Versão mobile

25/04/2008 | 09h03

Despesas com buscas ao padre desaparecido chegam a R$ 564 mil

Gastos incluem combustível, ligações telefônicas e alimentação

Enviar para um amigo
Despesas com buscas ao padre desaparecido chegam a R$ 564 mil Reprodução/RBSTV
Bombeiros voluntários continuam fazendo buscas no Litoral Norte catarinense Foto: Reprodução / RBSTV
De uma simples aventura, o vôo com balões do padre Adelir de Carli, 41 anos, se transformou num rombo aos cofres públicos. Nesta quinta-feira, foi feito um levantamento com as forças militares e órgãos públicos e foi constatado que, desde domingo à noite, quando o religioso desapareceu, já foram consumidos na operação de buscas para encontrá-lo pelo menos R$ 564.663,25.

Os valores mais altos são da Marinha: R$ 520 mil. Foi o que informou o tenente Francisco José Martins Cavalcante, do setor de comunicação social do 5º Distrito Naval, com sede em Rio Grande (RS).

Estão sendo considerados os deslocamentos dos militares, combustíveis, ligações telefônicas e alimentação. Ações de resgate como essa são comuns para a Marinha, mas geralmente envolvem embarcações.

Mas do tipo de salvamento ao padre, pelo instrumento de vôo que usava (cadeira de paraglider com balões) e pela forma como aconteceu, são situações anormais.

— Mas é uma vida humana que está em jogo e por isso a necessidade de mobilização — disse Cavalcante.

A Marinha estuda a continuidade da ação e vai levar em conta cálculos de sobrevivência e possibilidade de êxito do aparato mobilizado.

Notícias Relacionadas

24/04/2008 | 18h23

Helicóptero volta a terra sem pistas do padre

Aeronave sobrevoou local onde bombeiros teriam visto balões e nada encontrou

24/04/2008 | 16h44

Pista no mar pode ser corpo de padre desaparecido

Capitania dos Portos já encaminhou um navio e um helicóptero para a região

24/04/2008 | 16h02

Encontradas novas pistas do padre desaparecido

Navio está indo para um ponto entre Barra Velha e Penha para novas buscas

24/04/2008 | 14h41

Força Aérea Brasileira suspende buscas ao padre

Marinha e Corpo de Bombeiros continuam procurando Adelir

24/04/2008 | 09h22

Avião particular inicia buscas pelo padre em SC

Aeronave rastreia o Litoral Norte do Estado, de Porto Belo a Balneário Barra do Sul

23/04/2008 | 20h37

Família contrata avião para resgatar padre

Aeronave particular estará à disposição do Corpo de Bombeiros

23/04/2008 | 15h29

Bispo e CNBB dizem que vôo foi decisão pessoal do padre balonista

Integrante da equipe afirmou que Adelir de Carli estava preparado para o vôo

23/04/2008 | 11h56

Chances de padre balonista estar vivo diminuem

Risco de hipotermia e alimentação dificultam sobreviência no mar segundo bombeiro de SC

23/04/2008 | 09h11

Anac diz que padre não tinha autorização para vôo

Segundo a agência, Adelir invadiu o espaço aéreo brasileiro

22/04/2008 | 14h50

Grupo de resgate aéreo de Joinville encerra buscas ao padre nesta terça-feira

A partir de agora Marinha e FAB são responsáveis por encontrar Adelir

22/04/2008 | 13h49

Equipe que busca padre encontra balões perto de Florianópolis

Adelir de Carli desapareceu no domingo

22/04/2008 | 10h02

Padre desaparecido em SC deve estar em alto-mar

Marinha e bombeiros retomam buscas a Adelir De Carli, que sumiu durante vôo de balão

Comentar esta matéria Comentários (51)

ELTON

dinheiro para saude nao tem, mas para encontrar padre que se suicidou tem .(mais de meio milhao) onde estava a aeronautica para impedir tal imprudencia (soltar balao nao pode).

28/04/2008 | 23h16 Denunciar

Emir

Claro que o contribuinte tem direito a atendimento/resgate. Mas em casos em q ele deliberadamente se arrisca ele deveria ressarcir o erário, pois não é justo q paguemos para alguem ser tão imprudente. Também deveria ser cobrado atendimento e resgate de quem dirige bêbado, de quem faz rachas, etc

28/04/2008 | 12h24 Denunciar

Edgardo Valdez

O primeiro pagamento dessa conta deveria ser enviado para Flavio Rubem Durgante de Concordia que se manifestou a favor de pagar dos cofres publicos a irresponsabilidade de alguns individuos. Comparar o caso com o acidente de Ulisses Guimaraes realmente nao tem nem pes nem cabeca. E, para os que comentarom que deveriam por o time do Gremio no mesmo tipo de balao, diria que esperem ate o domingo para enviar junto com o time do Internacional.

28/04/2008 | 11h04 Denunciar

Felipe

Taí uma boa idéia para o grêmio porque eles não pegam o time + técnico + dirigentes e fazem o mesmo põe tudo nos balões e manda mar a dentro!!!!!!

25/04/2008 | 17h42 Denunciar

flávio rubem durgante

Quanto vale uma vida humana? será que podemos impor um limite para tentar encontrar o padre Adelir com vida. Quantas familias e pessoas necessitadas o padre confortou o "salvou" nestes anos como sarcedote. Quando Ulisses Guimarães desapareceu no mar em acidente aéreo não vi nenhum militar e a imprensa relatar que tinham provocado um rombo no orçamento. Porque a discriminação com o Padre Adelir, não somos todos iguais perante a lei?

25/04/2008 | 17h10 Denunciar

DE GRANDI

DEVERIA SE FAZER UMA "VAQUINHA" COM AQUELE MONTE DE DESOCUPADO, IGUAL E ESSE PADRECO, QUE ESTAVA LÁ NO ÚLTIMO DOMINGO INCENTIVANDO ESSA INSANIDADE!!!!! E INCLUIR NESSA TAMBÉM A FAMÍLIA DESSE MALUCO!!!!

25/04/2008 | 15h46 Denunciar

ESTOU AQUI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!T

ESTOU AQUI!!!!! CHEGUEI!!!!! DEVE SER ESTÁDIO DE UM TAL DE GREMIO!!! ANTES TIVESSE CAIDO NO MAR......

25/04/2008 | 15h42 Denunciar

patric douglas griseli

Manda a conta p/ a Igreja!!!

25/04/2008 | 15h35 Denunciar

Meikel

Este é o preço da Santa irresponsabilidade!!!

25/04/2008 | 14h37 Denunciar

A Camargo

O Padre, por onde passou, já nem interessa mais. Valha me Deus, concordar com tamanha barbaridade. O Padre, de santo não tinha nada, porque tomado de loucura. E mais loucos, todos os que nada fizeram para impedir a subida desastrosa aos céus, e ainda mais loucos, porque destinando dinheiro bom, que poderia matar a fome de muitas crianças, só para recuperar possível cadaver. Isso é o que Eu chamo de ridículo. O Padre, seus perseguidores, até depois da subida aos céus.

25/04/2008 | 14h37 Denunciar

Felipe

Tem que cobrar é da Igreja!!!!!

25/04/2008 | 14h36 Denunciar

Padre Doido

Pelo jeito o próximo sem noção a voar de balões deve ser o Sr. Pedro! Faça-me o favor.... só antes aprenda a utilizar o GPS!

25/04/2008 | 14h32 Denunciar

Paulo Daniel

melhor do que gastar R$974 mil numa padaria.

25/04/2008 | 14h25 Denunciar

Alfredo Luiz de Oliveira Filho

É impressionante o que resulta de um ato estúpido.Onde estão os que incentivaram este desequilibrado?Porque não arcam com as consequencias?Se tal absurdo tivesse dado certo,estariam aproveitando a publicidade.Como não deu certo,agora pagamos nós.

25/04/2008 | 14h23 Denunciar

DE GRANDI

O QUÊ? ESTÃO QUERENDO DIZER Q ESSE PADRE DOIDO ARCOU COM AS DESPESAS? Q DESPESAS? GÁS P ENCHER OS BALÕES?? HAAA..VOCÊS DEVERIAM ESTAR JUNTO COM ELE! 564 MIL REAIS POR UMA INSANIDADE DESSAS? E ESTÃO ESCREVENDO Q ELE ARCOU??? PADRE MALUCO, SENIL, DESOCUPADO, ECT...ETC...ETC.... TERÁ UM FIM DIGNO DA SUA PROEZA! E QUANTO AO COMENTÁRIO DO CELSO ROTH:KKKKKKKKKKKKK MUITO BOM!

25/04/2008 | 14h19 Denunciar

Padre Voador Via Nextel

SOS câmbio SOS câmbio... Socorro, eu cai dentro de um estádio, mas ta tudo vazio, escuro, fechado, será que estão de greve??? Se bem que pode ser férias tb. Venham me buscar por favor !!!!

25/04/2008 | 14h15 Denunciar

Felipe

Quantas vidas poderiam ser salvas da fome com esse dinheiro? Prisão para esse padre quando ele for, e espera que seja, resgatado com vida.

25/04/2008 | 14h11 Denunciar

Carlos Alberto Machado do Nascimento

Finalmente um jornalista sensato com coragem o suficiente para abordar este aspecto desse episódio, ou seja, o qto uma atitude de um padre irresponsável e dos seus fiéis escudeiros, pode gerar de trabalho e prejuízo para os serviços públicos tão carentes de recursos que poderiam estar sendo usados onde há necessidades urgentes. Só falta localizarem ele ou o corpo e alguns fanáticos quererem canonizá-lo.

25/04/2008 | 14h06 Denunciar

Luis Piedrabuena

A imprensa não divulga casos de suicidio para não estimular esta prática. Comprovadamente os números aumentam com a exposição dessas ocorrências. A mesma medida deveria ser aplicada no caso do padre. Certamente surgirão inúmeros malucos irresponsáveis querendo notoriedade.

25/04/2008 | 14h01 Denunciar

Vanisse

Bem apesar dos comentários sobre os valores usados na busca do Padre, acredito que qualquer cidadão se fizer uma brincadeira dessas, existe uma punição, então creio que haverá uma punição para a igreja Catolica, Porque o que um Padre está fazendo com balões no ar em vez de estar na Igreja se santificando??!!

25/04/2008 | 13h58 Denunciar

Carlos A. Dalpian

Este pessoal que esta comentando não tem muito o que fazer. Estão julgando as pessoas/organizações e até o governo sem saber tudo sobre a questão. O Padre errou e esta pagando, por isto, inclusive pode pagar com a vida. Deixem as autoridades cuidarem do assunto. Façam a sua parte.

25/04/2008 | 13h39 Denunciar

Luis Antonio Olivieira

Desiquilibrados!!! O Padre e quem financiou esta façanha. O coitado gostou de aparecer no Fantástico!

25/04/2008 | 13h27 Denunciar

Marcelo Menezes

Em resposta ao cometário do Sr. Pedro: É claro que não podemos deixar uma pessoa morrer no mar sem que faça uma busca envolvendo marinha, aeronautica, etc. Mas imaginem agora que todo dia um pirado desses resolve se lançar a aventuras deste tipo e depois precisamos sair a busca-los!! Vamos precisar de uma frota de 200 navios no mar procurando doidos! Já procurarem esse doente demais, que deus o tenha levado e era isso!

25/04/2008 | 13h17 Denunciar

Celso Roth

Ele está em P.Alegre, no Olímpico, o Celso Roth inclusive quer contratá-lo pois está no perfil de jogador do time imortal, além de que com ele o gremio vai voar no brasileiro...

25/04/2008 | 13h14 Denunciar

Henrique

Concordo que não importam as cifras quando se tem uma vida em questão, mas a impressão que da é que estes valores são superfaturados. Que as buscas continuem enquanto houver chances de vida.

25/04/2008 | 12h59 Denunciar

valeria carmelo

DEPOIS DIZEM QUE A IGREJA UNIVERSAL É QUE ROUBA OS FIÉIS E ETC.SE FOSSE ALGUM PASTOR DE QUALQUER DENOMINAÇÃO...PERDIDO..NO MAR...OS FIÉIS É QUE IRIAM ARCAR C/AS DESPESAS...MAS COMO O PADRE É DA IGREJA CATÓLICA O CUSTO FICA POR CONTA DO GOVERNO E QUE NA MINHA OPINIÃO...NÃO PODIA ARCAR C/ESTE VALOR ABSURDO!!!QUANTAS CASAS POPULARES PODERIAM SER FEITAS, QUANTOS CURSOS PROFISSIONALIZANTES...ISTO É UMA VERGONHA....

25/04/2008 | 12h52 Denunciar

Luis Silva

Seria mais barato se o padre, ao invés de balões, usasse uma melancia pendurada no pescoço. Não teria virado comida de peixe e nos pouparia desse ridículo. Que é isso? Os padres agora querem tomar o lugar dos políticos no quesito estupidez?

25/04/2008 | 12h51 Denunciar

Neusa

Era uma pessoa culta, mas não se prendia a regras, fazia as suas tanto que não pediu permissão para voar. Estava brincando com a vida, basta observar as suas declarações. Mas enquanto houver possibilidade de existir vida devem continuar as buscas.Precisamos urgentemente de leis que punam severamente quem pratica tais esportes ou aventuras sem tomar as precauções, inclusive cobrando do próprio, dos herdeiros, ou responsáveis todo o custo que causarem ao erário público. Diversão a custa alheia não

25/04/2008 | 12h49 Denunciar

Pedro

Bah, mas quantas besteiras postadas em espaço tão nobre. Depois dizem que os gaúchos são cultos, civilizados e politizados. Nada disso. Grossos uma barbaridade, isto sim. Os órgãos governamentais não estão fazendo mais do que a obrigação. Recursos à pobreza são necessários? É lógico. Mas a recursos financeiros para tudo ser contemplado neste Brasil, bas por fim a roubalheira. Aplausos ao padre De Carli (à esta altura acredito que "póstumas")

25/04/2008 | 12h31 Denunciar

valter ramos

Esse sr. era maluco, como alguém pode se expor dessa forma? balões sem controle de altitude, de direção, tempo ruim, local próximo ao mar, com ventos relativamente fortes, etc. ñ foi pela cousa q ele diz ter voado, e sim, p/ aparecer. Encontrar DEUS sim, porém, tinha que ser dessa forma? Agora gasta-se uma fortuna p/ tentar encontra-lo. Quantas pessoas estão morrendo de fome no Brasil nesse período? c/ esse dinheiro ajudaria muito no combate à miséria. Quem quiser apareceu, deixe paga a conta.

25/04/2008 | 12h31 Denunciar

Cleiton Lovatto

Espero que a família pague esse valor centavo por centavo!!! Abraço.

25/04/2008 | 11h46 Denunciar

Rafael Haubert

Gostaria de saber se a igreja católica irá arcar com as despesas dessa insanidade???? Quantas são as vidas ceifadas por acidentes de trânsito ou por conta da violência urbana. Esse padre era um lunático e ostento.

25/04/2008 | 11h44 Denunciar

Paulo Roberto Junqueira dos Santos

A vida não tem preço! ou tem!? O Estado tem o aparato para ser usado nestas situações, então que use. É a forma mais justa do imposto q pagamos ser empregado; em nosso beneficio. Quando alguém irresponsavelmente provoca um incêndio ninguém pergunta qt custa, p os bombeiros. Qd um apenado perigoso foge, ninguém pergunta qt custa sua captura, p a polícia. A imprensa é livre, mas perde a oportunidade de ser menos capitalista e ser mais humana. O dinheiro deve servir a nós, não o oposto.

25/04/2008 | 11h35 Denunciar

magda lopes silveira

Esse cidadão assumiu os riscos. Naõ vejo necessidade de ficar gastando para procurar alguém que inventa uma aventura para aparecer sabendo que não tem preparo para tanto visto que nem sabia usar o gps.

25/04/2008 | 11h32 Denunciar

LUCAS

que palhaçada. tanta gente passando fome e as autoridades gastando um dinheirão desses a toa por causa de um idiota que não merece respeito algum. pois trata-se de um lunático suicida! espero que ele tenha servido como comida de tubarão pelo menos! hahahaha

25/04/2008 | 11h24 Denunciar

Renato Ritter

Esse padre era um egocêntrico e foi acometido por um dos grandes pecados que ele mesmo devia condenar nos fiéis: vaidade.Apesar de condições adversas, alçou vôo sem controle , sem saber usar um GPS,porque a tv estava lá para filmá-lo.Vaidade que custou caro a ele e aos cofres públicos.A família deveria ser responsabilizada pela devolução deste dinheiro.Se fosse um acidente, paciência,a vida está acima da cifra.Mas ele provocou sua morte com irresponsabilidade gerando gastos imensos.

25/04/2008 | 11h22 Denunciar

Christian Lavich Goldschmidt

Realmente, acredito que o Vaticano ou a congregação devolverão o dinheiro aos cofres públicos. Não poderia ser diferente vindo da igreja católica. Que assim seja! Uma sugestão: que algumas instiuições não governamentais sérias e sem ligação com a igreja sejam beneficiadas com a polpuda verba.

25/04/2008 | 11h17 Denunciar

Marcio Allebrand

o questionamento seria igual se tivesse ocorrido o episódio com um ator global ou um político? Enquanto se deu total cobertura ao caso Nardoni os deputados aprovaram aumentos nos salários...

25/04/2008 | 11h16 Denunciar

André

Pergunto quem vai pagar essa conta? os fieis dele? ou a igreja catolica? E tanta crinça passando fome, e eles gastando com esse idiota, o Brasil é uma vergonha mesmo....

25/04/2008 | 11h00 Denunciar

Stefano

Senhor Urbano, desde quando este padre pode ser chamado de "santo sacerdote" ?! De santo ele não tinha nada. Aliás, nem pena eu tenho deste infeliz.

25/04/2008 | 10h58 Denunciar

João Inácio

Concordo com o Eduardo. Manda a conta para a Igreja!

25/04/2008 | 10h38 Denunciar

DE GRANDI

SE EU ESCREVESSE O QUE EU DESEJO PARA ESTA PADRE CERTAMENTE NÃO SERIA PUBLICADO....

25/04/2008 | 10h33 Denunciar

Angela

Ele ser sacerdote ou não, não faz diferença, mas concordo em dizer que é um "baita exibicionista", inconsequente, e este dinheiro podia ser muito bem gasto para salvar vidas !!

25/04/2008 | 10h33 Denunciar

Paulo Renato

Espero que o episódio sirva de lição àqueles que incentivam malucos a arriscarem a vida contando com o apoio dos recursos públicos.

25/04/2008 | 10h32 Denunciar

Helio Evaldt

Esse padre, que foi expulso da escola de vôo, se for achado vivo, deve ser expulso tbm da igreja e excomungado pelo bispo.

25/04/2008 | 10h24 Denunciar

JORGE DELVAN

Parece que o sr. Eduardo não sabe de onde vem o dízimo da igreja. Ele vem dos nossos bolsos, tanto durante as missas como naquele "envelopinho" que recebemos determinado dia do mês, para entregá-lo "recheado" na próxima missa que vamos. Mas tenho uma idéia melhor para o ressarcimento desta despesa : quem sabe o Vaticano se desfaça de alguma peça de seu tesouro (são milhares) e entregue ao Brasil por conta deste disparate promovido pelo seu funcionário, o sr. De Carli ? estaria mais que pago !

25/04/2008 | 10h22 Denunciar

Angelo Rodrigues

Não concordo com o que o padre fez, não solicitou autorização de nenhum órgão competente, um simples exibicionista. Penso que a empresa para qual trabalha (Igreja do Estado Vaticano)deve ser punida e multada. Mas auferir valores que estão sendo gastos em buscas é ridículo. Já se gastaram valores maiores com remoção de baleia encalhada, festas de políticos, viagens públicas consideradas oficiais, etc. E os órgão envolvidos são públicos, estão ai justamente para isso.

25/04/2008 | 10h15 Denunciar

Carlos

É o seguinte:Tô a fim de fazer uma besteira,pegar uns balõezinhos e dar uma banda por aí. Mas se a Marinha, Aeronáutica e Defesa Civil me derem R$ 200 mil em dinheiro,menos da metade que foi gasto com o padre, eu desisto. Que tal?

25/04/2008 | 10h15 Denunciar

urbano warcken

Que ppalhaçada! Este santo sacerdote da Igreja é um suicida. Uma vida humana, sim, mas de um irresponsável que apenas queria aparecer. Poia apareceu. Que Deus o tenha! Gastem dinheiro com outras vidas humanas - milhões de crianças famintas - e que não tem a pretensão de estar na egóica vitrine onde se expôs o santo sacerdote.

25/04/2008 | 09h33 Denunciar

Eduardo Heritier

Sem problemas. O dízimo da igreja deve pagar isto.

25/04/2008 | 09h32 Denunciar

Fernando Schlindwein

Quanta gente que está morrendo de fome poderia ser salva com esse dinheiro...

25/04/2008 | 09h24 Denunciar

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraVem aí uma nova leva de documentários sobre artistas e bandas nacionais: http://t.co/Jia82f3jCZhá 20 minutosRetweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraEquipe tenta remover bimotor parcialmente enterrado no Pará. http://t.co/efnz2cAg22há 31 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros