Versão mobile

17/01/2010 | 07h50

Sites de beleza bombam na internet

Com linguagem informal e dicas de "melhor amiga", sites sobre o tema viram fenômeno na rede e seus autores são idolatrados pelas mulheres

Enviar para um amigo
Sites de beleza bombam na internet Marcos Nagelstein/
Foto: Marcos Nagelstein
Cristina Wagner

Em frente a um grupo de jovens mulheres atentas a cada palavra e a cada movimento, o maquiador Sadi Consati desvela suas técnicas de maquiagem. Entre uma pincelada e outra, ele pergunta:

– Quem aqui usa pincel para passar a base?

Dois terços delas levantam a mão.

– E qual pincel vocês usam? - questiona ele.

– Duofiber - respondem elas, referindo-se a um pincel com cerdas de fibra ótica que promete um melhor acabamento.

O coro surpreende: não se trata de um seminário para profissionais. É uma reunião de meninas que têm em comum a paixão pelo mundo da beleza. O encontro, realizado recentemente em uma casa noturna de Porto Alegre, foi organizado por uma dupla de blogueiras da área, a webdesigner Marina Smith e a funcionária pública Paula Pfeifer.

Elas são duas das gaúchas mais bem-sucedidas nesse fenômeno que, de um ano para cá, virou verdadeira febre: blogs atualizados por garotas obcecadas por cosméticos e cuidados com a aparência. Neles, dão dicas, mostram as últimas tendências e lançamentos do mercado, publicam opiniões sobre produtos, sorteiam kits e ensinam passo a passo, seja em fotos ou vídeos caseiros, de truques simples a maquiagens sofisticadas. E são acompanhadas de perto por uma audiência fiel e participativa, que comenta, critica, pergunta e exige atualizações como se fosse amiga íntima da blogueira. Redes sociais como o Twitter ajudam a impulsionar o número de visualizações. Quando uma dessas "lulus" faz uma descoberta ou declara seu amor por algum produto, ele imediatamente passa a ser objeto de desejo de blogueiras de todo o país.

– A gente fala de um produto, diz que experimentou e gostou, e ele simplesmente se esgota na loja. É apavorante! - espanta-se Paula, do blog Sweetest Person (sweetestpersonblog.com).

De acordo com o Ibope, os sites da categoria beleza tiveram 6,1 milhões de usuários únicos em setembro do ano passado. Destes, 58% são mulheres. O número se mantém.

O esmalte verde Jade, da Chanel, é um exemplo típico do fenômeno. O frasquinho virou item de colecionador após ser divulgado em centenas de blogs mundo afora. Bastou 40 minutos para que o esmalte se esgotasse nas lojas. Custava apenas 16 libras (R$ 46) no lançamento. Agora, pode chegar a US$ 200 em sites de leilão. Dezenas de blogueiras distribuem, testam e aprimoram receitas de "misturinhas" para chegar o mais próximo possível do tom da Chanel. Um dos blogs, o Esmalte no Pé (esmaltenope.blogspot.com), recebe cerca de 700 acessos por dia - a maioria relacionados às fórmulas para chegar na cor-fetiche.

Já Marina Smith posta no 2beauty (www.2beauty.com.br) resenhas de cosméticos e tutoriais de maquiagem. Por puro hobby. Aprendeu sozinha, assistindo a vídeos no YouTube. O carisma da blogueira de 26 anos reflete-se nos 12 mil acessos diários. Quando ela lança um sorteio, chega a receber 8 mil inscrições.

Da necessidade de tornar real este relacionamento é que surgiu a ideia dos encontros. Mas não são simples conversas de bar.

No caso do encontro de Porto Alegre, além das dicas de Sadi Consati, os cabeleireiros Wagner e Werner, do W House, fizeram um corte de cabelo ao vivo. As convidadas foram recepcionadas com bebidinhas e risoto e também participaram de sorteio de cosméticos e acessórios. Ninguém foi para casa de mãos abanando.

Os eventos causam tanta invejinha branca nas internautas de fora do Estado, que já estão programadas edições no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Sadi, o astro da noite acompanhada pela reportagem, alimenta um blog que leva seu nome. Lá, mostra as tendências da área e divulga seu trabalho como consultor de uma marca de cosméticos.

Ele mantém uma relação próxima com as blogueiras, e é assim que foi parar no "encontrinho".

– Há mais de dois anos comecei a circular pela blogosfera e senti necessidade de ter um blog para poder entender um pouco mais desse universo. E foi através dele que comecei a me relacionar virtualmente com as blogueiras.

Além do blog, ainda atualiza constantemente perfis no YouTube, Twitter, Facebook e Orkut. Mas ele revela que se destacar entre tantas pessoas dispostas a palpitar sobre o assunto não é uma tarefa fácil:

– Entrar nesse universo é botar a cara a tapa. Coloco no blog só as dicas de coisas que eu gosto. Sei o que eu quero no meu blog: ele é de tendências.

:: No blog Glitter, leia depoimentos dos blogueiros e também um post de cada um exclusivo para o Donna

Mercado de milhões

Na plateia, atenta às dicas de Sadi, estava a maquiadora Anne Rech. Dona do blog Anne Makeup, conheceu Sadi, Marina e Paula no mundo virtual. Ela já havia conhecido todos eles pessoalmente em encontros anteriores. O blog de Anne se diferencia por ter apenas lançamentos de maquiagem girlie, extremamente femininos.

– Mostrar os lançamentos que eu considero bacana, seja por utilidade, design ou conceito, é algo totalmente subjetivo. Mas o blog tem me mostrado que tenho um lado marqueteiro, que responde às massas - revela.

Tanto sucesso no mundo virtual apenas reflete o lado de fora: o Brasil é o terceiro colocado no mercado mundial de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos, atrás apenas de Estados Unidos e Japão.

A proximidade das blogueiras com as internautas torna os blogs ótimas vitrinas para o mercado. E os publicitários já estão atentos. O investimento em higiene pessoal e beleza na internet saltou de R$ 23 milhões no terceiro trimestre de 2008 para R$ 69 milhões no mesmo período de 2009.

Uma das maiores lojas virtuais de cosméticos do país, a Sack's anuncia em vários deles, e inclusive patrocinou o encontro de Porto Alegre. Marcas que nem sequer são vendidas no mercado nacional também investem no relacionamento com blogueiras. É o caso da grife londrina de maquiagens Eyeko, que cadastra "embaixadoras" em todo o mundo, envia os lançamentos para que as blogueiras postem suas impressões e paga por espaço publicitário nos blogs.

Desde agosto, a rede gaúcha de farmácias Panvel faz um trabalho de aproximação com essa nova categoria de consumidoras. Criou um perfil no Twitter, no qual divulga produtos da marca própria e de outras grifes. As vendas no segundo andar da loja-conceito Beleza&Bem Estar cresceram 21% após o início das ações de relacionamento online.

Sem os limites geográficos impostos pelas lojas físicas, os cosméticos com a marca Panvel ficam conhecidos pelos posts e são enviados para consumidoras ávidas de todo o país através da loja virtual.

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesTécnico do San Lorenzo prevê que Grêmio ira jogar para se defender http://t.co/FU8nta1MyYhá 16 minutosRetweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraFilosofia dos g0ys divide opiniões entre ativistas do movimento LGBT http://t.co/CfyNtQpJo8há 30 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros