Versão mobile

26/06/2008 | 04h18

Duração do efeito do álcool varia conforme a pessoa

Uma noite de sono pode ser insuficiente para livrar motorista das punições da lei de tolerância zero

Enviar para um amigo
Ao apresentar álcool no sangue após tombar um trator 11 horas depois de ter bebido, segundo alegou, um motorista de Vacaria chamou a atenção na terça-feira para o tempo necessário à desintoxicação do organismo.

> Tire dúvidas: tolerância zero à bebida alcoólica

Especialistas dizem que esse período varia conforme fatores como o metabolismo de cada pessoa, a quantidade e a velocidade de consumo. Excessos cometidos em uma noite podem ser flagrados pelo bafômetro no dia seguinte.

O tombamento do veículo provocou a morte do adolescente Josué dos Santos Lima, 15 anos. De acordo com a nova lei de tolerância zero à embriaguez ao volante, em vigor no país desde sexta-feira, o condutor foi preso em flagrante.

Conforme o psiquiatra Flavio Pechansky, do Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), casos como o relatado pelo condutor do trator não são impossíveis. Durante o sono, a taxa de eliminação de álcool do organismo é a mesma do que em alerta.

- É possível beber álcool na noite anterior e, mesmo horas depois, ainda apresentar alcoolemia positiva - afirma o especialista.

O tempo de depuração vai depender da quantidade consumida pelo motorista. Quem bebe uma lata de cerveja, por exemplo, por prudência deve esperar duas horas antes de guiar - valendo o mesmo para uma taça de 150 mililitros de vinho ou uma dose de destilado (cerca de 50 ml). Quem atinge níveis elevados de embriaguez, porém, pode manter-se em condição irregular para dirigir por bem mais tempo.

O psiquiatra Sérgio de Paula Ramos acredita que, para o bafômetro apontar a presença de álcool 11 horas depois de encerrado o consumo, é necessário tomar uma grande quantidade de bebida - a ponto de causar uma embriaguez intensa. Outra possibilidade é a existência de algum dano hepático - o que também pode tornar mais lenta a eliminação do álcool do organismo.

Ramos afirma que não há estratégia capaz de eliminar mais rapidamente o álcool do sangue - embora beber moderada e pausadamente ajude o fígado nessa tarefa.

Polícia Civil libera motorista flagrado embriagado na 101

Um caso, ocorrido terça-feira na BR-101, mostrou que a lei provoca dúvidas até mesmo entre policiais. Após prender um motorista embriagado em Osório, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) viu o infrator ser liberado pela Polícia Civil. Ao fazer o teste do bafômetro, segundo a PRF, o motorista apresentou índice de 0,75 miligramas por litro de ar expelido dos pulmões. O delegado Jorge Roberto Melgar disse que não foi informado sobre o caso, mas acredita que o plantonista tenha ficado em dúvida sobre como proceder no caso.


Clique abaixo e confira uma simulação dos efeitos do álcool no motorista:

Notícias Relacionadas

25/06/2008 | 20h44

Lei de tolerância zero de álcool para motoristas causa dúvidas

Quem fiscaliza afirma que condutor não pode consumir bebida alcoólica

25/06/2008 | 04h08

Beber e dirigir já multou mil no Estado em 2008

Se nova lei que zera o limite de consumo de álcool ao volante estivesse em vigor, eles poderiam ser presos

24/06/2008 | 21h36

Tire dúvidas: tolerância zero à bebida alcoólica

Nova lei que proíbe ao motorista a ingestão de qualquer quantidade de álcool

24/06/2008 | 03h46

Rio Grande do Sul larga na frente na repressão a motoristas

Até segunda, Estado concentrou 31,6% das prisões por embriaguez nas estradas federais

23/06/2008 | 03h57

Prisões por embriaguez vão gerar confusão, diz PRF

Entrevista: Alessandro Castro, Chefe da Comunicação Social do órgão

23/06/2008 | 03h52

Polícia teve ajuda da população na fiscalização a motoristas embriagados

Em pelo menos dois casos, condutores avisaram sobre carros andando em ziguezague

22/06/2008 | 21h49

Lei de tolerância zero ao álcool prende pelo menos 45 no RS

Muitos motoristas detidos pagaram fiança para responder processo criminal em liberdade

21/06/2008 | 05h39

Recusar o bafômetro é infração gravíssima

Nova legislação prevê multa de R$ 955 e suspensão do direito de dirigir por um ano a quem se negar a fazer o teste

19/06/2008 | 05h01

Lula deve sancionar lei de tolerância zero ao álcool

Quem tomar qualquer dose da bebida alcoólica e dirigir pode ser multado

Comentar esta matéria Comentários (4)

Marco Antônio Raymundo

A polícia tem se mostrado competente para prender bêbados. Mas quando será que teremos regime de tolerância zero também para a bandidagem ostensiva e cruel, que impera impunemente em nossas cidades? Os homicidas, estupradores, e torturadores aos quais somos obrigados a expor nossas famílias no dia-a-dia, não deveriam ser, disparados, o foco prioritário do policiamento e da justiça no Brasil?

30/06/2008 | 17h23 Denunciar

Claudinei

Não da mais p/ ter carro ; é só imposto , pardal , multa de todo o tipo , cidades , cheio de azulzinhos , flanelinhas , pedágios , seguro p/ não ter o carro roubado , e as estradas ruins . Realmente alcool e direção , não combinam , mas da maneira que estão fazendo é dar outoridade de mais , parece que todo mundo dirige alcoolizado .lembram que desarmaram a população e o crime não diminuiu . Mais uma vez estão tirando os brasilieiro p/ idiota . Será que daqui 2 anos vão mostrar as estatisticas ?

28/06/2008 | 09h04 Denunciar

Agenor Souza

A lei que proibe o consumo de álcool já se mostra contraditória.Ao ler em um site jornalístico aqui de SP uma reportagem onde um corretor de imóveis bêbado alem de desacatar as ordens de parar o carro, ainda agradiu um policial e foi liberado após depoimento, me faz crer que este pais de leis absurdas age por impulso e falta de ponderação.

26/06/2008 | 09h44 Denunciar

Silvio

Estarei a favor desta nova lei, se surgir uma outra que de multa para políticos que roubam nosso dinheiro e prisão para os corruptos, temos que limpar as ruas de pessoas alcoolizadas e o brasil de ladrões como estes políticos que nos roubam a todo o momento com fraudes e desvios de dinheiro.Temos que abrir os olhos meu povo querido.

26/06/2008 | 08h07 Denunciar

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraTiroteio e incêndio assustam moradores da zona norte de Porto Alegre: http://t.co/NsPJ1SJVTqhá 1 horaRetweet
  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesRT @zh_gremio: Gremista ZH: Dos males, "o menos pior" ---> http://t.co/XarKpqarpKhá 3 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros