Versão mobile

DebateZH: o que pode ser feito para resolver os problemas do Presídio Central?

Enviar mensagem
  • Alceu Gutiérres de Ávila 

    Acredito haver uma solução bem prática: se o fundamento da pena é a ressocialização, ou seja preparar o apenado para o seu retorno a sociedade, o correto seria que cada cidade (sociedade) tivesse o seu próprio presídio/penitenciária, sendo que o preso cumpriria sua pena junto a sua comunidade/familiares/amigos, facilitando sua reintegração.

    Charqueadas - RS - Brasil26/04/2012 | 14:34
  • paulo cardoso da silva 

    A SOLUÇÃO PODE ESTAR NESTE ARTIGO: Enquanto o país investe mais de R$ 40 mil por ano em cada preso em um presídio federal, gasta uma média de R$ 15 mil anualmente com cada aluno do ensino superior ¿ cerca de um terço do valor gasto com os detentos. Já na comparação entre detentos de presídios estaduais, onde está a maior parte da população carcerária, e alunos do ensino médio (nível de ensino a cargo dos governos estaduais), a distância é ainda maior: são gastos, em média, R$ 21 mil por ano com cada preso ¿ nove vezes mais do que o gasto por aluno no ensino médio por ano, R$ 2,3 mil. Para pesquisadores tanto de segurança pública quanto de educação, o contraste de investimentos explicita dois problemas centrais na condução desses setores no país: o baixo valor investido na educação e a ineficiência do gasto com o sistema prisional. A reportagem é do Globo.

    porto alegre - RS - Brasil26/04/2012 | 12:55
  • wildem freitas 

    Se fazemos plataformas para exploração de petróleo, por que não fazer para colocar esses meliantes em alto mar, longe de visitas íntimas, sem alcance de celulares, os revólveres enferrujando..

    Canoas - RS - Brasil26/04/2012 | 12:04
  • newton saldanha assis 

    Lá encontram-se assassinos,estrupadores e merecem o lugar em que estão.Quantas pessoas foram assassinadas e estrupadas por estes delinquentes?A OAB e os Direitos Humanos deveriam se preocupar com as pessoas que estão morrendo por falta de atendimento.Não com esta corja.Se estrupos e assassinatos ocorressem com eles,que eles diriam?

    porto alegre - RS - Brasil26/04/2012 | 11:50
  • FLAVIO SILVEIRA 

    Construir novas prisões, é tão simples isso! se o governo do estado aplicasse corretamente as verbas e não contratasse tantos afilhados CCs com certeza sobraria verba para construir novos presídios. O governo do Estado gasta muito em pessoal. Contrata "companheros" para não fazerem nada a não ser contribuir com a metade do salário para o PT. Saber administrar e gastar bem, só isso.

    Campo Bom - RS - Brasil26/04/2012 | 07:54
  • José Mattos 

    Este tema já encheu o saco. Falem da falta de professores nas escolas do estado, que é mais importante.

    Campo Bom - RS - Brasil25/04/2012 | 23:15
  • Paulo Lima 

    Gostaria que esse mesmo grupo da OAB,Cremers e outros usassem essa mesma vontade nas reformas dos hospitais,pois lá estão pessoas que são uteis a sociedade e contribuindo à sociedade que paga o salário deles ou será que os que estão no presidio contribuem ao governo com impostos?

    Alvorada - RS - Brasil25/04/2012 | 20:25
  • Décio Antônio Damin 

    É assunto muito complexo para opiniões intempestivas! A observação e o bom senso nos levam a acreditar que ele não é prioridade! Há outras áreas nobres também relegadas a segundo plano.Temos de pensar que são "homens privados da liberdade" entregues ao arbítrio do estado, responsável por eles e que tem o dever intransferível de tratá-los como tal. Os presos podem ser bárbaros, mas o estado não pode institucionalizar a barbárie!

    Porto Alegre - RS - Brasil25/04/2012 | 17:30
  • SANDRA BARBOSA 

    Isso é má administração se colocassem os presos a fazer toda a manutenção do presidio não estaria assim,poderia ser revertido em redução de pena pois cabeça vazia oficina do diabo.

    guaiba - RS - Brasil25/04/2012 | 16:48
  • Júlio César 

    Pode ser feito a mesma coisa que fizeram com o Carandirú.

    Caxias do Sul - RS - Brasil25/04/2012 | 16:35
  • izabel cristina vital de souza vital de souza 

    A construção Escolas, para que o povo tenha acesso a educação de base forte, com uma merenda escolar de qualidade, com esportes, acesso a cultura, podendo assim, ter uma vida digna, longe da marginalidade.

    porto alegre - RS - Brasil25/04/2012 | 15:36
  • giuseppe snasacullo 

    Já pensaram se esse apenados tomassem pra si a construção do presidio onde moram? Porque não ? Teriam seus"direitos"violados?Desde quando bandido tem direitos? Vivemos com leis mais apuradas que as da Noruega,Suécia,Suiça mas não se cumpre nenhuma .O Brasil é como um bezerro de ouro rodeado por togados,engravatados,advogados,politicos,safados,aliados, um mais cretino que o outro querendo levar vantagens com suas mentirosas interpretações de leis editadas por eles para se lambuzar no erário. 60% dos nossos impostos acabam em iates,carros importados,aptos luxuosos,fazendas e o raio que os partam, nessa pequena minoria ladra,sorrateira,diabólica se proclamando legal embora tudo seja imoral.Pobre país triste este!!

    barra do rio azul - RS - Brasil25/04/2012 | 15:23
  • Camila Menoncin 

    A exemplo da Penitenciária Industrial de Joinville, uma solução emergencial seria a privatização ou terceirização da gestão do Presídio. Por óbvio, não seria possível nas instalações atuais do Central, mas serve para qualquer outro Presídio. O Governo deveria refletir sobre o assunto e ver alguns exemplos que temos no nosso país. É uma possibilidade reversível, que só traz ganhos para a sociedade já que este modelo possibilita trabalho do preso e dá uma chance para a utópica ressocialização.

    Porto Alegre - RS - Brasil25/04/2012 | 14:58
  • Tiago José Fernandes 

    Entre comentários irônicos e outros com algum sentido,o que precisa ser feito passa por uma conscientização de políticas públicas que transcendam tudo o que as mentes brilhantes que,até aqui,nada fizeram,trabalhem de forma sistemática na busca de soluções para esses problemas,que são graves,mas que estão inseridos num contexto social ao qual todos pertencemos.

    Porto Alegre - RS - Brasil25/04/2012 | 12:37
  • ana lúcia Sabreira 

    A melhor saida é tranferi-los todos para ao Palácio Piratini que tem espaço suficiente para abrigá-los e foi recentemente reformado, não representando perigo algum. Referido palácio tem espaço imenso obsoleto que poderá vir a ser útil abrigando pessoas que na sua maioria são militantes do partido do único morador daquele PALÁCIO. Assim a nossa sociedade aplaudiria e, por certo, reelegeria tanto o Governador, como o seu mentor.

    Bagé - RS - Brasil25/04/2012 | 11:39
  • laila santos 

    na verdade a maioria dos detentos, estão lá porque antes de criminosos eram viciados... certamente depois desta "clinica de recuperação" se tornam marginais perigosos. isto é um assunto. O presidio, assim como outras instituições públicas, deveria para bem estar geral de todos , ser privatizado. VERDADEIRAMENTE as empresas privadas, são incomparavelmente mais eficientes que o sistema publico, que emprega um monte de gente com estabilidade e sem comprometimento, afinal... no final do mes seus gordos salarios são pagos independentemente do resultado.

    passo fundo - RS - Brasil25/04/2012 | 11:20
  • Alda Pegoraro Roeder 

    Eu deixaria exatamente como está,afinal estão lá porque fizeram por merecer.Quantas crianças foram estupradas? Quantos pais de família foram mortos?Quantos donos de pequenos mercados foram assaltados e viram o trabalho de uma vida ser roubado em segundos?Quantas desgraças esse "homens" cometeram na sociedade? E agora se fazem de vítimas e querem bem estar???? Vamos pensar em educar quem realmente precisa.

    Nova Prata - RS - Brasil25/04/2012 | 11:13
  • BETAO LIMA LIMA 

    acho que deveriam implodir este presidio e lá construir um hospital para a população que tanto sofre,e pegar esta gente toda e mandar para as terras do governo que tem aos montes neste interior todo e construirem suas moradias e plantarem ;isto se quizerem ter moradia ou alimentação.Chega de sustentar esta bandidagem a caviar.o povo não aguenta mais sofrer tanto nas mão deste demagogos que vão se aproveitar da situação é ano de eleição não tem prato mais cheio como este . ai aparece OAB DIREITOS HUMANOS e o povo sofrido onde fica e lamentavel que contantos ploblemas no pais se preocupe com a bandidagem.

    porto alegre - RS - Brasil25/04/2012 | 10:10
  • paulo roberto 

    Construir um novo presídio com mão-de-obra dos próprios apenados. Acabar com o ócio nos presidios, fazer os apenados trabalhar para prover o seu próprio sustento (colonia agrícola). Impor um regime sério e duro aos que transgridem as leis, é o preço que devem pagar pelos erros cometidos a sociedade.

    Porto Alegre - RS - Brasil25/04/2012 | 10:04
  • jorge almeida 

    O dia em que os condenados pela justiça tiverem que trabalhar, para manter seu sustento, com certeza, haverá vagas nos presidios. Hoje em dia, os presos de maior periculosidade, tem segurança total dentro das penitenciarias, para comandarem de lá, o crime organizado. E nós pagamos a conta. Tem muita gente aqui fora que trabalha e não tem 3 refeições diárias.

    Brusque - SC - Brasil25/04/2012 | 08:49
Total de 4 páginas

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraCotidiano de omissões, carência e frieza culminou na morte de Bernardo Boldrini. http://t.co/G7jokisWS6há 1 horaRetweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraBernardo pode ter sido enterrado vivo, relata amiga da madrasta à polícia: http://t.co/V5ky3pfJndhá 2 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros