Na contramão07/02/2014 | 22h38

Acidente com caminhão brasileiro deixa ao menos 17 mortos na Argentina

Colisão com ônibus de passageiros aconteceu na Rota 7, em San Martín, no oeste do país

Enviar para um amigo
Acidente com caminhão brasileiro deixa ao menos 17 mortos na Argentina Delfo Rodriguez/NA/AFP
Ônibus partiu de Córdoba com mais de 30 passageiros Foto: Delfo Rodriguez / NA/AFP

Pelo menos 17 pessoas morreram no oeste da Argentina em uma batida entre um caminhão, que seguia na contramão em uma autoestrada, e um ônibus de passageiros, informou o canal de notícias TN. Inicialmente, as informações eram de quem o número de vítimas fatais poderia chegar a 19.

Um ônibus da empresa Mercobus, que viajava de Córdoba à cidade de Mendoza, chocou-se de frente com um caminhão de placa brasileira, que transportava alho. O caminhão, segundo a imprensa argentina, percorreu quatro quilômetros na contramão. Os dois veículos pegaram fogo.

Conforme o jornal Clarín, a polícia argentina teria confirmado que recebeu oito ligações para o telefone de emergencia 911 alertando sobre um caminhão com placa brasileira que trafegava na rodovia em alta velocidade e na contramão. O Ministério de Segurança afirmou que aplicará penalidades aos policiais que receberam as denúncias e que não teriam adotado nenhuma ação para conter o motorista.

Procura por Zero Hora, a empresa ACM Transportes, do Paraná, confirmou na manhã deste sábado que o caminhão é de sua propriedade, mas não tinha mais detalhes sobre o acidente e nem sobre o motorista que conduzia o veículo.

Segundo o ministro, havia 32 pessoas no ônibus, incluindo dois motoristas. Ainda não se sabe quantos viajavam na cabine do caminhão.

Ambos os veículos se incendiaram, ficando reduzidos a um monte de ferro retorcido, como mostraram imagens das emissoras locais.

O ministro da Saúde da província de Mendoza, Matías Roby, afirmou que o ônibus "foi atingido de frente por um caminhão aparentemente roubado com placa brasileira".

– Podemos ver os corpos carbonizados, irreconhecíveis – lamentou, em entrevista à jornalista Gabriela Sosa.

Os bombeiros trabalham na retirada do que restou das vítimas para sua identificação.

Um vídeo divulgado pelo portal Clarín mostra o caminhão de placa brasileira andando na contramão:

ZERO HORA, COM AGÊNCIAS

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga os perfis de ZH no Twitter

  • rosaneoliveira

    rosaneoliveira

    Rosane de Oliveira“@Marleneas: @rosaneoliveira pra Amsterdam vou em junho, não aguento a saudade da Olivia.” Boa Páscoa. Vou sonhar com Macondo hoje.há 25 minutosRetweet
  • rosaneoliveira

    rosaneoliveira

    Rosane de Oliveira@Marleneas Estás tão perto de Cartagena... Um dia vou te visitar em San Salvador, amiga.há 27 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros