Versão mobile

20/04/2009 | 16h18

Homem é preso enquanto vendia drogas em frente a escola em Gravataí

Outro homem, três adolescentes e uma mulher também foram presos

Enviar para um amigo
Um homem foi preso na manhã desta segunda-feira em frente à Escola de Ensino Fundamental Olenca Valente, no bairro Vila Rica, em Gravataí. Com ele, militares do Pelotão de Operações Especiais (POE) do 17º BPM do município encontraram 23 pedras de crack e R$ 127. Outros quatro homens, três deles menores de idade, e uma mulher foram presos em um beco próximo ao colégio.

De acordo com o POE, o suspeito informou onde funcionava o ponto de drogas. Dois adolescentes estavam armados com revólveres .38 em frente à casa. Um deles estava com quantia ainda não contabilizada em dinheiro e o outro carregava um pote azul com 44 pedras de crack.

Em seguida, os PMs avistaram mais um homem e um adolescente saindo da casa. O homem era procurado pela Justiça pelos crimes de roubo e homicídio. Ele foi preso em flagrante com um fuzil enrolado em um cobertor. O homem carregava ainda uma pistola de brinquedo, uma espingarda e munições de calibre .32 e quatro celulares em uma mochila. Com o adolescente, foi aprendida uma PT .380. Ao entrara na moradia, a polícia prendeu ainda uma mulher

A operação começou por meio de uma denúncia anônima e reuniu duas guarnições do POE com sete policiais.

De acordo com a delegada Sônia Patel, da Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA) de Gravataí, os adolescentes foram apreendidos e serão encaminhados ainda hoje para o Ministério Público onde serão ouvidos. Os dois homens foram presos em flagrante por tráfico, associação ao tráfico e porte ilegal de armas e serão transferidos ainda hoje para o Presídio Central. A mulher deve responder pelos mesmos crimes, com exceção do porte ilegal de arma. Ela será encaminhada à Penitenciária Madre Pelletier.

Comentar esta matéria Comentários (3)

cesar

parabens pela brigado em gravatai so que tem uma coisa esta se alastrando uma epedemia de mortos vivos quantas pessoas teram que perder a vida antes que se tome devidas providencias, pois o nosso pais vai ser arrasado pelo epidemia do crack mudem as leis e entre o exercito com força total ou entao teremos uma sociedade no causos isto sera daqui breve pode ter certeza esta e toda parte a droga pois e barata e nao so pobre sera o filho do rico tambem

21/04/2009 | 15h40 Denunciar

fernando

Vejo o trabalho repetitivo e de qualidade deste GRUPO "POE" da Brigada Militar,mas me pergunto; onde anda e o que faz os serviços especializados de investigação e de inteligência da POLICIA CIVIL(DENARC),FEDERAL,PM2 que ñ consegue identificar estes pontos que se estabelem sempre nos mesmos locais conhecidos por todos trocando apenas de donos que após serem presos ou mortos o negócio criminoso continua na familia ou de amiguinhos.TEM CORRUPÇÃO NISSO Ñ É POSSÍVEL a existencia de tantos!!!!

21/04/2009 | 06h49 Denunciar

vitor luid

parabens para a policia de gravatai , poa e em canoas assim como a de cachoeirinha mas a de GUIBA ta devendo, acho que a ZH deve fazer umas reportagens e ouvir os vizinhos la no balneario eles sao ameacados pelos traficantes , no inicio do mes mataram um la e nem foi divulgado , foi na pascua investiguem e perguntem para os moradores que voces irao ouvir barabaridades..

20/04/2009 | 21h34 Denunciar

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesTécnico do San Lorenzo prevê que Grêmio ira jogar para se defender http://t.co/FU8nta1MyYhá 7 minutosRetweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraFilosofia dos g0ys divide opiniões entre ativistas do movimento LGBT http://t.co/CfyNtQpJo8há 21 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros