Versão mobile

23/09/2008 | 03h52Atualizada em 23/09/2008 | 10h01

Morre mulher que se jogou de ônibus acidentado em Dois Irmãos

Além da estudante, morreu também o motorista do veículo

Enviar para um amigo
Morre mulher que se jogou de ônibus acidentado em Dois Irmãos Marcos Nagelstein/
Duas pessoas morreram e pelo menos 35 ficaram feridas Foto: zerohora.comgaleria de fotos

A estudante Rosane dos Santos Molling, 32 anos, morreu na madrugada desta terça-feira durante atendimento médico, depois de ter se jogado do ônibus que sofreu acidente às 23h20min de segunda-feira em Dois Irmãos, no Vale do Sinos. A outra vítima é motorista do veículo, João Leite de Miranda, 49, que perdeu a vida no local, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

O local do acidente



Pelo menos outros 35 estudantes que viajavam no ônibus, da empresa Naitur, ficaram feridos. O coletivo fazia o percurso de Picada Café, onde os alunos estudam — na Escola de Ensino Médio Décio Martins Costa —, a Dois Irmãos, município em que residem. Depois de supostamente ficar sem freios, o ônibus saiu da pista no km 218 da rodovia Porto Alegre-Serra (BR-116), bateu em duas árvores e tombou.

Costume de viajar na frente

Os passageiros relatam que, antes do acidente, o motorista teria reclamado de problemas mecânicos, mas continuou a viagem. De acordo com colegas de Rosane, ela tinha o costume de viajar na frente do ônibus devido a problema de saúde. Ela teria tentado saltar do veículo em movimento ao perceber que haveria a colisão.

O socorro mobilizou bombeiros e ambulâncias de municípios vizinhos como Ivoti e Novo Hamburgo. No início da madrugada, os feridos estavam sendo distribuídos entre postos de saúde e hospitais da região.

A unidade básica de saúde de Dois Irmãos já tinha atendido cerca de 10 pessoas, algumas em estado grave. O Hospital São José, também do município, recebeu outros feridos. Outros quatro foram encaminhados ainda no final da noite para o Hospital Centenário, de São Leopoldo.

Comentar esta matéria Comentários (9)

Eloi Francisco Junges

Não podemos achar culpados nesse momento e sim achar soluções, para que nao ocorra mais....aonde há muitas lamentações e sofrimento por parte de famílias que perderam pessoas queridas....sou motorista e estou na estrada diariamente com os mesmos problemas que o motorista constatou no onibus, é muito triste...espero que há mais FISCALIZAÇÃO pelas autoridades competentes.

24/09/2008 | 23h05 Denunciar

RICARDO CAMILO LAUER CUNHA

MAIS DUAS VÍTIMAS, QUE DEIXAM SUAS FAMÍLIAS EM SOFRIMENTO, MAS AGORA FAÇO A SEGUINTE PERGUNTA...SERÁ QUE NEM O FREIO MOTOR ESTE VEÍCULO TINHA? POIS TODO O VEÍCULO PESADO; SENDO ELE CAMINHÃO OU ÔNIBUS DEVE DESCER A SERRA COM O FEIO MOTOR ACIONADO, SE NÃO ESTAVA ACIONADO OU NÃO FUNCIONAVA A RESPONSABILIDADE RECAI SOBRE A EMPRESA E A OFICINA QUE FEZ A VISTORIA, POIS SEM O FEIO MOTOR O VEÍCULO NÃO DEVERIA TER SIDO LIBERDO PARA TRAFEGAR, PRINCIPALMENTE POR PASSAR POR DESCIDAS ACENTUADAS.

24/09/2008 | 23h01 Denunciar

Ana Cristina Hauschild

Infelizmente mais 2 vítimas. E infelizmente gente culpando "os Plátanos" na beira da estrada. Minha opinião é que o DAER deve fiscalizar as empresas de ônibus com mais responsabilidade e não permitir veículos sem condições de trafegar transportar passageiros, pois poderia ter sido maior o número das vítimas. Alguem reclamou dos plátanos. Só falta cortarem as árvores achando que são as culpadas. Acho que eles até protegem para que veículos desgovernados não caiam precipício abaixo.

24/09/2008 | 15h11 Denunciar

junior

Isso me lembra a trajédia do ônibus da ouro e prata em julho. No da ouro e prata, a trajédia não foi por problema mecãnicos, como essa aih de ontem. Mas bem lembrado o que o "santoangelense" escreveu. Falta fiscalização do DAER nos õnibus. Mesmo ônibus da ouro e prata, principalmente os fretados, em feriados, pq a empresa não tem ônibus suficientes. É cada sucata que colocam. E pior, têm gente viajando em pé. DAER, fiscalize, está sendo anunciada outra trajédia. Quem avisa, amigo é.

23/09/2008 | 13h49 Denunciar

Januario Turcatto

Infelismente os unicos que não veem a precariedade dos onibus que circulam por nosso Estado são exatamente os orgãos arrecadadores.Esses irresponsaveis não andam de onibus, desfilam com suas belas e potentes camionetes importadas. E o povo.Bem o povo que andam com essas verdadeiras carroças. Um dia com certeza haverá um governo interessado pelas causas dos pobres.Meu deus, como isso demora.

23/09/2008 | 13h32 Denunciar

Alvair de mello

sou motorista de onibus,tenho mais de 20 anos,de profição.vendo o jornal ,observei a checagem da causa do acidente. levanto a seguinte observação,quanto tempo teria esse motorista de profição? pareceu-me que faltou esperiencia, pois para usar o freio de um onibus tem regras, para descer uma serra com o pé no freio não há freio que resista.para mim foi a causa do acidente, pois tem técnicas para reduzir a velocidade sem necessidade de usar o freio intensamente.

23/09/2008 | 13h23 Denunciar

Santoangelense

Mas o Daer não fiscaliza nada mesmo. Existe uma linha diaria de Ijui a Alegrete da Expresso São Pedro que os onibus são uma vergonha para uma viagem de mais de 400km. Em dias de chuva até chover dentro dos onibus chove. E onde esta o controle, a fiscalização? Só fazer uma pesquisa de satisfação dos clientes que se utilizam desta viagem para ver no que vai dar.Se a empresa não possui carros melhores que seja dada a outra empresa a concessão.Depois que as coisas acontecem de nada adianta reclamar.

23/09/2008 | 12h50 Denunciar

Ronald Gol

Segundo o motorista, que também faleceu no acidente, o veículo já apresentava problemas, 1°Quem é o responsável, 2°quem fiscaliza esta empresa, 3°quem expediu alvará de funcionamento desta empresa? Vamos apurar os culpados e puní-los, senão seguirão trajédias como essa pelas nossas estradas .

23/09/2008 | 10h15 Denunciar

joão carlos casara

acidentes desta natureza acontecem quando há negligência e imprudência por parte do condutor do coletivo. A Negligência fica clara quando o condutor percebe o defeito mecânico do ônibus e nada faz. A imprudência é continuar a viagem tendo plena consciência que poderá acontecer um acidente. Pobre das famílias das vítimas!!!

23/09/2008 | 10h06 Denunciar

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraRichard Gere é confundido com mendigo durante gravação em Nova York: http://t.co/Z2ENcTN5o6 (Foto: Divulgação) http://t.co/Fhv63JJ0zIhá 1 horaRetweet
  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesCadastramento de moradores da região do Beira-Rio será definido pela prefeitura na próxima semana http://t.co/qziSWJAUJ9há 2 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros