto promoção, mas sim de uma cidade melhor! com alternativas variadas de meios de transportes. em vários locais do planeta (china, holanda e até em cidades do interior aqui do rs) a bicicleta é um meio de transporte muito utilizado e eficaz. por que em porto alegre não pode ser? por que não se estuda um plano real de ciclovias?

28/02/2011 | 10h05 Denunciar

Filipe

Este movimento não deveria se chamar "Massa Crítica" e sim "Miolo Mole". Quem não sabe que bicicleta deve andar no bordo da pista? Está no código de trânsito. O atropelamento deve ser tratado como um crime sem dúvida, mas este pessoal que quer auto-promoção deve pensar um pouco. Neste mesmo dia três ciclistas andavam na contra-mão da José do Patrocínio, afrontando os veículos. Se um deles fosse atropelado o motorista ainda seria o culpado?

27/02/2011 | 16h59 Denunciar

Cláudio Luís

A E.P.T.C., na figura do Sr. Vanderlei Cappellari, só falta agora entrar com pedido de ação criminal contra os atropelados. Isto só pode ser brincadeira de mau gosto.

27/02/2011 | 14h58 Denunciar

João Luiz Bauer

Nosso direito de ir e vir, segundo o STJ está restrito apenas para quando andamos a pé, portanto no Brasil, ainda quem manda é o que tem carro. Me lembro , qdo tirei a carteira de habilitação, que a legislação dizia, que "A VIA POR ONDE TRAFEGA OS AUTOMÓVEIS É DE CONSEÇÃO DE USO DO PEDESTRE". Será que o homem surgiu depois do carro? E este órgão municipal, que é descaradamente arrecadador, faz o que? Tenho visto na Padre Cacique, depois que passa o Inter, todas as noites filas triplas de carros e taxis em frente as escolas de samba, em uma avenida rápida como pode haver tanta bagunça. Na zona sul a moda agora é estacionar na calçada, de maneira que temos que passar pela faixa de automóveis. O Brasileiro não sabe ainda distiguir o que é BEM PÚBLICO do BEM PRIVADO, nos achamos que tudo é nosso. Claro que é mas também é de todos. "CONVENHAMOS, AGORA TER DE AVISAR A EPTC PARA ANDAR DE BICICLETA É PALHAÇADA, VAMOS TODOS ANDAR DE BICICLETA COM NARIZ DE PALHAÇO"

27/02/2011 | 14h29 Denunciar

Benito

a eptc perdeu uma otima oportunidade de ter um clamor popular. Ao inves disso, conseguiu mais reprovação. Parabens!!!

27/02/2011 | 12h54 Denunciar

Mauricio

EPTC....Todo mundo sabe desta bicicleata da sexta! Tirar o corpo fora é sempre mais fácil não é...

27/02/2011 | 11h39 Denunciar

Márcia

É lamentável os comentários que justificam um ato de vândalismo por não ter avisado os órgãos competentes ou pela manifestação ter uma conotação burguesa. Quanto a essa última questão, observo que o valor de um carro é superior à de uma bicicleta e o valor da vida é (ou deveria ser) igual, independente da classe).

27/02/2011 | 07h37 Denunciar

Paula

o cara não devia ter atropelado os ciclistas e os ciclistas não deviam bloquear o trânsito e a EPTC devia ter sido avisada, pq como falaram, não foi o fato de andar de bike e sim de BLOQUEAR a rua o problema, enfim, e eptc devia apenas dizer que não sabia, mas ia agir e deu.

27/02/2011 | 01h34 Denunciar

Luciano

Baderneiros, devem ter dito muitas gracinhas ao motorista. Utilizam suas 'bikes' importadas pra passear, duvido que na hora do pico em seus carros suportariam alguém trancando seu caminho de casa.

26/02/2011 | 23h58 Denunciar

Nilseu

A EPTC deveria ser avisada. O direito de protestar, de quem quer que seja, não autoriza ninguém a prejudicar outras pessoas no seu direito de ir e vir. Sou ciclista e defendo a criação de ciclovias, a exemplo das "maravilhosas" ciclovias do Rio de Janeiro. Para exigir nossos direitos, necessário cumprir com as leis e os deveres de cidadania.

26/02/2011 | 21h42 Denunciar

Alceu

*Código de Transito Brasileiro Art. 58. Nas vias urbanas e nas rurais de pista dupla, a circulação de bicicletas deverá ocorrer, quando não houver ciclovia, ciclofaixa, ou acostamento, ou quando não for possível a utilização destes, nos bordos da pista de rolamento, no mesmo sentido de circulação regulamentado para a via, com preferência sobre os veículos automotores

26/02/2011 | 19h43 Denunciar

Juliana Ben

É difícil saber o que revolta mais: O ato potencialmente homicida do motorista ou a maneira como um jornal tao respeitado aborda o incidente. O título da matéria ignora o fato de que o incidente foi uma tentativa de homicídio, já que encontra-se voltado ao fato irrelevante de que a EPTC nao foi avisada sobre a pedalada. É sintomático que uma cidade cujos meios de comunicaçao tenham esse tipo de limitaçao nao esteja preparada para um meio de transporte tao limpo e eficiente como a bicicleta.

26/02/2011 | 18h49 Denunciar

gilberto

Tem gente que deve tá de brincadeira. Tem gente que defende que deveriam avisar a EPTC , mas pelo visto, defendem avisar a BM...a PF ...enfim...o Papa talvez. absurdo. Primeiro que naquela região deveria ter MUITO AZULZINHO, pois é local de TRANSITO INTENSO...mas.... ALI DEVERIA TER A BRIGADA MILITAR...mas enfim, enquanto alguns precisam ser avisados para agir, nós ficamos a mercê da sorte e da voltade. Ah ...acho que vou ali na esquina ...a quem deve avisar ??? abraço a todos

26/02/2011 | 18h45 Denunciar

Rodrigo

Bicicletas já constam do Código de Trânsito Brasileiro como veículos, inclusive com preferência sobre os carros. Não é preciso avisar ninguém para andar de bicicleta, como não é preciso para andar de carro. Não tem cabimento pensar que carro é mais importante, ou que as ruas são para os carros. As ruas são para as pessoas, independente do veículo que utilizarem. Moral estranha essa dos brasileiros, o direito de andar de carro se sobrepõe ao da vida! Vai entender... Por isso tem tanto acidente!

26/02/2011 | 18h15 Denunciar

Ricardo

Pelo amor de deus! Porto Alegre não tem estrutura? Os ciclistas estavam errados? Irresponsáveis?? O grupo, que é visível a quadras de distância com bicicletas devidamente sinalizadas, deve andar com uma velocidade máxima de 10-15km/h, qual é o perigo que isso representa? Justamente por isso o comentário da EPTC é totalmente infeliz, acaba levando os trogloditas a por a culpa nos ciclistas e desvia a atenção do ABSURDO que é um motorista atropelar um grupo de 20 pessoas propositalmente e fugir!

26/02/2011 | 17h40 Denunciar

laura

Cada carro, pessoa e bicicleta interferem no trânsito. Portanto todos que saírem de casa agora por diante tem que avisar a EPTC. Eu, por exemplo, vou todo dia de bicicleta trabalhar. Vou passar a mandar emails diários para a EPTC.

26/02/2011 | 17h06 Denunciar

Eduardo

Oi dois lados erraram. Um por atropelar propositadamente os ciclistas e o outro por tirar o direito de ir e vir dos cidadãos. Ciclistas e carroceiros deveriam receber treinamento para utilização das ruas na cidade e os motoristas deveriam respeitar mais pedestres e ciclistas.

26/02/2011 | 17h01 Denunciar

Mario Roberto

Capellari que me desculpe, mas sair de casa já é um movimento que interferirá no trânsito. Teremos que avisar a EPTC de todos os nossos passos?? Não atropelar (ciclistas ou qualquer outro ente) é uma OBRIGAÇÃO de quem dirige e nem que a bicicleata fosse irregular o ato seria justificado.

26/02/2011 | 16h32 Denunciar

Maria Goreti

A quem diga que foi bem feito ter acontecido isso,ouvi esse comentário sobre a reportagem, o que demonstra que mais pessoas podem repetir essa brutalidade. Estou de acordo que o grupo deveria ter solicitado apoio da EPTC, mas nada, de forma alguma justifica o acontecimento. É pobreza de cultura, de educação e respeito pelo próximo. Impossível tolerar essa atitude, indignação é o que sinto. Funcionária da Bike Tech!!!

26/02/2011 | 16h15 Denunciar

Luciano

Tem de passar por cima, avenidas de escoamento rápido não é ciclovia. Grupo de burguês querendo chamar atenção com suas bicicletas caríssimas. Mostra-me uma foto com um trabalhador que utiliza sua bicicleta comum pra economizar a passagem do ônibus.

26/02/2011 | 16h15 Denunciar

angelo valerio

Eu nem sabia que pedalar era considerado uma atividade ilegal em Porto Alegre. Enfim, o que preciso fazer? Pedir autorização na EPTC? Colocar uma placa na bicicleta? Avisar a Brigada?

26/02/2011 | 16h04 Denunciar

luciano

a mensagem que os ciclistas passam é de grande valor, porém Ricardo quando se organiza um evento ou mesmo uma manifestação é sim necessario avisar os orgãos envolvidos no evento, no caso EPTC e BM. O que ñ tem explicação é uma pessoa irracional arremessar um veículo contra qualquer ser vivo, se esta pessoa estivesse armada teriamos uma tragedia maior, se ve que os exames para habilitação é bem falho, pois pessoas desequilibradas estão aptas a conduzir.

26/02/2011 | 15h52 Denunciar

Daniel

as pessoas não entenderam nada mesmo. onde está escrito que bicicleta não pode circular em algum horário? o único tumulto que eu vejo nas ruas são causados pelos CARROS e seus respectivos motoristas! quase não se vê ciclistas nas ruas, pois os carros acham que além de serem donos das ruas, também podem fazer o que bem entendem - como passar por cima de pessoas, p. ex. acordem: ninguém precisa avisar a EPTC ou qq coisa do gênero - é preciso respeitar a vida e a opção alheia.

26/02/2011 | 15h46 Denunciar

Gustavo

Outro dia um grupo de "sem terra" bloqueava a estrada e ameaçava quem tentasse passar com armas disfarçadas de material para trabalho(pás,foices..).Será esse o próximo passo de ciclistas "sem ciclovias"?(pedais,"garfos","quadros"..) bloquear a via pública já fizeram.Bom senso é o mínimo.Boa sorte aos ciclistas q pensam ser intocáveis.E 1 salva de palmas p/ eles também!Por q sempre supervalorizam os mais fracos?Por exemplo:pedestre acha q faixa de segurança é escudo e atravessa qndo bem entende.

26/02/2011 | 15h27 Denunciar

Jonatas

Pelos comentarios, o pessoal demostra falta de conhecimento ou estao sendo tendenciosos para as bikes. Dizem que pra sair de bike é preciso avisar EPTC, se for BLOQUEAR como é o caso, SIM o CTB é bem claro quanto a Bloqueios de vias e se já é de conhecimento de ambos os lados, cabe a organização registrar o pedido de bloqueio parcial ou total de vias. Outros grupos realizam o mesmo, pessoalmente nunca os vi bloquearem por completo uma via, isso até ter visto as imagens deste caso. Bike tem lei.

26/02/2011 | 15h26 Denunciar

Thiago

Esperem. Hoje vou sair pedalar com mais 12 amigos terei de avisar a EPTC? Ela vai fazer a escolta? PALHAÇADA;; Cadeia para esse motorista

26/02/2011 | 12h41 Denunciar

Mártin

CADA VEZ MAIS PORTO ALEGRE DEMONSTRA SER ATRASADA E PROVINCIANA!!! QUE CIDADE VIROU ESSA MEU DEUS!!! TER QUE AVISAR PARA PODER SAIR DE BICICLETA NA RUA, PORQUE NÃO HÁ INFRA-ESTRUTURA NENHUMA, SEJA PARA BICICLETAS, CARROS, ÔNIBUS OU QUALQUER OUTRA COISA QUE SE MOVA! AH POR FAVOR! ACORDEM PORTO-ALEGRENSES!

26/02/2011 | 11h54 Denunciar

Mario Henrique

Absurda a atitude da EPTC! Mesmo que seja recomendada a comunicação de algum movimento extraordinário, o direito de ir e vir, utilizando um meio de transporte regular (bicicleta) não pode ser rotulado como "irregular". Talvez a EPTC possa esclarecer o motivo pelo qual não consegue fiscalizar as irregularidades mais frequentes e mais graves, observadas no cotidiano. E também deveria esclarecer onde estava a fiscalização em todo o trecho por onde fugiu o delinquente, que ficou impune.

26/02/2011 | 11h48 Denunciar

DANILO

Se pensar desta forma todos os motoristas devem avisar quando saírem de carro e causarem congestionamento. Bicicleta é um veículo como qualquer outro e deve obedecer as leis de transito, tem seus direitos e deveres, está no código.

26/02/2011 | 10h58 Denunciar

Dênis

Buenas... Imagino que as dezenas de motoristas que cocupavam a José do Patrocínio no mesmo momento também não comunicaram à EPTC que fariam aquilo... Além do mais, pelo que pude levantar, esta saída coletiva de ciclistas ocorre toda sexta-feira, neste mesmo horário, já faz algum tempo... Acho que só o secretário ainda não sabia...

26/02/2011 | 10h43 Denunciar

Claudio

Gostaria de avisar o Sr. Capellari que eu saio de casa todos os dias por volta das 8:00 hs e gostaria que ele viesse me escoltar até o trabalho e na volta também por volta das 18:00 hs. Até hoje não sabia que deveria avisar a eptc quando saisse na rua. Agora ele está avisado, vamos ver o que vai mudar.

26/02/2011 | 10h37 Denunciar

Joel

Quando que a EPTC sabe alguma coisa? Estão sempre dando desculpas para as coisas que acontecem no trânsito de POA, mas a verdade é que os azuiszinhos estão sempre escondidos pelos cantos, olhando msg em seus celulares, olhando a paisagem ou então conversando...eu particularmente nunca os vi orientando trânsito e tentando desafogar as vias congestionadas, orientar motoristas, ciclistas, carroceiros etc...ESSA É A FUNÇÃO DELES...ORIENTAR E EDUCAR!!!

26/02/2011 | 10h33 Denunciar

Marionaldo

Também achei engraçado ter que avisar que vamos andar de bicicleta!! Vou pegar o número dessa secretaria, pois quando for a Porto Alegre tenho que ligar para poder andar de bicicleta.Que coisa...prisão é pouco para esse assassino que pensa que andar de carro ele pode tudo..

26/02/2011 | 10h20 Denunciar

Francisco

@Neil: Então vou ter que esperar Porto Alegre ter ciclovia (duvido que aconteça) para poder usar a biciclata como meio de transporte? Bicicleta não tem direito de usar as ruas, é isso? Por favor, me responda onde está dito que os automóveis tem mais direito de circular do que pedestres e bicicletas.

26/02/2011 | 09h57 Denunciar

Gustavo

Gostei das palavras do Sr. Cappellari.E,não.Não é proibido andar de bicicleta.Msmo sndo em protesto.O q não se deve fazer é bagunça.Anarquia.Tdos nós sabemos q,um smples bando,não se é permtdo.Q dirá de bicicleta,blqundo vias,sem autorização.Enfim,faça.Mas faça certo.Q sirva de lição pra que não acnteça algo pior. E outra,se queriam tanto chamar atenção,pq não fizeram em horário comercial??Ahh..pq daí não seria um,mas vários motoristas.Então ficaria nítida a falta de bom senso dos ciclistas.

26/02/2011 | 09h34 Denunciar

KMS

EPTC lavando as mãoes como sempre! Se a EPTC não percebeu que havia alteração no trânsito, sinal que não havia "fiscais". Reclamei no site da EPTC a respeito de de um taxista que não quis concuir uma corrida a 6 meses e nem ao menos uma resposta automática são capazes de dar, EPTC = Descaso!

26/02/2011 | 09h34 Denunciar

Wilson

Me pergunto se o motorista do Golf avisou a EPTC que ele pretendia sair às ruas. Me parece que a presença dele era muito mais perigosa que a dos ciclistas.

26/02/2011 | 08h51 Denunciar

Eduardo

Comentario inoporuno esse da EPTC culpando os ciclistas pelo acontecido. Me lembro em novembro passado que a EPTC proibiu um grupo de pessoas de correrem juntas em um treino por não ter pedido autorização previa, acabando com o treinão da asociação dos grupos de corrida. Vamos considerar uma atitude irregular os carros se aglomerarem nas ruas também, pra EPTC que só serve pra multar fica ai ótima dica.

26/02/2011 | 08h23 Denunciar

Lauro

Não sei quem é o Ricardo, mas, sei que ele não entendeu, ou não quis entender, nada do que disse o diretor da EPTC. Uma pessoa andando de bicicleta pela via ser atropelada, é uma ocorrência normal, já um grande grupo de ciclista, que vai interferir no trânsito da cidade, precisa sim de acompanhamento da EPTC para evitar este tipo de ocorrência. Aliás a EPTC deve servir para isto e não para aplicar multas.

26/02/2011 | 08h11 Denunciar

Neil

O Diretor Vanderlei da EPTC está certissimo. E Porto Alegre nao tem estrutura para ciclovia ainda, então não dá pra sair fazendo passeios constantes que bloqueiem o já tão complicado trânsito de POA. Agora, o Sr. Fortunatti, poderia cair na real e COLOCAR AS CAMERAS NA CIDADE EM FUNCIONAMENTO E AUMENTAR O NUMERO DAS MESMAS PARA PODERMOS ACHAR OS BANDIDOS QUE NAO VALORIZAM A VIDA DAS PESSOAS, ATROPELAM ROUBAM E SAEM ILESOS SEM UMA PUNIÇÃO.

26/02/2011 | 04h37 Denunciar

Ricardo

Como assim? Andar de bicicleta é uma atividade irregular? É preciso avisar a EPTC pra andar de bicicleta na rua? E se for um protesto, qual o problema?

26/02/2011 | 02h26 Denunciar

Ricardo

Total falta de tato da EPTC. O fato de o grupo ter sido acompanhado ou não, ou avisado a EPTC, não diminui em nada a gravidade do acontecido. Parece que não entenderam que *não foi* um acidente.

26/02/2011 | 01h48 Denunciar

Valter

Nada justifica o que esse motoristo fez, mas é importante quando for realizar um evento de tal importância e magnitude, que seja feita uma solicitação junto a EPTC! Esse motorista tem que ser punido pelo seu alto insano!!! Mas lembrem avise a EPTC!!! Talvez isso não teria ocorrido!!! TALVEZ...

26/02/2011 | 00h17 Denunciar

Anelise

É um absurdo a falta de educação das pessoas. MAs o que esperar de um país que tem Tiririca na Educação e Romário no Turismo, não é mesmo? Educação no Brasil é uma piada.

25/02/2011 | 23h12 Denunciar

denis

esse passeio é feito toda ultima sexta do mes, a EPTC sabe disso por ser um evento ciclistico que acontece sempre no mesmo local. a ideia é justamente chamar atenção para um uso seguro e consciente da bicicleta. Agora a EPTC vem acusar de um movimento ilegal? Varios outros movimentos ciclisticos como o Poa Bikers também acontece com frequencia semanal sem acompanhamento da EPTC, e agora o Poa Bikers vai ser ilegal também?

25/02/2011 | 23h10 Denunciar

Marcelo

Ora, mas as bicicletas não têm o direito de transitar nas vias públicas? Desde quando alguém precisa avisar a EPTC de que vai pegar a bicicleta e sair pedalando pelas ruas? Percebam a lógica caolha da coisa: se amanhã os porto-alegrenses acordassem com vontade de usar apenas bicicleta, haveria uma aglomeração parecida, mas espontânea. Assim como ocorre com carros todos os dias. Mas carros não precisam avisar sobre aglomerações e bicicletas precisam. As ruas não são apenas para os carros!

25/02/2011 | 22h56 Denunciar

Thiago

Protestar é um direito de todos, mas fazer isto em plena sexta-feira no horário em que muitas pessoas estão se dirigindo para suas casas ou para seus estudos, é querer tumultuar. Não defendo a atitude de agressão dos motoristas, mas os ciclistas estavam errados. Além de não avisarem à EPTC, poderiam protestar num sábado ou domingo.

25/02/2011 | 22h50 Denunciar

claudio

Espero que o pessoal ferido se recupere o mais rápido possível e acho que o grupo deu sorte no azar. O motorista "irritado" demonstrou a selvageria do trânsito, onde pessoas estressadas são capazes de atos insanos como esse. Por outro lado a turma de ciclistas errou ao não comunicar a EPTC e garantir o monitoramente seguro e responsável do passeio. Um débil mental de um lado e um grupo de ciclistas que deverá ser mais responsável do outro. Preservem sempre a segurança.

25/02/2011 | 22h26 Denunciar

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraPassageiro é preso após suspeita de sequestro a voo da Virgin Australia: http://t.co/oI715MdXyPhá 26 minutosRetweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraFOTOS: carros ficam destruídos em dois acidentes na zona norte de Porto Alegre: http://t.co/4pnbBA8WMjhá 59 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros