Versão mobile

Violência09/12/2013 | 09h24

Selvageria de parte da torcida do Vasco e do Atlético-PR espalhou pânico na arquibancada

Os que estavam no estádio apenas para curtir uma partida de futebol contam momentos de pânico

Enviar para um amigo
Selvageria de parte da torcida do Vasco e do Atlético-PR espalhou pânico na arquibancada Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Por volta das 21 horas de ontem, situação do lado de fora da Arena já era mais tranquila Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

Eram 15 minutos do primeiro tempo e o placar marcava 1 a 0 para o Atlético-PR sobre o Vasco quando as arquibancadas da Arena Joinville, que deveriam ser palco de torcedores, se transformaram em um ringue de vândalos. Parte da torcida das duas equipes partiu para o confronto direto, espalhando pânico entre os que estavam ali para assistir o que era para ser só uma partida de futebol.

Quem estava no estádio não sabe exatamente como a confusão começou. A protética Roseane Larsen, de 23 anos, veio de Blumenau torcer pelo Vasco. Ela só se deu conta da gravidade da situação quando alguns torcedores que estavam próximos dela saíram correndo ao encontro dos rivais. Na confusão, chegou a cair depois de ser empurrada por pessoas que tentavam desesperadamente deixar o estádio.

— Não havia policiais, cordões de isolamento, mas havia pedaços de pau com pregos na ponta... não dá para acreditar! — escreveu, mais tarde, em sua conta no Facebook.

Era a primeira vez que Roseane ia a um estádio de futebol. Se depender dela, foi também a última.

— Não me importo se o Vasco foi rebaixado. Hoje foi triste. Isso faz a gente perder a graça de certos prazeres da vida. Futebol, pra mim, era um deles.

O estudante de direito Rodrigo Correa Bezerra da Costa, também de 23 anos, conta que antes mesmo do início da partida o clima nos arredores do estádio era de tensão por causa da importância do jogo – o Atlético-PR tinha de vencer para garantir vaga na Libertadores, enquanto o Vasco precisava da vitória para escapar do rebaixamento.

— Nós ouvimos para ter cuidado, porque o jogo era perigoso. Quando a confusão começou, não sabíamos o que fazer. Todo mundo se sentiu acuado — diz.

Assim que o confronto teve início, Rodrigo ficou com medo de sair do estádio porque ouviu falar que havia mais brigas do lado de fora.

— Tinha gente com criança. É complicado — lamenta.

Torcedora do Atlético-PR, a publicitária Anne Borges, de 27 anos, não sabe o que motivou a confusão. Segundo ela, havia um clima saudável de provocações entre vascaínos e atleticanos do lado de fora da Arena antes do começo da partida. Nada, porém, que justificasse o que ocorreu mais tarde, já dentro do estádio.

— Vi pessoas sendo agredidas com barras de ferro. Foi pavoroso.

Parte da torcida da equipe paranaense deixou a Arena apenas por volta das 21 horas, quando a situação já era mais tranquila.

Notícias Relacionadas

Violência 09/12/2013 | 08h39

Três feridos em confusão na Arena Joinville seguem internados

Torcedores estão em observação, conscientes e não correm risco de morte

Briga na Arena 09/12/2013 | 08h23

Atlético Paranaense divulga nota sobre briga na Arena Joinville

Em nota oficial, clube lamenta acontecimentos e afirma que diretoria tomará providências

Briga na Arena 08/12/2013 | 21h30

Três torcedores do Vasco são encaminhados ao presídio de Joinville

Eles foram detidos na noite deste domingo. Um deles estava escondido em banheiro de ônibus que partia da cidade

Briga das torcidas 08/12/2013 | 20h39

Comando da PM analisa documentos enviados pelo Ministério Público após briga de torcedores na Arena Joinville

Instituições não se entendem sobre ausência da PM no estádio

Violência 08/12/2013 | 20h21

Briga generalizada na Arena Joinville repercute em jornais internacionais

Cenas do confronto entre torcedores do Vasco e Atlético PR são destaque em sites do Brasil e do mundo. Internautas usaram as redes sociais para manifestar indignação

Campeonato Brasileiro 08/12/2013 | 20h20

Atlético-PR garante vaga na Libertadores e Vasco amarga rebaixamento

Partida marcada por briga termina em 5 a 1 para o time paranaense

Confusão na Arena 08/12/2013 | 19h39

Ministério Público nega que tenha determinado ausência da PM na Arena Joinville

Ação da Promotoria da Defesa do Consumidor enumera problemas de falta de segurança

Violência 08/12/2013 | 17h36

Confusão na Arena Joinville acaba com quatro feridos

Assessoria do hospital diz que nenhum dos feridos corre risco de morrer. Um deles já foi liberado

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários
clicRBS
Nova busca - outros