Versão mobile

Inquérito09/12/2013 | 16h34

PF indicia empresa por vazamento de óleo em Tramandaí em janeiro de 2012

Investigação conclui que falta de manutenção de monoboia deu causa ao crime ambiental

Enviar para um amigo
PF indicia empresa por vazamento de óleo em Tramandaí em janeiro de 2012 Lauro Alves/Agencia RBS
Mancha percorreu seis quilômetros e chegou à praia de Tramandaí em janeiro de 2012 Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

A Polícia Federal informou na tarde desta segunda-feira que concluiu o inquérito que apurou as causas do vazamento de óleo ocorrido no litoral norte do Rio Grande do Sul em 26 de janeiro de 2012.

Conforme a nota divulgada, "a investigação concluiu que a empresa responsável pela operação de transbordo do produto para a monoboia de Tramandaí não realizou a manutenção desse equipamento no período limite indicado pelo fabricante (36 meses), dando causa ao rompimento da válvula e consequentemente ao vazamento e ao dano ambiental".

Leia mais:
>Transpetro confirma vazamento de óleo em Tramandaí, no litoral gaúcho

>Ibama avalia o impacto ambiental e prioriza a limpeza de óleo em Tramandaí

Procurada por Zero Hora, a Transpetro informou ser a responsável pelo transbordo de óleo para a monoboia na época em que ocorreu o vazamento. No entanto, conforme a assessoria de imprensa, a empresa não havia sido notificada até as 19h desta segunda-feira. A Transpetro é subsidiária integral da Petrobras e tem como finalidade realizar o transporte de petróleo e seus derivados, gás natural e álcool.

A empresa e três funcionários foram indiciados por crimes ambientais, previstos na Lei 9.605/98, informou a delegada Aletea Marona Kunde, da Delegacia de Repressão a Crimes Contra Meio-ambiente/Patrimônio Histórico (DELEMAPH).

A empresa e um funcionário foram indiciados por dois crimes: o de provocar a poluição em níveis que resultem em danos à saúde humana e animal e por ter utilizado um dispersante em desconformidade com a lei durante o processo de contenção do produto derramado no oceano. Outros dois funcionários foram indiciados por somente um crime; um dele
s pela poluição, o outro pelo uso do dispersante. O caso está no Ministério Público Federal.

Veja detalhes do vazamento no Litoral Norte em 2012:



Confira fotos:

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • transitozh

    transitozh

    Trânsito Zero HoraRT @Trensurb Trens circulando normalmente nesta quinta-feira.há 46 minutosRetweet
  • transitozh

    transitozh

    Trânsito Zero HoraRT @_PauloRocha 7h05 #RS040 Trânsito na parada 36. São cerca de 20 min até chegar à Lomba do Sabāo #gauchatransito http://t.co/Yw55piX2qghá 1 horaRetweet
clicRBS
Nova busca - outros