Versão mobile

18/03/2009 | 05h40

Vídeo na internet com cenas íntimas de crianças abala Ibirubá

Cenas de sexo entre menina e adolescente circulam em sites

Enviar para um amigo
Um vídeo envolvendo uma criança e três adolescentes, divulgado pela internet, abalou Ibirubá, município de 18,6 mil habitantes, na região do Alto do Jacuí. Zero Hora não divulga o vídeo para proteger as crianças.

Registradas em um quarto, as cenas revelam momentos íntimos de uma menina de 11 anos e um garoto de 14 anos. Com eles, haveria pelo menos outros dois garotos: um de 13 anos, autor das imagens, e um de 14 anos, provavelmente filho do dono do imóvel. Integrantes de famílias de classe média baixa, eles nunca passaram no conselho tutelar local. Ontem pela manhã, humilhada com a repercussão, a família da criança deixou a cidade.

Fundada por agricultores de ascendência germânica, em 1954, Ibirubá é um típico município colonial. Pelas ruas limpas e organizadas, circulam moradores que se conhecem e se cumprimentam pelo nome. É justamente por isto que o vídeo divulgado na semana passada pela internet abalou tanto a rotina dos moradores.

Tudo começou com o encontro de uma criança e três adolescentes, na casa de um deles, provavelmente numa tarde de fevereiro. Enquanto dois garotos brincavam jogando videogame, a garota e um dos adolescentes foram para um quarto, onde foi feito o vídeo.

As imagens começaram a ser filmadas em um celular, que chegou a armazenar 12 minutos de cenas em sua memória. O vídeo foi enviado para outras pessoas, que repassaram a outros usuários, que reenviaram para mais outros, até tornar-se público na cidade. Mas o pior estava por vir: alguém resolveu postar o vídeo na internet.

Desde quarta-feira, quando o caso chegou ao conhecimento da delegacia da Polícia Civil, a vida dos três garotos, da menina e de suas famílias tornou-se quase insuportável, a ponto de uma delas deixar Ibirubá.

— Não dá para sair na rua que todo mundo fica apontando, cochichando ou rindo. A guria só chora dentro de casa. Começamos a receber bilhetes em baixo da porta com frases. É muita pressão. Nossa vida virou um inferno — conta o padrasto da menina, enquanto organizava os pertences em uma caçamba cedida pela prefeitura.

Sem saber como irá sustentar a família, o homem que obrigou-se a abandonar a cidade desabafa:

— Para que divulgar um vídeo de crianças? Fico impressionado com a maldade humana.

Igualmente constrangidos, pai, mãe e irmão do garoto de 14 anos que protagoniza as cenas com a garota chegaram a pensar em deixar a cidade. A família decidiu continuar em Ibirubá.

— As pessoas olham e te apontam. É muita vergonha. Mas será que vale a pena sair da cidade? Acho que não. Confio no meu filho, que é um piá carinhoso e de bom coração. Isso vai passar — fala a mãe do adolescente, incapaz de segurar lágrimas que escorrem pelo seu rosto.

“Inconsequência de crianças transformou-se em tragédia”
Para integrantes do conselho tutelar, a inconsequência transformou-se numa “tragédia”

— Eles não tinham noção do quanto iria repercutir — define uma conselheira tutelar, que, também pede para não ter o nome divulgado.

A história tornou-se pública na cidade na semana passada, quando uma rádio local abordou o assunto.

— Pelo que apuramos, não havia adultos no momento das filmagens. Mas queremos saber como e por que o vídeo foi divulgado. Se foi divulgado pelos adolescentes, eles serão responsabilizados pelo ato infracional — diz a delegada da Polícia Civil de Ibirubá, Diná Rosa Aroldi, que ouviu cerca de 10 pessoas.

Conforme a delegada, as imagens foram divulgadas por dois sites: um deles já teria retirado o vídeo, mas outro, cujo provedor é desconhecido, ainda estaria mantendo as cenas no ar.

Comentar esta matéria Comentários (113)

LICIARA MELISSA

UM ABSURDO TAMANHA CRUELDADE HUMANA AO POSTAR UM VÍDEO DESSES NA INTERNET!!! CERTAMENTE ESSE SER SEM ESCRÚPULOS ESTÁ VENDO O RESULTADO DE SUA MALDADE, ESSAS "CRIANÇAS" COM CERTEZA LEVARÃO CONSIGO ESSA TRAGÉDIA PARA O RESTO DE SUAS VIDAS. ATENÇAÕ SOCIEDADE DE IBIRUBÁ, AO INVÉS DE FICAREM JULGANDO ,CRITICANDO ,TRATEM DE AJUDAR , DE AUXILIAR AS FAMÍLIAS, COM CERTEZA PRECISARÃO DE UM TRATAMENTO PISCOLÓGICO. TODOS VOCÊS PODERÃO UM DIA PASSAR POR ISSO, ENTÃO NÃO JULGUEM P/ UM DIA NÃO SEREM JULGADOS!

17/06/2010 | 14h34 Denunciar

João Augusto

O culpado disso tudo nao são os pais, mais sim o mundo de hoje, voçe liga a tv e só contem senas eróticas, senas fortes... vaum numa banda e junto contem revistas e dvds de pornografia, e agora culpão as nao existem jovem entre eles, e nem a moçinha enocente, ali todos são enocentes, e crianças... nao sabem a realidade do mundo ainda, crianças nao pensam nas consequençias, apenas fazem por inpulso, pelo momento... abraço

29/04/2009 | 12h44 Denunciar

Felipe

é o Big Brother, por exemplo, que não ensina essas coisas. Depois querem julgar as pessoas como se fossem as únicas protagonistas.

14/04/2009 | 08h45 Denunciar

aguinaldo luiz da silva

na minha epoca para ter as coisas era muito dificil,era uma roupinha e olha la~hoje os pais daum de tudo celular ultima moda ;filma .tira foto faz o diabo a quatro logico que naum vai dar boa coisa mesmo.ainda falam que a rede globlo e culpada e brincadeira viu hoje se compra dvd porno em qualquer esquina , falei e disse..

28/03/2009 | 18h04 Denunciar

Daniel COrdeiro Melgaço

Vivemos no país "DEMOCRATICO" assi dizem; neste país agimos e pensamos todos diferentes!São essas atitudes e termos racionais que deferem na sociedade!A parti desse momento que deparamos com o caso da garota e nos sensibilisamos criamos uma corrente,um elo forte, mas a impunidade no Brasil e a mera consequencia dos fatos!Quando mudarmos as lei e adolecentes tbm forem jugados pelos seus atos sera provavel que se caminhe melhor num país deformado! espero que a família tenha forças para se erguer!

25/03/2009 | 19h20 Denunciar

Robson

Acredito que todos tem razão de certa forma,esse tipo de coisa vem acontecendo faz muito tempo e cada vez mais cedo como o video demonstra mas qual será a postura da sociedade agora que a ferida está aberta? Achar culpados não resolverá todo o problema, então é melhor saber o que fazer para mudar esse destino...

25/03/2009 | 12h55 Denunciar

Sandra

Eu assisti o vídeo, fiquei estarrecida, nossas crianças estão perdendo a inocência, mas de quem é a culpa? Dos pais ou da sociedade?

25/03/2009 | 11h29 Denunciar

Rosana

...Os jovens que estão formando suas personalidades se deparam com esse mundo de informações e acham que tudo é normal!!! não vou apedrejar os pais dessas crianças, mas eles merecem uma boa surra!!!

25/03/2009 | 11h15 Denunciar

Rosana

Depois de tantos comentários e reportagens sobre esse assunto, apesar de achar um absurdo, confesso que fiquei curiosa em ver esse tão falado video, e vi. Tinha tudo, menos inocência, acredito que a mídia é muito mais culpada que os próprios pais, pois estamos numa era de comunicação que é impossível impor limites, em qualquer lugar que se vá nos deparamos com algum incentivo a erotização, seja na rua, na TV, na internet, em revistas e jornais...

25/03/2009 | 11h13 Denunciar

lacerda

essas crianças estavam dentro de um quarto e quando fazem sexo nas pracinhas em frente as escolas ? é comum de dia a gente passa em frente uma escola a gurisada fazendo amor na pracinha bem despreocupada, cade as autoridades ?

25/03/2009 | 07h41 Denunciar

Hélen Becker

Eu concordo com o germano, eu não acredito que eles não sabiam o que estavam fazendo. E a menina além de estar fazendo o que não deveria, também se deixa filmar por um outro rapaz. O que ela pensou que ele ia fazer com o filme? Ficar namorando antes de dormir? É ingenuidade de mais para os dias de hoje.

25/03/2009 | 01h14 Denunciar

germano

nao educam os filhos, nao acompanham...depois da nisso, pelo que eu me lembro aos onze anos eu era criança mas ja sabia o que era errado, e o que era muito errado fazer, e saber quando algo nao era normal... umas cabecinhas de vento totalmente sem base familiar, fato.

24/03/2009 | 21h33 Denunciar

JURISTA

É IMPRESSIONANTE ATÉ QUE PONTO CHEGOU A FALTA DE RESPEITO EM NOSSO PAÍS!! SÓ ESPERO QUE ESTE FATO NÃO SEJA ESQUECIDO E QUE AS AUTORIDADES RESPONSÁVEIS, BEM COMO OS PAIS E MÃES COMECEM A MUDAR SUAS ATITUDES PARA QUE NO FUTURO POSSAMOS TER, NO MÍNIMO, DIGNIDADE PRA ANDAR NAS RUAS!!! OS PAIS DESTA GAROTA SAÍRAM DA CIDADE DE TANTA VERGONHA E HUMILHAÇÃO!!! ABRAÇO A TODOS

24/03/2009 | 17h19 Denunciar

Barbara

Com certeza é a mídia que tem culpa dessa pouca vergonha afinal pornografia esta em tudo, novelas, internet, tudo facil, tem que haver censura, hj em dia os pais não são tão culpados, porque se vc levanta a mão para um filho é preso. Ou seja como disse o Michel, alimentam filhotes com veneno, querem o que? eu particularmente converso com meu filho, não é facil medir forças com a midia, a base familiar tem que ser muito forte hoje em dia

24/03/2009 | 15h18 Denunciar

claudia

Sou mãe de duas meninas trabalho fora e fico com o coração na mão ao ter que me ausentar por ser separada e cuidar só da educação delas.Só por Deus mesmo, o mundo ta virado de cabeça para baixo,mães por favor orientem e participem da vida de seus filhos para não perder a confiança deles!

24/03/2009 | 13h55 Denunciar

Michel

Vocês não sabem quem é o culpado? pois eu digo, essa Sociedade sem vergonha sem pudor, que desapoia a censura, e apoia a pouca vergonha, essas crianças simplesmente foram educadas dessa forma por todos meios de comunicação, agora ficam chocados? faça me um favor, alimentam filhotes com veneno e querem oque? que eles cospem flores?

24/03/2009 | 10h59 Denunciar

marcelo

de criancas eles nao tem mais nada.

24/03/2009 | 10h21 Denunciar

Angelo Mainardis

Dizem muito a palavra "inocência", houve tudo menos inocência, quando que uma menina de 11 anos se deixa filmar nua, e na presença de 2 do sexo oposto se houver inocência? Brincadeira de criança? Crianças de 9, 10 11 anos já roubam, matam, se drogam e não era de se esperar que algo assim aparecesse cedeo ou tarde. Este acontecimento do video só vem mostrar como anda a cabeça das "pseudo-criancinhas" inocentes e carentes de proteção. Ou alguém ainda duvida que essa "farra" foi algo isolado??

24/03/2009 | 09h48 Denunciar

arlindom cassius

a fácilidade incrível de se obter imagens, fotos e cenas de sexo, inclusive por "crianças" ativa a imaginação dessas "crianças" que por (curiosidade) se entregam a tais atos quando posta a tais situações. a partir dai, nem elas premeditaram os fatos, simplesmente ROLOU. depois as consequências são essas...

23/03/2009 | 21h59 Denunciar

keli

eu acho um absurdo o que aconteceu,se as pessoas tivessem jesus no coracao isto nao aconteceria,se os pais ensinassem os seus filhos a ter uma vida dentro de uma igreja aprendendo sobre Deus isso com certeza nao aconteceria,esta menina foi influiciada por alguem um adulto com certeza que tem que pagar por este crime.

23/03/2009 | 21h21 Denunciar

Wanderlei

É isso que nossas crianças aprendem na "escola" chamada BBB da rede Globo, um verdadeiro show de pornografia.

23/03/2009 | 21h20 Denunciar

Fernando de Oliveira

Ao ver o vídeo, o q me impressionou foi o fato da menina de 11 anos (eu ainda acho q deve ter no mínimo uns 14 anos)não ser mais virgem. Isso é de chocar, pois deveria estar brincando de boneca, e não de médico.

23/03/2009 | 18h38 Denunciar

narella

eu fique chocada com que passou na televisão ...uma criança e 11 anos fazer o que fez na frente de dois adolecentes filmando e outro fazendo coisas que um adolecente normal não faria com a idade dele 14 anos.eu acho que os pais não tem culpa pelo que eles fizeram.é que eu tb acho que ninguem leva ninguem para o mal caminho. exemplo:eu estou numa roda de amigo,conversando batendo-papo daqui a pouco chega um cara oferecendo maconha ,o meus amigos vão e me convidão,e qual sera minha resposta ????

23/03/2009 | 18h30 Denunciar

Julio Cezar Moraes

Quando assitir a matéria fiquei pasmo, a culpa não é só dos pais mas da sociedade em si, hoje as crianças assistem coisas bem piores na televisão. Homicídio, irmão matando irmão e as vezes até os proprios pais, os bandidos viram hérois e policiais viram bandidos cenas de sexo já esta até normal, a televisão mostra o que dá audiência não o que é apropriado para o ser humano pra falar a verdade não sei até onde isso vai.

23/03/2009 | 18h16 Denunciar

Sérgio dos Santos Cruz

Olha, Triste é saber que precisa pôr pessoas inocentes nesta roda, pois isso acontece no Brasil todo a todo o momento, olhem as crianças na rua q se prostituem, olhem as crianças que fazem muito pior por drogas ou comida. Agora isso aí... Crianças bem alimentadas com pai e mãe, casa roupa lavada.. Qual o papel nosso na sociedade? Olhar somente os cobertos.. me polpe.

23/03/2009 | 18h13 Denunciar

Thais

Eu havia enviado um comentário anterior,mas esqueci :NA MINHA FAMÍLIA teve uma história destas, aqui em São Paulo,só que não filmaram e teve o nascimento de uma criança.Detalhe: o pai 14 anos a mãe 13anos.Crianças criadas em Condomínio de luxo,escolas particulares e ninguem precisou sair fugido da cidade,ta mais comum do que se imagina.BBB sexo,Novela Sexo,filmes Sexo,todo o lixos despejados em nossos lares.Que fim teve essa família,saindo assim sem rumo?Está faltando amor e Deus nos corações.

23/03/2009 | 17h55 Denunciar

Wagner

No tempo que eu tinha essa faixa de idade, não mais do que 15 anos atrás, as meninas de 11 anos recém começavam a deixar as bonecas de lado, e os meninos de 14 anos disputavam revistas masculinas para levar ao banheiro, no máximo. Hoje meninas de 11 anos já falam em beijar muito e meninos de 14 anos falam em pegar mulher. A TV e a internet estão aí pra ficar, e não adianta botar a culpa nelas. O que tá faltando cada vez mais é disciplina, hierarquia e senso crítico em casa e nas escolas.

23/03/2009 | 17h21 Denunciar

william

Só um caso como esse pra fazer as pessoas olharem para os seu filhos e repençaren, como estão enducando os mesmos,isso não é mais novidade faz algum tempo,novelas com cenas de sexo em pleno horario nobre,mulheres peladas em programas de humor,musica com conteudos impróprios e video clíps que parecem mais um show erótico.Com tudo isso teremos cada vez mais casos assim,ja estamos tendo,só que esse, os infelizes filmaram.

23/03/2009 | 14h37 Denunciar

nada a declarar

A televisao tem uma grande influencia sobre os jovens em geral, mas nada ultrpassa os limites e a educaçao q os pais dao aos seus filhos.Se os jovens fazem oq fazem grande parte é devido a falta de correçao dos pais e um pouco sim da televisao q é um dos grandes meios de comunicaçao mundial,mas como disse se o jovem tem educaçao e limites impostos dentro e fora de casa por seus pais nada disso aconteceria,afinal a moral,bons costumes e os limites fazem parte da formaçao do caratér de um jovem.

23/03/2009 | 14h30 Denunciar

CHRYSTIA NE MORAES

Infelizmente a degradação familiar estar sendo cada vez +++.Qdo ñ é por atitudes violentas realizadas dentro de casa....ou por pedofolos ,são por atitudes inconsequentes de adolescentes.Pois,cujos são provindos de informações,mesmo sendo menor orientação possivel.

23/03/2009 | 14h07 Denunciar

rafael nunes francisco

eu acho um abisurdo isso que aconteceu tenho muita pena dos pais mas eles tambem tem culpa porque uma criança tem que ser aconpanhada de perto pelos pais e nao da total liberdade para elas para nao ter transtorno depois veja o que aconteceu eu tambem acho que a populaçao esta errada em vez de apoiar os pais da força esta descriminando eles vamos ser mais sençatos minha gente

23/03/2009 | 13h43 Denunciar

Edivaldo

Não vi o video, mas acredito não ser uma das melhores cenas de se ver, pois só o fato de envolver crianças, já é algo abominável. No entanto, só deixa claro uma coisa, é que esrá se extinguindo o sentimento de pureza nas cabeças infantis. Tudo isso é consequência de sociedade moderna demais e que tem criado e desenvolvido tantas mentes promiscuas. É triste imaginar como serão essas crianças quando adultas...1

23/03/2009 | 13h32 Denunciar

Millena Night

Renner, quando você falou em depravação que televisão mostra, não entendi porque citaste a homossexualidade. Por outro lado a televisão não tem como função educar e sim entreter. Quem educa e define o que o filho deve ver são os pais, estes sim. O comportamento do filho na maioria das vezes é reflexo da educação dos pais e homossexualidade não é depravação! Lembre-se que muitos nomes conhecidos na história universal foram homossexuais.

23/03/2009 | 13h12 Denunciar

fabio siqueira

Lamentável esse fato como tantos outros que invadem as grades de inserserções das emissoras e jornais pelo país. Falta comprometimento dos pais na educação de seus filhos, falta Deus na vida familiar, falta muito para a justiça brasileira extirpar a pedofilia de nossa nação. Precisamos de muito mais pessoas como o Senador Magno Malta para recuperar a tranquilidade das famílias brasileiras.

23/03/2009 | 12h55 Denunciar

Hélio

Hoje ensina-se nas escolas para pré-adolescentes que deve-se fazer sexo com camisinha. Distribui-se preservativos nas escolas. Na televisão existem programas direcionados para os adolescentes altamente erotizantes. Falar em combater a pedofilia e pornografia infantil é hipocrisia.

23/03/2009 | 12h45 Denunciar

Thuany

Renner nossa,vc falou tudo , penso exatamente como vc ...faço minhas as suas palavras, ... sem comentarios ^^

23/03/2009 | 12h40 Denunciar

márcela

Faltou a participação dos pais na vidas dessas crianças sem dialogo sem conversa sem explikar tudo da vida pros filhos

23/03/2009 | 12h34 Denunciar

daniel

esta certo de quem fez as gravaçoes foi so as crianças mas quem deve ter posto este video na rede internet com certeza nao é obra de crinças. tem que pagar este canalha e fazer um video com ele apanhando na bunda e por na net pra todo mundo ver a surra que ele mereçe. que DEUS proteja nossas crinaças

23/03/2009 | 12h33 Denunciar

Carlos Nascimento

Passou da hora de psicólogos, pais e demais adultos perceberem que as crianças não são tão inocentes. A malícia adquirem na televisão, senão dentro de casa ou na escola... pais e "doutores" estão cegos à realidade e essa evolução (ou involução) não querem admitir e insistem em manter o ar de graça e inocência em crianças que estão vendo e percebendo cada vez mais com maior profundidade o sexo. Pais, imponham, limitem, deem exemplo!

23/03/2009 | 11h55 Denunciar

OSIEL

Nós estamos colhendo o que plantamos, nossas crianças ficam parte do tempo ligadas na internet, e outra parte vendo as novelas da rede globo.porque ninguem faz nada? a rede globo tem muito poder (dinheiro)mas a TV é nossa vemos o que queremos cuidado!!!

23/03/2009 | 11h50 Denunciar

PAI REVOLTADO

CONCORDO COM O RENNER SOUZA.NUM HORARIO AONDE CRIANÇA ESTÃO ASSISTINDO,NOS PAIS SE SENTIMOS CONSTRANGIDO EM PARTILHAR CERTO PROGRAMA DE TELEVISÃO,COMEÇANDO PELA MALHAÇÃO,NOVELA DA SEIS,SETE E PRINCIPALMENTE DA OITOS,UMA PORNOGRAFICA EXPLICITA.POR MAIS OS OS PAIS QUEIRAM LIMITAR E EDUCAR SEUS FILHOS,MUITAS VEZES O QUE OS OLHOS VEEM É O QUE ELES JULGAM CORRETO.

23/03/2009 | 11h34 Denunciar

ana claudia alves

não sei porque tanto auê....as pessoas deviam protestar contra essas novelas que passam, e deveriam terem se mostrado mais solidárias com essas famílias, e não terem feito o que fizeram...lamentei muito,pois os pobres pais como sempre ,são os que pagam pelos erros dos filhos!!!!!

23/03/2009 | 11h18 Denunciar

Ricardo Xavier

Eu fico preucupado com esta geração, minha geração lutou por liberdade de expressão e não por isso;Isso é libertinagem. minha pergunta é o que estar errado, a menina de 11 anos fezer sexo ou isso saí na internet? que dizer que se não soberem ta tudo certo?.Este é o padrão de moralidade que conseguimos atingir?.

23/03/2009 | 11h14 Denunciar

Eduardo

Estou perplexo, um tanto até que apavorado, pois tenho um filha de 3 anos e um filho de 11 anos, me coloquei no lugar desta familia e perdi o chão. O que fazer para evitar esses tristes desfecho, pois ja temos os pedofilos pra combater e agora os proprios filhos se expoe de uma maneira que eu jamais poderia imaginar pela idades das crianças!

23/03/2009 | 11h04 Denunciar

Renner Souza

Não sei porque tanto carnaval com este video, onde vemos hoje a depravação nas novelas da globo e etc e tal e ninguém faz comentários, cenas de sexo e até homosexualismo onde se pontuam altos nrs no ibope... é brincadeira né?? a escola esta dentro de casa, se chama televisão e o maior professor é a rede globo.

23/03/2009 | 10h54 Denunciar

jaciara

hoje em dia os pais devem conversa sempre com filho sobre qualquer assunto pois assim eles saberão o que é certo e que errado.

23/03/2009 | 10h24 Denunciar

Braiam

Acho que a unica diferença é que foi publicado esas crianças fazeriam mesmo sem celular e ninguem ficaria sabendo e se quem vio por primeiro esse video naum tivese feito tanto alarme ninguém teria ido ver o video e tudo seria apagado pela mente das crianças e de quem vio

23/03/2009 | 09h43 Denunciar

Katia

Tanto os noticiários quanto os pais/parentes dos adolescentes estão dando + importância ao fato do ato sexual ter sido gravado e colocado na internet do que ao sexo realizado entre uma criança de 11 e outra de 14. Isso é que realmente é preocupante.Que tipo de educação as crianças/adolescentes estão recebendo?Tudo é permitido desde que não seja divulgado?Vamos acaber c/ essa hipocrisia. Além do mais como pode ser pedofilia se foi praticado, filmado e (provavelmente) colocado na rede por menores

23/03/2009 | 09h43 Denunciar

geni chagas

Precisamos pensar em como estamos conduzindo a educação de nossas crianças e adolecentes? O que eles estão tendo como exemplo ou assistindo? Quais valores estão assimilando? E o quanto nós, como responsáveis por conduzi - los pelo caminho certo, estamos cumprindo com nossa responsabilidade? Somos sim, responsáveis por nosso filhos e seus atos na infância e adolescência. Não podemos abrir mão disso. Não podemos deixar que a maldade e a sacanagem roubem um tempo precioso da vida deles.

23/03/2009 | 09h26 Denunciar

Jorge Luiz Borges

A que ponto o Brasil chegou em termos de falta de educação e de ocupação do tempo pelas crianças e adolescentes. Cadê o PRESIDENTE LULA, que não promove uma reforma na educação? Lugar de criança e de adolescente é na escola, de preferência em período integral, como no Japão, inclusive com fornecimentoi de refeições decentes. Chega desse país gastar dinheiro em coisas como jogos e copas. Daqui a trinta anos, o Brasil terá carência de pessoas especializadas, pois hoje não se educa mais ninguém.

23/03/2009 | 09h16 Denunciar

lUANA

Acho que toda está confusão é por má orientação dos pais que não deram importância suficiente a seus filhos, ou por uma má orientação dos mesmos, pois, uma garota de onze anos não era pra estar em um quarto fechado em uma casa com três garotos, portanto, qualquer responsabilidade que aja com menores de idade é de responsabilidade de seus pais, que devem ser responsabilizados em vez de inclusive o da garota, ao invés de ficarem insinuando sempre que o filho do vizinho não presta e o seu é santo.

23/03/2009 | 09h11 Denunciar

Francisco Heldecy Pereira Lima

É um absurdo o que está acontecendo com as crianças de nosso PAÍS.Todos os dias aparecem fatos envolvendo adolescentes e crianças.A culpa por tudo isso somos nós mesmos;primeiro,não sabemos aonde estão nossos filhos e com quem estão.Depois não o educamos sufientemente para saber que atitudes como estas praticadas por estes adolescentes reflete exatamente na liberdade que dada aos nossos filhos.Os filhos hoje em dia são criados soltos,bem a vontade.Vão aonde querem ,voltam quando querem .

23/03/2009 | 08h56 Denunciar

Kirk

Tipo, isso marcou a cidade. Sempre que lembrarem de Ibirubá no país vão pensar em que?

23/03/2009 | 08h54 Denunciar

jaquison de jesus

Independente da craição dos pais em relação aos filhos, tem que se tomar muito cuidado com a teclogia atual (INTERNET) que é a maior responsavel pelo eceleramento de conhecimento de uma forma não educativa.

23/03/2009 | 08h42 Denunciar

Jhony

Em tempo. Condeno como doença e crime a pedofilia ( utilização e performance de adultos com crianças ). Condeno também a atitude dos adultos que condenaram os adolescentes que agiram como adolescentes. Condeno também a ineficacia de nossas instituições ( escolas, igrejas, sociedade organizada ) em desenvolver um caráter moralmente voltado a alteridade. Afinal, pelo que foi dito, falta senso de alteridade nos adolescentes que fizeram o comentado filme.

23/03/2009 | 08h41 Denunciar

Jhonny

A doença nao está nos adolescentes que se comportam como todo adolescente. A doença está no RECATO HIPOCRITA de toda uma sociedade de uma cidade que geram toda uma polemica que com certeza expuseram familias e sobretudo os adolescentes. Considero RECATO HIPOCRITA porque posso garantir que em uma "psicanalise" de todo o discurso dos adultos moradores da cidade revelará os "podres" de suas respecitvas adolescencias também. "Quando eu era criança, pensava como criança" - Sao Paulo Apostolo.

23/03/2009 | 08h34 Denunciar

aldo

olá, curiosamente fui á internet pra ver esse absurdo, não pra ver crianças fazendo sexo, é vergonhoso para os pais não por eles ser culpado, mais pele falta de cuidado... pedofilia é crime denucie.

23/03/2009 | 08h32 Denunciar

Jeferson Oliveira

mais um reflexo de como o brasil e o mundo esta fora d controle. crianças de 11 anos fazendo sexo e pondo na rede... isso pra mim era idade de brincar de coisas de criança e nao de fazer isso... nao acho certo uma pessoa de 11, 12 anos... uma criança sem noçao das coisas saia fazendo sexo e espalhando pela net... isso eh falta de orientação de alguem responsavel, pois se pelo menos os pais da menina tivessem conversado e orientado essa menina sobre sexo, ela nao teria estragado a vida dela assim

23/03/2009 | 08h30 Denunciar

Jamile

nossa, mas que comentário ridículo 'imagine o que acontece no baile funk no rio de janeiro' pelo amor de deus, meu querido. fale do que voce sabe, nao do que a mídia coloca na sua cabeça. em relação a esse vídeo, o pai ainda tem a coragem de falar que o filho que filmou foi induzido... o nosso filho nunca faz nada, é sempre santo. mimadinho!

23/03/2009 | 08h24 Denunciar

leilson figueiredode oliveira

Imaginem o que aconteça nos bailes funk no Rio de Janeiro a podridão humana é noticia a falta de cultura vai acabar com este pais ,que cada um que cuide de seus filhos.

23/03/2009 | 01h38 Denunciar

Eduardo Mendes

Não vi o vídeo e não quero ver. Não me espanto com esse tipo de coisa entre os muito jovens, pois não foram poucos os adultos de hoje que fizeram brincadeiras desse tipo no passado. A diferença é que antigamente não havia câmeras com facilidade e nem internet.

23/03/2009 | 00h24 Denunciar

RICHARD ANDERSON

Eu gostaria de saber onde estvam os pais numa hora dessa? Será que os pais têm realmente confiança em deixar umas " crianças" sozinhas em casa?

22/03/2009 | 22h26 Denunciar

Wagner Vieira da Silva

É Lamentavel Que Isto Tenha Ocorrido Aindo +Em Uma Cidadezinha Bem Pacata ... Como a de Ibiruba ... Hoje Em dia Neste Mundo Sem LEIS conhecido como Internet ... Tem-se que ter muito e muito Cuidado ... e Acima de Tudo Cuidado No Que Nosso Filhos Estão Aprendendo Hoje Em Dia ... Desjo Muita Força a Familha de Ambos vão prescisar

22/03/2009 | 22h22 Denunciar

Andrews Ribeiro Gomes

Olá, meu nome é Andrews eu como muito outros adolescentes e crianças temos desejos sexuais e não dizemos aos pais e sim aos amigos nós pensamos que com os amigos eles iram nos auxiliar. Mas o que muitos não sabem que estam errados que falando com os pais ou com pessoas mais esperientes. Eu falo com minha mãe num boa nem ligo ela falo assim para mim, se você ja fez então não vou poder fazer nada a não ser te auxiliar a usar camizinha, eu afirmo eu ja tive relações sexuais com outras meninas.

22/03/2009 | 22h18 Denunciar

thais

Não vi este filme, nem assisto este tipo de coisas,a internet deve ser usada para instrução.Mas o que me espantou neste caso é que os pais da menina tiveram que sair correndo da cidade e a do menino por ser HOMEM continuam,dizem que vai passar.Eles também teria de ter vergonha na cara.São vidas destruídas,isso jamais vai passar,e mais, os culpados são os pais, pois estes tem de dar uma boa orientação aos filhos,mas deixam ver novelas com cenas de sexo,filmes e outras porcarias.É uma pena!

22/03/2009 | 22h18 Denunciar

Marcelo da Silva

Eu vi esse video, vendo essas coisas que sou a favor de dominuiçao da maioridade para 16 anos . . .

20/03/2009 | 20h45 Denunciar

Eu

Este vídeo está amplamente divulgado.É como travesseiro de plumas, você sacode, nunca mais conseguirá recolher todas as penas. Nesta história tem maldade.Desquilíbrio total.Eles sabiam bem o q faziam,quem viu o video percebeu. Não acho que o mundo esteja perdido, eu não acho normal gente desta idade fazendo sexo, não acho normal menina de 12 anos não ser mais virgem. Me assusta o destino destas pessoas e o que será da próxima geração, se nesta já estamos vendo coisas assim.

20/03/2009 | 15h14 Denunciar

vanessa

Fiquei horrorizada com esse fato, pois minha família é toda dessa cidade e imagino como deve etr sido constrangedor pra família da menina pq é uma cidade onde todo mundo se conhece mesmo.

20/03/2009 | 14h39 Denunciar

Shaiane

Bom!Fiquei assustada com esse video.Discordo da mae quando defende o filho.Pois, na hora de se "divertir", eles nao pensaram em nenhum momento no que poderia vir pela frente.O estrago foi feito, mas acho que os pais poderiam ter conversas abertas com seus filhos,e para aquela pessoa que colocou o video na internet,veja o que conseguiu.Devemos pensar mais em certas atitudes que fizemos ou dizemos, digo isso de um modo geral.

19/03/2009 | 09h14 Denunciar

janete aparecida mousquer

infelizmente aconteceu essa fatalidade com esse ato impensado dessas crianças, mas pior ainda e lamentável é essa pessoa postar isso na internet, eu enquanto mãe fico comovida e solidária com as famílias envolvidas, ninguém deseja para os outros o que não quer para si.

19/03/2009 | 07h45 Denunciar

Eduardo

Olá á todos Acho que todos nós deveriamos olhar ao redor e perceber como as coisas mudaram, como a mídia influênciou na vida dessas crianças de hoje, as adolescentes estão praticando sexo mais cedo hoje, do que antes, isso não é só no sul, está por todo brasil, meninas de 11 á 14 anos, já tem relações sexuais com seus namorados, dentro de casa. a sociedade está mudando, os conceitos de educação do passado já não são mais os mesmos.

19/03/2009 | 07h04 Denunciar

yuri thaian

Acho que tentar fugir da história não resolverá o problema, até porque, moro na Bahia e já vi o vídeo, realmente achei uma fatalidade e tenho muita pena da garota, mas a única coisa que eles podem fazer, é deixar o tempo passar, porque o Brasil inteiro conhece está história, acho isto uma falta de responsabilidade, tanto da garota que deixo filmar, tanto dos pais que não se importam onde os filhos se encontram e de todos os outros por serem tão infantis.

19/03/2009 | 00h48 Denunciar

Alexandre Silveira de Souza

Todo somos culpados. Quem participou da cena. A pessoa que deixou a filha a sós com 3 garotos. A pessoa que educa este adolescentes. A pessoa que filmou. A pessoa que viu. A pessoa que repassou. A pessoa que colocou na internet. A pessoa que fez a reportagem. Eu que li a reportagem e culpei um monte de gente. O espetáculo só é bom se tem público e todos nós fizemos desta tragédia um horrivel espetáculo. Aprendamos com nossos erros e vigiemos mais nossos filhos.........

18/03/2009 | 23h17 Denunciar

Bibiana

Entendo que o guri que está na cena com a guria sabia muito bem o que estava fazendo, bem como quem filmou, caso contrário, não teria sido filmado...para que filmar? Para guardar de lembrança que não seria! No entanto, me pergunto: como este caso está sendo discutido na casa deste rapaz e nas escolas pelo educadores?

18/03/2009 | 21h46 Denunciar

roberto

li todos comentarios e notei que muitos apontao os pais mas esquecem que eles precisam trabalhar e nao podem estarem presente todo o tempo, esta pessoas que comentaram seu filhos estudam escolas p articular e criticam a vida dos outros cuidem de suas proprias vidas e familias.

18/03/2009 | 18h40 Denunciar

Heita B. Rice

Tudo fruto do descaso dos brasileiros com a educação, inclusive os erros grotescos de português do leitor Paulo R. Herrmann. Ex: jente, adolecentes, lucides, disernimento/ desernimento,comprender e pesadas. Meu Deus!! Qual será o futuro do Brasil?

18/03/2009 | 17h22 Denunciar

Moshe

Eu nao costumo comentar noticias, mas nao pude deixar passar o cometario do caro Marin B. Um escandalo desses acontece e ele preocupado com pais dando celulares com camera??Comparando com armas??ACORDA MEU FILHO...definitivamente nao ha limites pra estupidez humana!

18/03/2009 | 15h42 Denunciar

Grownkut

Como deixas uma mina Com Homem ?

18/03/2009 | 14h16 Denunciar

simone alves barbosa

NOSSA,FIQUEI PASMA,SEI QUE INFELIZMENTE ISTO ACONTECE,UMA AMIGA SITOU QUE FOI POR CAUSA DO CELULAR,MAS NÃO PENSOU QUE UMA MENINA DE 11 ANOS ESTAVA SENDO ABUSADA? SE ACONTECEU ISTO,CREIO QUE NÃO FOI POR VONTADE DELA,ALGUM SUBORNO OU ALGO DO TIPO ACONTECEU,SE NÃO FIZEREM NADA AGORA,ESTARAM CRIANDO UM FUTURO TARADO OU SEI LÁ O QUE.

18/03/2009 | 14h05 Denunciar

Jean carvalhoo

Ah esse filme do Kid alfinete é péssimo aculpa não é dos pais se a menina é descarada

18/03/2009 | 13h44 Denunciar

AdoroNinfeta

Qual o site que posso ver o filme.

18/03/2009 | 13h39 Denunciar

André

Que absurdo, pra que esses escândalo todo, hoje em dia é quase impossível encontrar uma garota com 12 anos virgem, os pais que colocam um computador no quarto de uma filha saibam que centenas e talvez milhares de pessoas já a viram pelada no msn, e que ela já viu dezenas e talvez centenas de caras pelado também, as pessoas não percebem que a tecnologia avançou rapidamente e a maioria não estava preparada para isso. Monitore o computador e celular de seus filhos e terão muitas surpresas.

18/03/2009 | 13h38 Denunciar

luiz felipe

pesso desculpas antecipadas, mas espero que o sr. martin b. lembre; "filhos nós não conhecemos, apenas amamos". e dar qualquer um desses presentes, não é dar uma arma e sim algum conforto. portanto, não seja hipócrita o sr.

18/03/2009 | 13h33 Denunciar

Luiz Felipe

é um grave erro julgar as companhias, pois neste caso, o que houve foi a falta de informação. estas crianças estão com os hormonios a flor da pele. gostaria de saber se o sr. nelson neckel nunca teve 13/14 anos. temos apenas é que dar liberdade para que nossos filhos conversem com a gente abertamente. E JAMAIS JULGAR SEM CONHECER.

18/03/2009 | 13h29 Denunciar

Fernando de Oliveira

Isso só é um escândalo pq foi filmado pq, uma coisa é verdade, a iniciação sexual está começando cada vez mais cedo. Creio q realmente faltou mais orientação dos pais, mas a atitude dos adolescentes não é nenhuma surpresa. Erraram, sim, no fato de filmar. No restante, a própria natureza se encarregou. Penso q uma advertência aos pais, para q eduquem sexualmente seus filhos esteja de ótimo tamanho.

18/03/2009 | 13h28 Denunciar

Neizin

É pelo jeito ficou feio pro Kid alfinete

18/03/2009 | 12h53 Denunciar

Morim

Isso sempre aconteceu,"quem não brincou de casinha?" todo nós um dia, de uma forma ou outra descubrimos nosso corpo, mas o que tem de diferente é a imaginação e a tecnologia. Por trás disso tambem a midia escancarando a sensualidade e a forma tão normal e comum como aborda o tema SEXO. Os pais são responsaveis pelo conteudo que seus filhos andam olhando cada vez mais precoce a maturidade das crianças.

18/03/2009 | 12h35 Denunciar

Max

Pais. Isso tudo é uma alerta sobre desinteresse dos pais em conhecer melhor uma nova realidade que ja faz parte do cotidianos de nossas crianças: a internet. E para não passar por ignorantes, se omitem na educação - tarefe basica dos pais. Ese caso "parece" originado na "inocencia". Mas muitas vezes não. São originários na má intenção de outros.

18/03/2009 | 11h50 Denunciar

Paulo R. Herrmann

Bom jente temos que ter muita calma com certeza e um erro dos pais e da sociedade que nao aborda os fatos da vida dos adolecentes com lucides e disernimento. Os pais ,as escolas os concelhos tutelares a sociedade nao esta preparada para um bom desernimento.ELES NAO FIZERAM NADE MAIS QUE MUITOS DE NOS FIZEMOS, sso com um agravante as imagens devemos comprender as criancas e punir com penas pessadas os que difundiram as imagens ( DIVULGAR,PUBLICAR,DIFUNDIR PORNOGRAFIA INFANTIL ) lei severa.

18/03/2009 | 11h38 Denunciar

Bento

ond eu encontro esse video?!

18/03/2009 | 11h37 Denunciar

Bia

Martin B., Agora a culpa é dos produtos eletrônicos??? Totalmente sem noção...

18/03/2009 | 11h33 Denunciar

Eliziane

Pelo que vejo, a repercurção da notícia preocupa-se com o fato da revelação do video, quem divulgou e porque, mas em nenhum momento preocupam-se com a formação sexual destes jovens, convenhamos uma menina de 11 anos???? Que pena que caíu na internet esse video, senão estária tudo bem. E suas vidas continuariam tranquilas, e os pais não estariam com vergonha.

18/03/2009 | 11h15 Denunciar

Gustavo

Entendo perfeitamente o teor da argumentação da mãe desse menino, mas não justifica em nada o atitude do garoto, atualmente existe muita tecnologia e pouca cabeça pra usar todos esses aparatos, vide o caso do sistema de escutas telefônicas o que está rendendo. A rádio que divulgou o assunto é muito mas muito leviana, um típico jornalismo mesquinho, medícore e em nada contribuiu para o desfecho do caso. Vamos cuidar melhor das nossas crianças e pais sejam pais de verdade.

18/03/2009 | 11h09 Denunciar

Guilherme

É realmente um absurdo!!! Fico imaginando a cabeça dos pais preocupados com quem postou o vídeo na internet. E a educação e a orientação para essas crianças? A mãe do rapaz falando sobre a maldade das pessoas que publicaram o vídeo!!! E o filhinho?! Como pode fazer sexo com uma garota de 11 anos?! "...pia carinhoso e de bom coração". Só se fora ai em Ibirubá!!! Serve para alertar, mais uma vez, sobre a educação precária vinda dos pais... e que geralmente culpam o ensino por coisas do gênero...

18/03/2009 | 11h09 Denunciar

Rogério Fernandes da Costa

Uma menina com 11 anos não pode andar solta por aí. Os pais sabiam onde ela estava? Ou será que esta é mais uma daquelas crianças que fazem o que querem, vão onde querem, navegam horas na Internet falando sabe Deus com quem e proibem os pais de ver, enfim, são donas do seu nariz e mandam dentro das casas. Quase a totalidade dos pais de hoje dão um computador, uma TV no quarto e mandam dormir na casa dos amigos, a maioria tem medo dos filhos ou preferem não se incomodar, para isso liberam tudo.

18/03/2009 | 11h00 Denunciar

Itibere Godoes Rosa

Concordo com a Rosilene Chagas, mas o problema não é tão simples e exige uma análise que não pode ser feita neste curto espaço.De fato,no mundo atual,com 14 anos já se tem consciência das próprias ações.Os pais precisam participar mais na educação dos filhos e não deixar que a escola assuma a responsabilidade total pelo processo educacional das crianças.Ética, cidadania e sexualidade aprende-se na família e na escola. Também a Lei precisa avançar na interpretação dos conceitos que a fundamentam.

18/03/2009 | 10h58 Denunciar

Jairo

Pessoal posso parecer conservador, mas isso é reflexo do conteúdo da televisão Brasileira. É preciso rever esses conteúdos, por que não colocam programas educativos e outros que influenciariam bem mais positivamente na criação dessas crianças? O povo precisa acordar, os governantes tem medo de uma Nação culta e intelegente que saíba discutir e argumentar assuntos polêmicos.

18/03/2009 | 10h55 Denunciar

Paulo

Tem que haver punicao. Nao vao querer me dizer que com 14 anos nao sabem o que estao fazendo. Isto chama-se Violencia Sexual em qualquer Pais de primeiro Mundo.

18/03/2009 | 10h54 Denunciar

alexandre

CNN - CAIU NA NET - SÓ RESTA CHORAR AGORA

18/03/2009 | 10h45 Denunciar

Ibirubense

Nasci e vivi boa parte da minha vida em Ibirubá, fico imaginando o drama que estas familias estão vivendo, quando um fato assim ocorre numa cidade pequenas as proporcões são muito mais drásticas pois não há onde se esconder. Mas sem dúvida fica como lição que hoje em dia o papel dos pais na vida dos filhos é mais importante que no passado, não há mais espaço para tabus e hipocrisias.

18/03/2009 | 10h44 Denunciar

Agente H

Essas pessoas passaram a assistir muito BBB ....kkkkkkkkk

18/03/2009 | 10h44 Denunciar

Deco Oliveira

O problema não é crianças portando celulares ou fazendo uso de tecnologia. O mau uso desses recursos é que deve ser atacado. Educação, valores e princípios também devem fazer parte da vida de cada um e serem repassados pelos pais aos filhos. O que aconteceu em Ibirubá não é novidade alguma, a novidade é ser publicado na internet. Porém, não é culpa da tecnologia e sim do caráter de quem o fez.

18/03/2009 | 10h41 Denunciar

crianças???

NESTA HISTÓRIA NÃO EXISTE CRIANÇA E ADOLESCENTE...A MENINA FOI ESTRUPADA???NÃO....ELA FEZ OQ FEZ PQ QUIS.NOS DIAS DE HJ,COM OQ VIMOS NO DIA A DIA,EXISTE OU BEBÊS OU ADULTOS (E SABEM MUITO BEM OQ ESTÃO FAZENDO.) PAIS...CUIDEM COM QUEM SEUS FILHOS ANDAM,MANTENHAM DIÁLOGO,MONSTREM ONDE ESTÁ O PERIGO.MEUS FILHOS TEM CÂMERA FOTOGRAFICA E CELULAR,MAS SABEM MUITO BEM COMO UTILIZAR E NAS MÃOS DE QUEM DEIXAR. AGORA...QUEM COLOCOU ISSO NA INTERNET,É MAU CARÁTER MESMO. DESCULPEM-ME....MAS É OQ PENSO!

18/03/2009 | 10h41 Denunciar

Luiz Afranio

Porque o espanto?Sò porque saiu na imprensa? Nas favelas brasileiras, milhares e milhares de crianças è fruto de sexo de menor idade! Isso è novidade? Porque o governa distribui camisinhas? Prà ajudar a pobre J&J, e assim ensina sexo às crianças. A igreja ajuda também a ensinar. Querem o que? Esse è o Brasil,QUE PERDEU A MORAL EM TODOS OS SENTIDOS!

18/03/2009 | 10h35 Denunciar

Jorge Silva

O sexo entre adolescentes está tão comum que se todos os pais forem se mudar de domicílio, faltará transportadora.

18/03/2009 | 10h34 Denunciar

Alceu Medeiros

Os pais devem alertar os seus filhos para os perigos dos novos instrumentos eletrônicos, como o celular (dotado de gravador e câmera) e o que representa o computador ligado a internet.A intimidade de cada pessoa deve ser preservada, mesmo quando reunidas com amigos. Brincadeiras inconsequentes entre amigos,acaba, muitas vezes,com consequencias imprevisíveis como esse de Ibirubá. Sair da cidade não resolve.A comunidade deve debater o assunto para que outros não sejam prejudicados futuramente.

18/03/2009 | 10h30 Denunciar

NELSON NECKEL

É SRS. PAIS NÃO DEIXEM SUAS FILHAS Q OS LOBOS ESTÃO AI...TEMOS Q CUIDAR COM QUAL TIPO DE CIA ELAS ANDAM.

18/03/2009 | 10h25 Denunciar

Martin B.

Se os pais dao para as criancas celulares que filmam, webcams, maq digitais e assemelhados, quem sao os responsaveis. Ninguem alem dos pais. Esses sim que deveriam ter mais nocao. Estao dando para essas criancas uma arma carregada. Elas com a maior naturalidade, pelo que sao instruidas pela midia, fazem essas bobagens. Porque os pais nao conversam mais com seus filhos para terem nocao do que fazem. 'DAO A ARMA CARREGADA E NAO QUEREM QUE ATIREM'. Hipocrisia dos PAIS - Nao conhecem seus filhos...

18/03/2009 | 10h16 Denunciar

Vitelio liari

O que aconteceu neste caso é pura culpa dos pais que não educam corretamente seus filhos apoiados por este tal de estatuto da criança e do adolecente que preve penas brandas pra jovens que cometem estes tipos de absurdos e outras coisas que podemos ver por ai no nosso dia a dia.

18/03/2009 | 10h12 Denunciar

Inacio miguel

isto ocorre pois por pura falta de pais presentes de conversarem com seus filhos esclarecer duvidas mostrar a realidade sem querer tapar sol com a peneira quebrar certos tabus que existem principalmente nas colonias mostrar oque é certo ou errado

18/03/2009 | 10h08 Denunciar

OSVALDO LUIZ DOS SANTOS

Que hipócrisia da mãe do garoto, querendo acreditar que ele é um santinho. Eu que ver a atitude se ela fosse mãe da menina.

18/03/2009 | 10h03 Denunciar

Douglas Palavro Marques

Essa foi apenas mais um mal fadado registro filmado entre adolescentes. É sabido que as pessoas ou "voyers" curtem fazer filmagens, principalmente em celulartes. O que não sabem; é que muitas vezes essas imagens param na internet. Atenção. Um apena isso ter acontecido em uma cidade tão pequena como Ibirubá.

18/03/2009 | 09h43 Denunciar

Rosilene Chagas

Infelizmente as crianças estão iniciando sua vida sexual cada vez mais cedo e, na curiosidade do desconhecido, acabam fazendo uma bobagem dessas. As pessoas da cidade que cuidem mais de suas vidas, ao invés de apontar e criticar os envolvidos no caso, pois talvez o mesmo aconteça com eles, porém sem filmagem alguma.

18/03/2009 | 09h40 Denunciar

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraGrêmio perde por 1 a 0 para o Atlético-PR em estreia no Brasileirão: http://t.co/QOQgoOm9wYhá 1 minutoRetweet
  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesGrêmio perde por 1 a 0 para o Atlético-PR em estreia no Brasileirão http://t.co/cQjXHklatWhá 1 minutoRetweet
clicRBS
Nova busca - outros