VENEZUELA20/02/2014 | 11h37

Obama condena violência na Venezuela e pede libertação de detidos

Declaração foi dada na cúpula dos líderes da Nafta em Toluca, no México

Enviar para um amigo

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, condenou nesta quarta-feira a "inaceitável" violência ocorrida nos últimos dias durante manifestações opositoras na Venezuela e pediu ao governo de Nicolás Maduro que liberte os detidos.

A declaração foi dada em entrevista coletiva ao final de uma cúpula de líderes do Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, na sigla em inglês), na cidade mexicana de Toluca (centro).

Obama afirmou que os Estados Unidos "condenam energicamente" a situação na Venezuela e considerou "legítimas" as reivindicações dos manifestantes. Ele também criticou o anúncio de expulsão de três funcionários americanos por parte do governo venezuelano.

—Junto com a Organização dos Estados Americanos (OEA), apelamos ao governo da Venezuela para que liberte os manifestantes detidos e inicie um diálogo verdadeiro—, afirmou Obama.

—Na Venezuela, em vez de tentar desviar a atenção de suas próprias carências, expulsando com falsas acusações diplomatas americanos, o governo deveria se concentrar em atender às reivindicações legítimas do povo venezuelano—, frisou Obama.

No domingo, o presidente Nicolás Maduro anunciou a expulsão de três funcionários consulares americanos, acusando-os de ingerência nos assuntos domésticos. Washington disse que estuda "ações" a adotar contra a Venezuela.

Juntamente com os Estados Unidos, Maduro também acusou o ex-presidente colombiano Álvaro Uribe de ser um dos promotores das passeatas da oposição, classificadas por Caracas como "golpe de Estado em desenvolvimento".

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraTiroteio e incêndio assustam moradores da zona norte de Porto Alegre: http://t.co/NsPJ1SJVTqhá 1 horaRetweet
  • zh_esportes

    zh_esportes

    zhEsportesRT @zh_gremio: Gremista ZH: Dos males, "o menos pior" ---> http://t.co/XarKpqarpKhá 3 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros