Versão mobile

Moradores e veranistas que querem sossego na praia reclamam da música alta produzida pelos carros equipados com sofisticados aparelhos de som. Qual a sua opinião sobre a prática?

Enviar mensagem
  • Eduardo Grahl Muller 

    Há uma grande diferença entre ser jovem e ser um jovem vândalo. Milhões de jovens brasileiros escutam seu som, mas não liquidam com o sossego do próximo. Infelizmente a maioria dos jovens que escutam barulho automotivo são das periferias e não tiveram educação de qualidade.

    Canela - RS - Brasil13/01/2014 | 13:40
  • Felipe Spuldaro 

    Essa prática esta se tornando ridícula as pessoas não precisam ostentar para os outros. Deveria existir uma Lei para punir esse ato na praia

    Passo Fundo - RS - Brasil12/01/2014 | 13:19
  • J F Prolo 

    Pra quê? Tem gente que liga o som do carro na rua para ouvir dentro de casa! Pode? Bota "chinelagem" nisso. Se todo mundo ligasse o som alto sempre que se sentir eufórico, ninguém dormia, em lugar nenhum. Não basta graduar o volume do som no nível suficiente para usufruir seu benefício? A palavra chave é: RESPEITO! Outro aspecto diz respeito aos "sub-woofer". Seu som se propaga diferente dos demais sons. Há quem diga ser nocivo à saúde, se percebido por longo período.

    Porto Alegre - RS - Brasil10/01/2014 | 12:49
  • Alexandre Kirschner 

    Na minha opinião falta educação das pessoas que colocam o som alto, pois deverm respeitar as pessoas que os cercam, não sou contra quem escuta suas músicas, desde que seja um volume para eles escutarem, e não toda a cidade. Outro problema, e esse não é só sobre o som alto, se refere as autoridades que não fiscalizam, há leis,as leis devem ser cumpridas, então porque não a são. O que acontece é que se o individuo fosse abordado por estar fazendo qualque coisa fora da lei, as pessoas ficariam mais atentas a não fazer o que não se pode, isso que acontece hoje é a impunidade solta em nosso Brasil.Assim começa, som alto, carro andando na beira da praia, lixo jogado na rua, tudo normal, daqui a pouco até matar uma pessoa vai ser normal, pois não acontece nada. Temos que aplicar penalidades desde as pequenas até as maiores, para que haja mais respeito no convivio entre as pessoas.

    Estância Velha - RS - Brasil10/01/2014 | 11:44
  • Ligia Beatriz 

    Acredito que som alto não combina com praia, final de ano em Tramandaí foi um absurdo o som dos carros, estragou a linda festa que foi preparada aos veranistas.

    santa cruz do sul - RS - Brasil10/01/2014 | 11:43
  • Sofia Kich 

    Acho que tudo tem um limite. Para quem curte música alta, é necessário respeitar aqueles que não gostam, diminuindo o volume, pois para alguns praia serve para o descanso e para outros, para festa. Se todos se respeitassem não haveria problema algum.

    Cruzeiro do Sul - RS - Brasil10/01/2014 | 11:02
  • Rodrigo Trll 

    Tem ainda "gente" aqui que coloca o MAL gosto por funk, pagode, rock, etc. Vai se catar, cada um tem seu gosto e gosto não se discute, enfim. Tenho 21 anos, e todos meus amigos tem som, eu também tenho, e na minha opinião o que falta para muitos é um bom senso e educação, aliado ao respeito. Cito as partes mais insuportáveis que tem hoje acontecendo: famílias se reúnem p/ tomar um chimarrão e os cara com casa alugada do lado tudo tchuco no vol. 45. Ou, simplesmente dps das 22hr da noite continuar fazendo barulho.. Festas em casa, se fosse lá uma vez por mês, mas tem galera que ñ se liga e faz uma por sexta ou sábado, cito no litoral estes exemplos e aqui em cxs de como é. Então, leis pra isso só se aplicarão ao recolhimento do som, mas na minha opinião teria de ser aplicado uma multa de desobediência. E quem ñ trabalha, favor dia de semana andar com o som desligado, acho que isso é a pior deficiência mental de um vadio q não faz nada e só incomoda tds com seu som á noite.

    Caxias do Sul - RS - Brasil10/01/2014 | 11:01
  • Sérgio Fontoura 

    Em Porto Alegre, por exemplo, já existe a lei sobre poluição sonora. É só a SMAM se resolver a fiscalizar. No Gasômetro, nos fins-de-semana, sempre tem uns achando que é o quintal da própria casa para ouvir som em alto volume (e mesmo em casa tem limite para não perturbar os vizinhos). É este o nível de cultura social com que se convive, e para mostrar na Copa aos estrangeiros. Aliás, agora no verão já tem vários estrangeiros na cidade. // E o bar da praia do Gasômetro, como ponto turístico, tá terrível...

    Porto Alegre - RS - Brasil10/01/2014 | 10:36
  • Everson Borges da Silva 

    Na minha opinião acho normal apenas nas épocas festivas como natal e ano novo, agora tudo tem um limite para acontecer como dizia o meu velho pai "tudo demais e veneno" !!

    Viamão - RS - RS - Brasil10/01/2014 | 10:00
  • Dulce Cardoso 

    Desculpem mas discordo deste que dizem .... são jovens....tenho 2 filhos tb jovens e nem por isto acho que tem que perturbar os demais por esta condição. E quem está defendendo não teve o desprazer de não dormir 4 noites como nós no ano novo com carro de som quase na porta até as 7h da manhã.Querem escutar música alta vai pra beira da Praia, não pra porta dos outros. Outra pergunta se é tão bom pq não escuta na porta da case dele???

    Porto Alegre - RS - Brasil10/01/2014 | 09:47
  • VITELIO VALCARENGHI 

    Sou a favor de aplicação da Lei rigorosamente. É de um mau gosto insuportável o que estes motoristas fazem, ao colocar o som de seus veículos em volume inaceitável.Querem impor seu mau gosto aos demais, não importando se o seu vizinho não quer ouvir música! Incrivelmente, há pessoas que resumem sua vida a beber e ouvir música acima de 80 dc.

    PORTO ALEGRE - RS - Brasil10/01/2014 | 09:01
  • PRA PA 

    O Sr. Natal Marchi disse tudo, seu comentário está corretíssimo, brasileiro é tudo mal educado. Ser educado, ter bons valores e respeito não significa nada, então viver neste país é um verdadeiro carma tendo que aturar essa laia sem noção.

    Porto Alegre - RS - Brasil10/01/2014 | 08:55
  • Roni Carlos 

    Deixem a gurizada curtir, é uma fase, logo mais eles estaram no lugar de quem este incomodado e vão de certa forma, ¿se tocar,¿ e criar seus filhos de forma diferente! Mas concordo com o comentário acima, que só vemos guris nos carros, não tem meninas... Alguns deles pensão que serão ovacionados por meninas estilo FILMES AMERICANOS; exemplo Velozes e furiosos operação Tóquio !!! Só não se dão conta que aquilo ali é armado, e lá os caras tem carrões, aqui o camarada pega um chevete e tenta imitar... Que pena, mas nunca serão!!! Alguns playboys conseguém, mas na maioria das vezes são filhos de empresários ou filhos de alguém que esta na politica!!! Esses tem grana para mater esse tipo de isibicionismo, que para alguns é ridiculo... Mas como citei antes, é uma fase!!!

    Porto Alegre - RS - Brasil10/01/2014 | 08:49
  • Felipe Souza Arozi 

    Por que não disponibilizam um local para o pessoal fazer festa, uma praia menor, um local afastado talvez? Só vejo reclamações que o som incomoda mas não vejo soluções ou alternativas. Parece até que ninguém foi jovem aqui, e por favor, sem hipocrisias!

    Esteio - RS - Brasil10/01/2014 | 07:37
  • nelson jose de souza souza 

    Falta apenas aplicar a Lei.Naõ dá mais para aguentar este tipo de desrespeito com as pessoas,praticado por delinquentes(e o termo esta certo,quem desrespeita a Lei,esta cometendo um delito,então é um delinquente)e estes infratores estão em todas as classes sociais.A BM e a Polícia Civil estão perdendo uma ótima oportunidade de mostrar aos cidadãos de bem que existem para aplicar a Lei e seriam aplaudidos pela grande maioria da população.

    Tramandai - RS - Brasil10/01/2014 | 07:16
  • Sérgio de Brum Jr. 

    Enfim não é possível que a gurizada que ouve som "a todo o volume" nos "carros" não tenha noção que está atrapalhando o sossego de alguns e a diversão de outras gurizadas que ouvem som também. Se é que me entendem, pois esse pessoal, atrapalha até quem gosta de música alta que ouvem as mesmas, mas não, sem noção como os "djs motorizados" é muito inconveniente e me parece falta de educação mesmo...

    Porto Alegre - RS - Brasil10/01/2014 | 06:57
  • Renato Ribeiro 

    É desrespeito total, ninguém é obrigado a escutar música alta, e ainda, na grande maioria dos casos, músicas terríveis que ferem o tímpano e a alma. A liberdade e os direitos de cada cidadão cessam no exato momento em que perturbem outro(s). Querem escutar música alta, usem os fones ouvidos ou simplesmente procurem um lugar deserto. É caso de polícia perturbar o sossego de qualquer cidadão. Reclamem, chamem a brigada militar, não podemos deixar que pessoas insanas perturbem suas férias.

    Pelotas - RS - Brasil10/01/2014 | 01:07
  • Clécio José de Araújo Araújo 

    Tá faltando fiscalização por parte da ambiental e da Brigada Militar, porque os motoristas estão abusando do alto som que circulam nas ruas de Capão da Canoa, principalmente a noite nas proximidades da igreja, fórum, capelas mortuárias e hospital que não são respeitados. Imbé andou sendo dado uma batida e parece que deram uma parada.

    Capão da Canoa - RS - Brasil10/01/2014 | 00:37
  • Vilmar f 

    Quem aqui minha gente já não foi jovem um dia.

    Campo Bom - RO - Brasil10/01/2014 | 00:08
  • Fabrício Barbosa 

    Entendo que seja algo totalmente lamentável. É a exacerbação do eu sobre o nós, onde o que prevalece é a minha vontade e o meu ( péssimo) gosto sobre o de outros. Como se não bastassem as competições de som automotivo ao ar livre, ainda é muitíssimo comum ver os motoristas saírem dirigindo completamente embriagados sem que haja a interferência de nenhum autoridade para conter essas e outras atrocidades legais. As pessoas, as leis e a noção de modo de ser no mundo têm algo em comum nesse verão: estão todos de férias.

    São Leopoldo - RS - Brasil09/01/2014 | 23:51
Total de 3 páginas

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesEstá na hora dos playoffs da NBA: veja os confrontos e calendário da primeira rodada --> http://t.co/BNW3N3lQZjhá 8 minutosRetweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraNúmero de radares mais que triplica neste feriadão de Páscoa no Rio Grande do Sul http://t.co/5SQC4hoPBThá 16 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros