Versão mobile

01/01/2009 | 13h38Atualizada em 01/01/2009 | 18h38

Jovem é atingido por onda e morre no Morro da Guarita, em Torres

Lucas Rafael Carraro visitava o local com três amigos quando caiu no mar

Enviar para um amigo
Jovem é atingido por onda e morre no Morro da Guarita, em Torres Daniel Marenco/
Salva-vidas tentaram salvar o rapaz, mas o corpo submergiu com rapidez Foto: Daniel Marenco
Um jovem de 18 anos, de Caxias do Sul, morreu afogado na manhã desta quinta-feira em Torres. Por volta das 10h30min, Lucas Rafael Carraro visitava o Morro da Guarita, um dos principais pontos turísticos do município, quando decidiu descer com três amigos um paredão para se aproximar do mar.

Enquanto observava a paisagem, Lucas foi atingido por uma forte onda, que o carregou mar adentro. Cinco salva-vidas ingressaram na água para tentar salvar o jovem, mas o corpo submergiu com rapidez. Somente por volta do meio-dia o corpo do jovem foi localizado, já sem vida.

Lucas foi a Torres acompanhado de sete amigos, todos funcionários de um supermercado em Caxias do Sul, para passar o Réveillon. Eles deixaram a Serra no final da tarde de quarta-feira, em dois carros, logo após o término do expediente. Os oito rapazes assistiram à queima de fogos e dormiram nos veículos durante a madrugada, pois não tinham onde se hospedar.

Conforme o relato de um dos rapazes, os amigos de Lucas pediram para que ele se afastasse da água para observar a paisagem. O rapaz teria insistido em permanecer mais um pouco no local.

Comentar esta matéria Comentários (36)

Cassiano

Pessoas idiotas pensam que sabem tudo , voces estavam la? quem são voces pra julgar o lucas? donos da verdade? Lucas não foi o primeiro a morrer afogado la ,e eu estava junto com ele , e se no local havia uma escada de acesso era pq seria então um "lugar seguro" para turistas, era ponto turístico

06/12/2011 | 11h42 Denunciar

cinara beatriz da rodrigues da rocha

chegei no local onde lucas se afogou,levou muito tempo até os salva vidas chegarem áte o locau,aspessoas ficavam perto da esconta mesmo sabendo q empouco tempo sairia da lí o corpo de um jovem,me pergunto como uma cidade turristica q arrecada tanto dinheiro n tem um jet-ski,parra fazer o patrulhamento da encosta,e no salvamento de pocivel vitimas n tem nimguen parra inpedir,q peesoas cheguem a quele local,dinha cido a primeira ves q vizitava torres n consegui entrar no mar.. providencias por fav

02/01/2009 | 18h49 Denunciar

Carlos Alberto

Me perdoe o Fabio, mas não concordo coma opinião dele! Claro que a respeito, mas não se pode jogar tudo sobre as autoridades!Bom senso é o fator primordial para que tragédias semelhantes deixem de ocorrer! É muito doloroso mas neste caso creio ser de responsabilidade total da pessoa pelo ocorrido! E segundo a matéria ainda o mesmo foi advertido pelos amigos que junto estavam! Queira Deus que isso não mais ocorra!

02/01/2009 | 14h23 Denunciar

Rosangela

Fabio, não concordo com o seu comentário, o que gera morte no local e a IMPRUDENCIA humana, achar que são onipotentes perante a força da natureza, devemos ter respeito pela nossa propria vida, se vamos fechar qualquer local que provoque mortes, vamos fechar o mundo para a força da natureza que também provoca mortes como em Santa Catarina, Belo Horizonte, India, etc..... temos é que ter consciencia de não procurar o perigo, os amigos o alertaram para o perigo, é o que ele fez?????

02/01/2009 | 13h45 Denunciar

jonas

Não adianta cercar ou isolar a área.É local público.o interesse é do turista que está lá.Todos sabem da força da natureza.Nunca subestime-a. Todo cuidado é pouco.Natureza é para ser admirada não podemos afrontá-la.

02/01/2009 | 12h23 Denunciar

Denise

Todos os locais das furnas com descidas para ver as ondas baterem nas pedras são perigosos e restritos.Não sei se ainda tem placas de advertencia.Mas nem precisaria.Penso que a primeira medida a ser tomada qdo se sobe os morros para apreciar a paisagem é ter PRUDENCIA.Fica a dor dos pais e amigos.

02/01/2009 | 12h15 Denunciar

André Dalmina

Que Deus ilumine a família dessa criança e possa aliviar um pouco a dor e o sofrimento da perda de um filho ainda tão jovem! Que desta tragédia possamos tirar o ensinamento de que um pouco de prudência e bom senso não fazem mal a ninguém!!! Aqueles que defendem a proibição do acesso ao local são os mesmos que acreditam que para se resolver o problema da pobreza tem que se matar os pobres. O perigo está em todo lugar e as pessoas devem ter cuidado sempre.

02/01/2009 | 11h31 Denunciar

Douglas

Sou obrigado a discordar do amigo Fábio!!Vou à Torres à mais de 30 anos; esse local é um dos mais bonitos do Estado, conheço cada canto daqueles morros, os acessos às furnas e jamais mais me aconteceu coisa alguma, e sabem por que? Porque as pessoas têm que saber respeitar a natureza, saber admirar mas com responsabilidade.É lamentável o que aconteceu a esse rapaz, mas o correto na minha opinião seria que todos nós tivéssemos mais consciência dos nossos limites.

02/01/2009 | 11h23 Denunciar

Tiane

O local é um ponto turistico, ha placas sinalizando o perigo do local, isto acontece só com quem é imprudente!!!!

02/01/2009 | 11h17 Denunciar

Lauren

Eu estava no local onde foi o acontecido, e vi o rapaz de bruço nas rochas foi muito horrivel,acho que deveriam proibir de chegar lá pq já aconteceu varias mortes.

02/01/2009 | 10h52 Denunciar

Silvio

As autoridades com certeza tem responsabilidades,mas a maioria dos nossos jovens não conseguem enxergar o perigo,eles o desafiam e muitas vezes perdem,deixando um grande vazio em suas famílias.

02/01/2009 | 10h52 Denunciar

Paula Medeiros

Os jovens ainda pensam que são super-homens e que podem tudo. Se arriscam em dirigindo em altas velocidades, cometendo imprudências, se arriscam no mar, enfim....Quando nos colocamos em risco as consequências terminam em tragédia....

02/01/2009 | 10h49 Denunciar

Caco

Foi preciso morrer mais uma pessoa p/abrir os olhos das autoridades competentes deste belo município. Coloquem uma proteção nas encostas p/que as pessoas não passem deste ponto e pronto está resolvido...

02/01/2009 | 10h38 Denunciar

Edu

Eu surfo na guarita, entro de prancha ali pelas pedras pq tem um canal que joga pra dentro do mar e nao precisa remar para entrar, eh mais facil. Para nos que surfamos eh bom mas quem cai ali nao volta pq o canal eh forte. Que nao tenhamos mais que ler estas tragedias que se repetem ano a ano, pesames aos familiares.

02/01/2009 | 10h24 Denunciar

Julio Cardoso

Mais uma prova da incompetência de administrações políticas regionais que já deveriam municiar o local com guardas ou outros servidores para impedir que pessoas tivessem acesso a essas áreas de risco. Os familiares deveriam acionar juridicamente o município de Torres por negligência de segurança em áreas de risco, para servir de exemplo e resguadar acontecimentos nefastos futuros.

02/01/2009 | 10h05 Denunciar

Rosilene

Torres é uma cidade muita linda, mas as pessoas não sabem aproveitar a beleza da cidade. Assim como tudo, tem que ter limites e respeitar o mar. Cautela é sempre necessária.

02/01/2009 | 10h01 Denunciar

fernando kepler

As pessoas se arriscam. São as escolhas da vida. Se vão proibir tudo que é arriscado, vai acabar o paraquedismo, automobilismo, mergulho. Enfim, nada de proibir acesso a lugar algum, os outros têm direito ao acesso seguro, cada um que cuide da sua vida.

02/01/2009 | 09h57 Denunciar

Rodrigo

Acho que proibir o acesso ao local seria uma burrice, pois frequento o local ha mais de vinte anos e a praia da guarita é um dos locais mais bonitos do RS...tomo banho de mar somente na praia da Guarita, inclusive ja vi gente morrendo la, mas a culpa com certeza nao é da natureza, mas sim da imprudencia de certas pessoas em nao respeitar as suas proprias limitacoes e achar que podem encarar a forca da natureza e do mar sem maiores consequencias...salvem a praia da Guarita!! Salve Torres!

02/01/2009 | 09h55 Denunciar

Rita

Veraneio em Torres.E é comum as pessoas TEIMAREM numa parada nesse local.Parece até uma ATRAÇÃO pelo perigo e pela morte.Quem conhece as praias de Torres, sabe muito bem que é preciso não querer dar uma de aventureiro e parar em certos pontos.O respeito pelas forças da natureza,o bom senso e a prudência devem fazer parte dos veranistas para aproveitarem toda a beleza natural que Torres oferece.De qualquer forma,as autoridades poderiam proibir o acesso àqueles locais onde a morte é quase certa.

02/01/2009 | 08h49 Denunciar

MARCELO

ESSE LOCAL TEM QUE TER SUA VISITAÇÃO PROIBIDA, JÁ PERDI UM AMIGO EM 2003 E MEU CUNHADO EM 2004 NESSE LOCAL DA MESMA MANEIRA QUANDO DESCERAM A ESCADARIA PARA TIRAREM FOTOS. QUANTOS MAIS PRECISARÃO MORRER PARA ESSE LOCAL SER INTERDITADO?

02/01/2009 | 07h57 Denunciar

Eduardo Carvalho Junior

Espero que todos que forem até aquelas pedras lembrem do que aconteceu e pense em seus familiares que são os que mais sofrem neste momento.

02/01/2009 | 07h53 Denunciar

Helio A. Schunke

Este lugar que esse jovem veio a falecer tem varias placas de perigo mas eles não sabem respeitar o perigo. lamento muito pela familha que veio passar o fim de ano aqui.

02/01/2009 | 07h50 Denunciar

Alfredo Bonessi

Não custava nada ter nas proximidades um guarda para fiscalizar a aproximação do pessoal, ou até uma cerca, uma grade limitando a aproximação das pessoas.Agora não adianta mais uma vida se perdeu.Acho que os familiares da vitima deve entrar na justiça contra o municipio ou estado(nao conheço a area) alegando falta de segurança no local e pleitear uma indenização.

02/01/2009 | 02h22 Denunciar

Felipe Friedrich

Lucas, descanse em paz. Sentirei saudades Felipe

02/01/2009 | 02h04 Denunciar

luciane lessa

Não creio que seja caso de ser isolada essa área,pois assim como ela tem outras áreas perigosas no parque da guarita e também há placas ressaltando o perigo,falta mesmo é consciência,cautela das próprias pessoas que ali visitam.

02/01/2009 | 01h11 Denunciar

Liziane

O fogo queima! Nao colocamos a mao para queimar! O lugar apresenta perigo!Por que ir tentar a sorte? E o preço que paga o curioso teimoso que quer se aventurar!!! infelizmente com fatalidade!!!!

02/01/2009 | 01h11 Denunciar

marcia rachi

Deveria sim ser proibido o acesso,pois com certeza este rapaz não tinha como medir o perigo que este tipo de área representa.Informação nunca é demais!

02/01/2009 | 01h05 Denunciar

Fábio Silveira

Assim como nos casos de afogamento...a imprudencia dos banhistas é algo assustador. É uma pena voltarem do fundo das aguas sem vida. Como seria bom dar uma tunda nuns abobados desses. Coitados dos parentes. É brabo. Pior é todos os anos as histórias se repetem. Será que ainda tem muita gente que não le ou ouve as notícias? Se bem que, a maioria é jovens..e jovem...ouve quem? coisa triste

02/01/2009 | 00h35 Denunciar

milton kras

com certeza se fosse um lugar de acesso a veiculos já teriam achado um jeito para multar a quem se atrevesse a ir ali

02/01/2009 | 00h21 Denunciar

elton cardoso gomes

imprudencia...e o local deve ser sinalizado

02/01/2009 | 00h18 Denunciar

Cristiano E Deise

Lucas vc era uma pessoa especial para todos nós seus colegas de trabalho, não era apenas um colega era um irmao para todos, estamos chocados com o acontecimento, sabemos que uma pessoa como vc está do lado de Deus!!!

02/01/2009 | 00h00 Denunciar

Fabiano

Não tem que proibir o acesso a nada! Ninguém está sendo obrigado a ir até lá! Agora só pq uns se arriscam onde é perigoso e morrem, as autoridades tem que proibir acesso? Se é assim, subir o monte Everest deveria ser proibido, pq é um lugar perigoso e gente morre nele...

01/01/2009 | 23h35 Denunciar

Osmar Malta Fraga

Aqui fica uma pergunta as autoridades locais, será que neste local havia um aviso de perigo? Meus sentimentos a família. Osmar

01/01/2009 | 23h27 Denunciar

juliana silva

O Lucas era e é meu amigo, ele desceu nas pedras pra poder tirar fotos.... Não consigo me conformar...... Adeus meu amigo querido....

01/01/2009 | 22h55 Denunciar

Fabio

Não sei o que as autoridades estão esperando para proibir o acesso e isolar esta área pq faz tempo que ocorrem mortes e afogamentos neste local!

01/01/2009 | 21h32 Denunciar

mara

Olha as pessoas procuram o perigo. Este é o preço que se paga pela imprudência. E a dor dos que ficam?

01/01/2009 | 18h55 Denunciar

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesEm reunião na sexta-feira, Fifa cobrará agilidade de Porto Alegre na instalação de estruturas temporárias -> http://t.co/bU4mUuu8gZhá 5 minutosRetweet
  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportes@GTizotti É a terceira mesmo, Giuliano. Venceu o Nacional-URU e depois perdeu para Inter, Atlético-PR e San Lorenzo.há 7 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros