Versão mobile

18/11/2008 | 08h17

Câmera filma assalto e morte de comerciante em SP

Comerciante assassinado estava armado, mas não tinha porte

Enviar para um amigo
Câmera filma assalto e morte de comerciante em SP  Reprodução, Globonews/
Confusão foi gravada pelas câmeras de segurança do mercado Foto: Reprodução, Globonews
Um assalto a um mercado filmado pelas câmeras de segurança terminou, na noite de ontem, com um saldo de dois mortos, um dos assaltantes e o proprietário do estabelecimento comercial, em Diadema, no Grande ABC. Ferido ao enfrentar um dos ladrões, o comerciante João Batista Bezerra da Silva, de 37 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Pelo menos dois homens participaram do assalto ao mercado.

Os suspeitos chegaram ao estabelecimento por volta das 19h30min e passaram-se por clientes, esperando pelo melhor momento para sacar as armas e atacar. A proprietária do estabelecimento conseguiu correr e se esconder, mas João Batista, o marido dela, foi dominado em um corredor, no setor de estoque. Silva decidiu reagir, entrando em luta corporal com um dos assaltantes.

Durante a briga, tanto o ladrão quanto seu comparsa dispararam várias vezes, mas o comerciante também estava armado e revidou. A confusão foi gravada pelas câmeras de segurança do mercado. Nas imagens, é possível ver vítima e ladrão lutando, enquanto o outro criminoso vem em socorro do colega por duas vezes antes de fugir. O comerciante foi levado para o Pronto-Socorro Quarteirão da Saúde, onde acabou morrendo. Já o assaltante morreu quando era atendido no Hospital Público de Diadema.

No local, foi apreendida uma pistola calibre 380, preta, que nas imagens das câmeras de segurança aparece com o comerciante, que não tinha porte de armas. A arma utilizada pelo bandido não foi localizada. A polícia não descarta a participação de um terceiro homem no crime. Até o momento, ninguém foi preso. O comerciante deixou três filhos: uma menina de sete anos e um casal de gêmeos de 16 anos.

Notícias Relacionadas

17/11/2008 | 09h14

Ganhador da Mega Sena é morto no interior de SP

O suspeito do crime é um dos dois homens que ficaram fora do bolão

Comentar esta matéria Comentários (13)

Pedro

A hipocrisia deste país me enoja. Vem esse pessoas dos direitos humanos defender marginal e dizer que presídio tem que recuperar o bandido. Cadeia não é escola. Na Inglaterra até menor de idade vai pagar pelos seus crimes. Quanto será que os direitos humanos ganham para defender bandido? Porque nenhum deles aparece na tv para lamentar a morte deste pai de família. Hipócritas.

18/11/2008 | 17h42 Denunciar

silvia santos

já que as penitenciárias estão lotadas então pq ñ adotar a pena de morte pra esses ladrõezinhos de meia tigela q de qualquer forma tbm tiram a vida de gente descente que trabalha todos os dias e ainda por cima tem filho pra criar eles os marginais não têm amor por ninguém nem a eles mesmos então mata tudo de uma vez e deixem a sociedade viver em paz!

18/11/2008 | 15h48 Denunciar

Malu

Eu moro em São Paulo, isso não é novidade. Já fui assaltada algumas vezes. Aqui é assim os delinqëntes fazem o que querem. Estamos nas mãos deles. Não vejo o Governo do Estado procurar melhorar em nada. A não ser que foss uma pessoa muito importante, dai sim a segurança funcionaria. Mas pensando bem até as pessoas importantes também vêm sofrendo com a violência. Então o que será que devemos fazer? pagar uma mensalidade para um grupo de delinqüentes para nos proteger?

18/11/2008 | 15h40 Denunciar

valter

Concordo com um colega aí debaixo: PENA DE MORTE PRA BANDIDO URGENTE!!!!Chega de hipocrisia. A banalização do crime é algo assustador. Os presídios não ressocializam a maioria destes bandidos. Enrijecer as leis. Impedir fugas nos presidios. Trabalho nos presídios. Melhores condições de higiene e maneiras de ressocialização. Implantação da pena de morte. Tudo isso junto, a situação iria se reverter!!! Basta a bandidagem. PENA DE MORTE JÁ!!!

18/11/2008 | 12h03 Denunciar

Bruno Kairalla

Realmente o subtítulo dessa matéria está muito terrível. Parece até feito por alguém dos Direitos Humanos, que neste país, onde nada é levado a sério, só serve para condenar o cidadão, ferindo a sua dignidade.

18/11/2008 | 11h28 Denunciar

Wildem

Viram só? pena de morte existe, o comerciante foi condenado por estar armado, com certeza se os criminosos se forem presos e condenados,por poucos meses, e terão seus familiares assistidos pelos dir. humanos, e os familiares da vítima também? Nos USA estes marginais pegariam perpétua ou pena de morte sem direito as regalias daqui. Lá é fácil comprar uma arma, as casas não tem grades de ferro nem muros e as portas são muitas vezes de vidro, lá não existe a indústria da segurança.

18/11/2008 | 11h24 Denunciar

julio cesar

e dizem q no brasil nao tem pena de morte tem sim mais um pai de familia foi condenado a morte por esses marginais q mais uma vez voa ficar livres para assaltar e matar E VIVA OS DIREITOS HOMANOS ........

18/11/2008 | 10h14 Denunciar

Rafael Nunes

O comerciante não tinha porte de arma?!?! E será que os bandidos tinham?? Nossa, que subtítulo infeliz esse... daqui a pouco vai parecer que o comerciante é o vilão da história. Hoje tive que rir (para não chorar) quando vi na TV um policial lá dessa cidade dizendo que o comerciante não poderia reagir, que tinha que deixar pra polícia prender os vagabundos... só que não adianta a polícia prender e a justiça podre soltar!!! Tem que ter PENA DE MORTE PRA BANDIDO, URGENTE!!!!

18/11/2008 | 09h40 Denunciar

Cicero

Mais um chefe de família é assassinado por bandidos. Os fatos são repetitivos. De nada adianta a instalação de câmeras de segurança. Os assassinos serão presos, condenados a 80-90 anos de prisão, e liberados em um ou dois anos, por "bom comportamento". A criminalidade e a impunidade dominam o país. Autoridades preocupam-se apenas em usar a estrutura pública, para dar segurança aos seus próprios familiares, o que deveria ser proibido. Eles deveriam ter o mesmo nível de segurança da população.

18/11/2008 | 09h39 Denunciar

carlos camargo

Que espanto o comerciante não tinha porte de arma, e os bandidos também não teriam que ter, que pais é este, onde um cidadão de bem para defender sua propriedade tem q possuir porte de arma, que ironia.....

18/11/2008 | 09h03 Denunciar

Paulo Pereira

Subtítulo infeliz! Não acrescenta nada o fato do comerciante ter ou não porte de arma!

18/11/2008 | 09h02 Denunciar

michele trindade winter

ISSO MESMO!!! O ERRADO É O COMERCIANTE QUE NÃO TINHA PORTE DE ARMAS!!! QUE ABSURDO... O CARA TÁ TRABALHANDO, DEFENDE SEU NEGÓCIO E AINDA BOTAM UMA MATÉRIA ONDE ELE PARECE O BANDIDO... SÓ NO BRASIL MESMO

18/11/2008 | 08h56 Denunciar

Reinaldo Gonello

E daí que não tinha porte? Se estava registrada, estava dentro da lei. A lei permite que se use armas registradas dentro da própria residência ou do próprio comércio.

18/11/2008 | 08h42 Denunciar

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraAcidente entre caminhão e micro-ônibus deixa mortos em São Vicente do Sul: http://t.co/a8LauKWL0Xhá 9 minutosRetweet
  • transitozh

    transitozh

    Trânsito Zero HoraAcidente entre caminhão e micro-ônibus deixa mortos em São Vicente do Sul: http://t.co/lJSUQWqOmOhá 9 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros