Versão mobile

Greve do transporte em Porto Alegre28/01/2014 | 14h59

Tribunal quer 70% da frota de ônibus nos horários de pico

Em caso de descumprimento da determinação, o sindicato deverá pagar multa diária de R$ 50 mil

Enviar para um amigo
A vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS), desembargadora Ana Luiza Heineck Kruse, determinou que o Sindicato dos Rodoviários de Porto Alegre mantenha efetivo suficiente para garantir 70% da frota de ônibus nos horários de pico – das 5h30 às 8h30 e das 17h às 20h dos dias úteis. Nos demais horários, a ordem é manter os 30% já assegurados pela categoria.

Em caso de descumprimento, o sindicato deverá pagar multa diária de R$ 50 mil.

No despacho, a desembargadora agendou uma reunião de mediação para as 17h desta terça-feira (28), na sala 506 do TRT-RS.

Foram chamados para audiência o sindicato patronal, o Sindicato dos Rodoviários, o Ministério Público do Trabalho, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e a Prefeitura de Porto Alegre. O objetivo da reunião é solucionar o conflito entre as categorias.

DIÁRIO GAÚCHO

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • blogdozini

    blogdozini

    luiz zini piresTécnico do San Lorenzo prega cultura defensiva: Campeão da Copa Libertadores da América com a LDU, do Equador,... http://t.co/5MflUe52Ethá 12 minutosRetweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraCaso Bernardo: contas bancárias podem ser a chave para comprovar envolvimento de pai no crime: http://t.co/gYn7kYTei1há 15 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros