Versão mobile

04/03/2009 | 22h35

Em Iraí, uma menina de 11 anos está grávida

Criança teria sido estuprada pelo padrasto e está no sétimo mês de gestação

Enviar para um amigo
Apenas dois anos mais velha do que a garota pernambucana de nove anos que teve a gravidez interrompida nesta quarta-feira, uma gaúcha de 11 anos está prestes a se tornar mãe.

A criança de Iraí, no norte do Estado, está no sétimo mês de gestação e também teria sido estuprada pelo padrasto. O pedreiro, de 51 anos, foi indiciado em janeiro pela Polícia Civil por estupro, mediante violência presumida.

A menina está internada desde a semana passada no Hospital Santo Antônio, em Tenente Portela, em um dos cinco leitos da Casa da Gestante, destinada a grávidas com risco moderado.

O caso chegou ao conhecimento do delegado Antônio Maieron, de Iraí, em dezembro, quando a madrasta da criança a levou ao médico, com a suspeita de gravidez que confirmada por exames.

Desde os seis meses, a menina era criada pela tia de sua mãe biológica e pelo marido dela. O casal, na época da adoção, que não foi legalizada, morava em Novo Hamburgo, onde a criança nasceu. O casal e a menina moravam desde o ano passado em Iraí. Antes, os três residiam no Paraná.

Logo após a denúncia na delegacia, o padrasto sumiu. A criança relatou, inicialmente, que o filho era de um menino, mas acabou admitindo que manteve relações sexuais com o padrasto por três vezes, a partir de julho de 2008.

— Ela estava abalada, não queria que o padrasto fosse preso — contou o delegado.

O suspeito se apresentou na delegacia em fevereiro e admitiu ter violentado a enteada uma vez, mas afirmou que a criança foi quem tomou a iniciativa de manter a relação sexual.

— Ele disse que bebia bastante na época, que os dois estavam sozinhos em casa e ele acordou com a menina — disse Maieron.

O delegado já remeteu o inquérito à Justiça e pediu a prisão preventiva do padrasto. Nesta semana, o promotor de Justiça substituto de Iraí, Adriano Luís Araujo, deve decidir se denuncia ou não o homem.

Notícias Relacionadas

04/03/2009 | 15h56

Médico afirma que gravidez de menina de nove anos foi interrompida

Procedimento teria sido realizado com autorização da mãe

04/03/2009 | 10h33

Arcebispo tenta impedir interrupção de gravidez de menina de nove anos em PE

"Devemos salvar vidas", disse Dom José Cardoso Sobrinho

Comentar esta matéria Comentários (52)

Normitcha

Concordo plenamente que estes bárbaros devam ser presos e pagarem pelo crime hediondo. Mas a discussão é por conta das meninas que engravidaram. E as outras violências sexuais contra meninos? Que também tem sua vida destruída? E as meninas que sofrem assédios de mulheres tb? Mas odioso ainda quando o algoz faz parte do convívio familiar e é "Digna de confiança"? Temos muitas meninas que foram molestadas por professoras ou "iniciadas" e ninguém comenta, simplesmente abafa o caso! É preocupante.

06/03/2009 | 18h35 Denunciar

RICARDO

Indignante ver canalhas estragarem a vida destas crianças!Em Pernambuco e este aí!O pior é que acontece com a ciência das mães que em muitos casos só denunciam quando a gravidez não tem mais como ser escondida!A barriga denuncia a violência!Será difícil saber quando está acontecendo algo errado?Cumplicidade?Negligência?A maioria dos assédios ocorre no lar?Mães devem prepara-las prá reagirem a eventual ataque!Ficam em silêncio?Dependência financeira?Medo de serem abandonadas?Não tem desculpa!

05/03/2009 | 14h21 Denunciar

muito indignada

mas mesmo que a guria tivesse se ofwerecido, o padastro tinha que ficar apavorado e arranjar logo um psicólogo pra criança e não aproveitar-se dela. Que bando de canalhas os quer pensam que uma criança pode ser culpada por ser abusada. Mesmo qye ela tivesse mais de onze anos, doze, treze, quinze, não interessa, pois é o adulto q tem q ter a responsabilidade.

05/03/2009 | 12h39 Denunciar

ronan wittee

Malditamente teimamos aceitar como igualdade algumas exepcionalidades,dignas de um outro tipo de juízo. Penso que a pena-de-morte aplicada indiscriminadamente é injusta e irreparável. Mas,atribuir justiça humana às Bestas não é justiça.É omissão de uma sociedade hipócrita.

05/03/2009 | 12h06 Denunciar

A. Paula

À todas as pessoas que criticamos que fazem comentários: - Não comentem nada então, vcs são mais babacas ainda porque fazem um comentário para criticar quem faz comentários... isso é muito engraçado rsrsrs... Se acham tão ruim assim não comentem nada!!!!

05/03/2009 | 12h03 Denunciar

Ariel

O fato mais comum em caso de estupro por um parente ou pessoa próxima é a criança não desejar a punição do mesmo, devido a inúmeros fatores desde o sentimento de culpa (sim, a criança sente-se culpada por ter sido desejada), até ameaças do mesmo. No caso em questão, o padastro era a figura paterna que ela conhecia e amava como pai. Independente do que ele fez, na cabeça de uma criança os sentimentos se misturam, não sabendo mais diferencia-los. O padrasto sim, é uma pessoa psiquicamente doente.

05/03/2009 | 11h35 Denunciar

Douglas

Uma criança com essa idade com certeza não tem culpa alguma! O padrasto, deve ser punido e logo, pois se ainda consciste o convívio com a menina, ha constrangimento. A família deverá ser auxiliada por psicólogas e assistentes sociais da região, e em caso de não haver mais renda após a prisão, o governo dispõem de pacotes tipo bolsa família! Justiça!

05/03/2009 | 11h12 Denunciar

marcio

Com eu imaginava as mulheres se ofenderam com meu comentario,mas deixo claro que tb acho que o covarde deve pagar.Mas eu quis dizer é que as mulheres querem ser tao iguais aos homens nos dias de hoje que nao tem mais uma identidade propria e isso no futuro pode prejudicar na educaçao dos filhos.Hoje em dia sao as mulheres que nao querem compromissos vivem a vida loca e nao cuidam direito dos filhos.E nao to loco sou so um homem que ja viveu e viu muita coisa ai pelo mundo.abraços a todos.

05/03/2009 | 11h12 Denunciar

RENATO

Por que cada vez mais vemos e ouvimos falar mais disso? Isso é falta de punição, não só no caso da pedofilia, mas em tudo! Não dá nada para esses vagabundos... tenho medo do mundo que meus filhos enfrentarão.

05/03/2009 | 11h10 Denunciar

Annie

Pena de morte ao padrasto e uma psicóloga ao Sr. Inácio de Taquara!!! É por conta dessas "cabeças" pensantes que o mundo está como está.

05/03/2009 | 10h29 Denunciar

giovana

Ridiculo um homem de 51 anos alegar que foi seduzido por uma criança de 11 anos que ela tomou a iniciativa. Pela materia a coitada o tinha como um pai , tendo medo que ele fosse preso. è mais um cretino abusador que usa de força fisica e psicologica contra nossas crianças indefesas.

05/03/2009 | 10h27 Denunciar

Edmond

Tem que preservar o interesse da criança em primeiro lugar. A justiça não se importa com o que um bando de desocupados pensa ou quer. Embora ele tenha cometido um crime previsto em lei, deve ser verificado se ele fornece sustento para a família e conforto emocional para a enteada com sua presença em casa. Porque os "justiceiros" que escrevem comentários aqui não irão fornecer nada disso para a menina haja vista que são apenas pessoas desocupadas e procupadas apenas consigo mesmas.

05/03/2009 | 10h27 Denunciar

ana maria silvado

Marcio, com todo respeito, vai te tratar.. Ou seja a culpa em este caso, nao eh do animal que estuprou a menina, e sim da mae que se separou do esposo e consequentemente nao cuidou da fillha segundo vc??? Acredito que vc esteja brincando, nao eh possivel, que alguem em sa consciencia possa pensar uma estupidez como essa...

05/03/2009 | 10h23 Denunciar

Indignado com a Hipocrisia

Banco de inuteis desocupados e patéticos. Acham que tem solução pra todos os problemas da humanidade escrevendo meia dúzia de linhas. Criticam todo mundo sem conhecer os fatos. Vão tomar um chá de realidade. Quem sabe alguns de vcs vão lá e levem alguma coisa pra menina, um pacote de fraldas talvez! Só sabem criticar promotores, juizes, polícia, etc! Só sabem falar e não fazem nada! Ridículos! Como se a justiça, o governo ou a polícia pudesse antever e evitar tudo de ruim que a sociedade faz!

05/03/2009 | 10h21 Denunciar

Alcides Pimenta

Castrem o canalha em praça pública que, além de puní-lo eficazmente e sem enrolações jurídicas, servirá de exemplo para muitos montros que cada dia cresce mais. Esqueçam os ditos direitos humanos e padres e pastores desocupados e fora da realidade que ameaçam de excomunhão e outras besteira.

05/03/2009 | 10h19 Denunciar

ROSANA COSTA

Marcio, Lamentável! Isto é decorrência de um mundo dito civilizado. Faltou tu dizeres que a criança é culpada. Não vamos esquecer de ela tem 11 anos e ele 51, quem é o adulto nesta história?

05/03/2009 | 10h18 Denunciar

Fernando

Um absurdo uma criança de 11 anos grávida. Penso que até os 14 anos as meninas não deveriam ter relações sexuais. Com mais de 14, sabemos que já possuem vida sexual ativa (não seremos hipócritas). 14 anos é a média de idade das primeiras relações sexuais segundo pesquisas. Nessa idade, muitas já namoram e fazem festas na noite. Acho um absurdo condenar um cara que transou com uma adolescente de 16 ou 17 anos. Uma coisa são pedófilos q transam com meninas de 10 anos, mas com 16,17 convenhamos.

05/03/2009 | 10h11 Denunciar

marcio

Neste caso nao acho que o mundo esta acabando por estes motivos.Isso sempre existiu e sempre ira existir,diferença é que agora as informaçoes chegam mais rapido.Nao se escandalizem porque os problemas somos nos adultos e seres humanos que criamos.Se a mae nao tivesse se separado e cuidado melhor da filha nao aconteceria isso.Hoje em dia as filhas dizem que vao durmir na casa da amiga e vao fazer sacanagem por ai.Por favor nao sejamos ipocritas...Falta amor neste mundo e respeito por si proprio.

05/03/2009 | 10h10 Denunciar

RCL

Acredito que quando a notícia informa que o Promotor irá decidir se denuncia ou não o padrasto, é uma referência que deve ser feita no sentido de que a imprensa não pode divulgar a decisão a ser tomada. Em momento algum se quer dizer que o Promotor não irá denunciá-lo!!! Até pq a violência é presumida (então, mesmo a criança qrendo ou não praticar o ato, o crime foi cometido, tendo em vista a sua idade)... nesses casos é denúncia na certa!

05/03/2009 | 10h05 Denunciar

xxx

Como é q é...??? O promotor esta em duvida se vai ou não denunciar este monstro...pelo amor de Deus.. queria ver se fosse com a filha dele..

05/03/2009 | 10h03 Denunciar

Ana

O jornalista foi infeliz ao dizer que o Promotor irá "decidir se denuncia ou não" o indiciado. Na verdade, todos os inquéritos que chegam ao MP passam por uma análise quanto à viabilidade da denúncia, em razão das provas colhidas na fase policial. Nesse caso, é claro que o Promotor IRÁ denunciar o padrasto da menina, porém ele não pode afirmar isso antes de ter acesso ao inquérito. Um pouco menos de revolta com o Promotor, por favor.

05/03/2009 | 10h02 Denunciar

Jaqueline

Continuando o cometário anterior, quem disse que ela não poderia amar o "pai", quem disse que ela não poderia ter consentido, vai ver, caso essa coisa terrível tivesse acontecido (o consentimento dela), ela poderia achar normal, até pq quem cometeu um dos piores crimes que se pode cometer foi a figura de pai. Esse desgraçado, que mesmo não sendo pai, poderia ser um visinho que ela tivesse se apaixonado,que jamais poderia ter aceitado isso. Essa pessoa mereceria ter a mesma sorte da pobre menina.

05/03/2009 | 09h58 Denunciar

A. Paula

Ao Sr. Inacio (taquara)... A menina poderia estar apaixonada pelo padastro de 51 anos, devido à algum problema psicológico, ausência dos pais. Mas ela deveria receber um tratamento médico, e apoio da família, não a violência sexual à que foi submetida.

05/03/2009 | 09h56 Denunciar

Jaqueline

Bom, como todos leram, o jornalista disse que o promotor irá decidir se denuncia ou não o estuprador. Certamente esse promotor sequer foi ouvido e muitas pessoas já o estão julgando, o estão julgando mais do que o desgraçado do estuprador de crianças. Para quem não conhece um processo crime é fácil julgar, até pq, certamente, ele será denunciado e preso preventivamente. O que mais choca é que tem gente que acha que uma criaça de 11 anos de idade pode se apaixonar.

05/03/2009 | 09h52 Denunciar

Nilson Levi

quem abusa sexualmente de criança, deveria ser castrado para nunca mais funcionar! É a única solução. Pois este tipo de pessoa não adianta por na cadeia, quando sairem cometem tudo de novo.

05/03/2009 | 09h39 Denunciar

Alceu Medeiros

Só falta agora o promotor decidir não denunciar o padrasto dessa criança por tambem entender que a relação foi consentida. Recente decisão de uma das câmaras do TJRS já decidiu que uma menor, 12 anos,que mantinha relações com um tarado,não era caso de estupro, pois era relação consentida, inclusive pela mãe, pois o cara era namorado dela. Abaixo de 14 anos, sempre é e será violência presumida.Deveria existir uma lei que penalizasse com o dobro da pena quando o ascendente fosse parente da vítima.

05/03/2009 | 09h33 Denunciar

sinara

voces acham que uma menina de 11 anos iria procurar um homem de 51? fala serio!! se ela quisesse ter relaçoes procuraria um garoto da idade dela... nao tem nem o que pensar, pena de morte pra esse homem e mais nada de pensar o que fazer.....

05/03/2009 | 09h33 Denunciar

Janeti Oliveira de Souza

Desde quando uma criança de 11 anos sabe o que quer? Esse é um tarado, cretino que devia sim é ser preso e servir de "esposa" para os presos.E esse Promotor queria ver se fosse a filha dele.Ora pensar se denuncia ou não, por favor.

05/03/2009 | 09h25 Denunciar

Bárbara

Seu Inácio, o senhor não deve regular! Essa menina não está apaixonada pelo padrasto, ela o vê como o pai, desde os 6 meses. Em teoria, um pai não faz mal para um filho, e talvez ela não encare essa barbaridade como nós, que conseguimos separar o certo do errado. Quantos filhos são quase espancados pelos pais diariamente, e ainda assim continuam a amá-los??? Mesmo bêbada, uma pessoa decente sabe discernir certo e errado.

05/03/2009 | 09h25 Denunciar

leandro

pelo jeito amenina quís ter relação com o padastro(o q ñ justifica).mas tambem com a apelação ao sexo diariamente na TV+fámiia sem estrutura,é o q dá.

05/03/2009 | 09h23 Denunciar

ana paula

isso td é um absurdo,existe prova maior do uam menina de onze anos gravida,faça meu favor neh...prende logo esse homem!!

05/03/2009 | 09h10 Denunciar

Vanusa

Nesses casos eu até sou a favor da pena de morte.

05/03/2009 | 09h08 Denunciar

Caren

Que vergonha!Onde já se viu um promotor de justiça dizer uma barbaridade dessas se vai ou nao denuciar aquele monstro.

05/03/2009 | 09h07 Denunciar

Leandra

E pensar q estamos a mercê desse tipo de profissional...ora, ora ele ainda precisa pensar, está tão difícil decidir o q fazer. Areia no olho dos outros é bom né????

05/03/2009 | 08h57 Denunciar

Daniela

Ñ retirando a culpa presumida deste padrasto(pois a lei penal da déc de 40 assim previa,pois meninas de 11 na déc de 40 eram realmente crianças e inocentes),porem,ñ podemos ser tão ingenuos ao ponto de condenar uma pessoa sem dar-lhe o direito de defesa ou simplismente ignorando o fato d qhoje em dia,existem "meninas" de 11anos com mais malícia que muita mulher,inclusive com corpo de mulher e que são capazes sim de seduzir um homem.1ºdeixamos os filhos ver BBB,depois queremos q sejam inocentes!

05/03/2009 | 08h52 Denunciar

Rafael

Quanta bobagem seu "inacio", pelo jeito vc acha normal uma menina de 11 anos gravida de um homem de 51.

05/03/2009 | 08h33 Denunciar

INACIO

DEPOIS AINDA DIZEM QUE SOMOS RACIONAIS. ATÉ QUANDO A JUSTIÇA CONTINUA CEGA? QUANDO SE VE ESTES FATOS, ACREDITA-SE QUE ESTÁ TUDO SE ACABANDO. ALGUMA COISA NESSE PAÍS NÃO ESTÁ MAIS FUNCIONANDO. PRECISAMOS AGIR POR CONTA PRÓPRIA, OU NÃO TEM MAIS SOLUÇÃO. TEMOS QUE DAR UM BASTA NA IMPUNIDADE, COMEÇANDO A JUSTIÇA NA ESTACA INICIAL.

05/03/2009 | 08h18 Denunciar

Camile Mohr

Essa é a "justiça" do nosso país! Primeiro uma juíza coloca em cárcere uma jovem de 15 anos com mais de 30 homens na memsa cela e agora um promotor decide se denuncia um estupro contra uma menina de 11 anos! O que ele preisa pensar? Será que tem algo a favor desse padrasto?

05/03/2009 | 08h11 Denunciar

inacio

não devemos acobertar crimes nem julgá-los, mas cabe ai um questionamento, porque a menina não quer que o padrasto seja preso? deve ser feita uma investigação profunda no comportamento da menina fora de casa.uma violência deixa qualquer pessoa com raiva,vendo caso por outro ângulo, podemos até pensar será que essa menina não estaria apaixonada?

05/03/2009 | 07h57 Denunciar

Aline

A tá: A menina estuprou o padrasto! Ele acordou com ela e não conseguiu fugir, coitadinho! Este juiz vai ter trabalho para analisar o caso, prender ele ou ela? Que dúvida cruel!!! Brasil, acorda!!!

05/03/2009 | 07h51 Denunciar

Lucas Rocha

Ate quando teremos que aturar certas coisas, não da p/ ficarmos só de braços cruzados.(cadeia é pouco para este tipo de pessoa)

05/03/2009 | 07h05 Denunciar

PAULO TRICOLOR

TEM MAIS QUE PEGAR ESTE "CORAJOSO" QUE VIOLENTOU A MENINA DE 11 ANOS(TÁ..ELA QUERIA..E ELE NÃO? QUEM DEVERIA TER MAIS JUÍZO?)COLOCÁ-LO NUMA CADEIA SÓ COM BANDIDOS QUE "AMAM" ESTUPRADORES. QUERO VER ELE SER "BONECA" DOS MARGINAIS E AÍ VIR DIZER EM PÚBLICO: - OS MARGINAIS QUE ME PROCURARAM..POR ISSO VIREI "BONECA" DELES! COVARDE! TEM MAIS QUE APANHAR! SÓ PRISÃO GANHANDO COMIDINHA E PROTEÇÃO É FÁCIL.

05/03/2009 | 06h32 Denunciar

Lorena

Siceramente e com todo o respeito ao Sr.Promotor eu gostaria de saber se o caso de gravidez de uma criança de 11 anos tivesse ocorrido na familia dele se o seu procedimento seria o mesmo:decidir se denuncia ou não o sem vergonha do padrasto.Eu tenho uma filha de 09 anos e acho que no desespero de um caso assim iria fazer justiça com as própris mãos.Meu Deus,que país este,em que mundo estamos vivendo? Eu acho que o ser humano está perdendo o tino com tanta crise,mas não justifica certos atos.

05/03/2009 | 06h25 Denunciar

Jesse James Marquezotti Selistre

Gostaria de ver se fosse a filha de um Magistrado grávida...queria ver se ele teria dúvidas se indiciaria ou não... Pouca da vergonha

05/03/2009 | 03h13 Denunciar

Ivete

Jesus, sou estudante de direito, e a casa aula dada, elogiam os juristas gaúchos (também sou gaúcha de Novo Hamburgo) e agora esse senhor me fala isso, gente querendo ou não a justiça gaúcha esta deixando a desejar, pelo amor de Deus o que esta acontecendo, já pensaram se fosse sua filha promotor!?

05/03/2009 | 02h48 Denunciar

Rodrigo

Coitada dessa criança. A primeira violência foi ter sido abandonada pelos pais biológicos. Onde anda a mãe dessa menina?

05/03/2009 | 01h23 Denunciar

Alvaro Carvalho

O POVO deveria denuciar o Sr Adriano Luiz Araujo promotor substituto que nao deve ser substituto esim subistituido pelo bem do servico publico.

05/03/2009 | 01h16 Denunciar

Alexandre Mallmann

Este e tantos outros casos que chegam à tona, demonstram o quanto a sociedade está falida moralmente. De nada adianta investir em bolsa disso ou daquilo, se o Estado não intervém de uma forma séria nas famílias brasileiras, as quais estão em sua grande maioria falidas, desestruturadas como lar, onde a banalidade tomou conta. Precisamos de politica séria, aliás, os problemas brasileiros não são resolvidos porque os políticos não tem interesse, primam pela parceria entre eles. Um abraço

05/03/2009 | 00h40 Denunciar

Leonardo

Vejam bem : ELA TOMOU A INICIATIVA DE RELAÇÃO SEXUAL! Ela não esboçou reação alguma!! Aí é mais revoltante ainda!

05/03/2009 | 00h13 Denunciar

andre

dizem que a justiça é cega, eu descordo com todos.as leis estao ai para ser cumpridas, o problema sao os julgadores, este promotor vai ver se denuncia ou nao este duente, um cara deste deveria pegar pena de morte,e ainda tem a cara de pau de dizer que a menina quem começou a relaçao.ajustiça nao é cega os julgadores que estao pendendo pro lado do mau!

05/03/2009 | 00h09 Denunciar

Denise De Rocchi

Realmente não tem nem o que questionar, tem que abrir inquérito. E se o cara se sente injustiçado, ele que apareça para se defender, é assim que funciona a Justiça em lugares civilizados. Quero muito acreditar que o RS é civilizado e a violência contra meninas de qualquer idade não é ignorada por quem tem o dever de buscar a Justiça.

04/03/2009 | 23h41 Denunciar

ATÉ QUANDO MEU DEUS

QUE CAPACIDADE,O PROMOTOR DE JUSTIÇA VAI VER SE DENUNCIA O CASO OU NÃO!É POR ESSA ATITUDE E AQUELA OUTRA QUE UM JUÍZ INOSCENTOU O NAMORADO DE 20 ANOS DE UMA MENININHA DE 12,POI9S ELA CONSENTIU,QUE ESTÁ SE PROPAGANDO DIVERSOS CASOS COMO ESSE,FALA SÉRIO...

04/03/2009 | 22h58 Denunciar

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesArremessador brasileiro Andre Rienzo volta para a MLB, maior liga de beisebol do mundo --> http://t.co/1zVkgBofba (via @PrimeTimeZH)há 8 minutosRetweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraCasa Branca não comenta petição por deportação de Justin Bieber. http://t.co/4d1rhhlCRMhá 13 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros