Decisão acatada30/01/2014 | 04h57Atualizada em 30/01/2014 | 10h42

AO VIVO: somente um consórcio conseguiu colocar coletivos nas ruas de Porto Alegre

Após nova decisão do TRT, sindicato recebeu multa de R$ 100 mil na quarta-feira

Enviar para um amigo
AO VIVO: somente um consórcio conseguiu colocar coletivos nas ruas de Porto Alegre Diogo Zanatta/Especial
Coletivos da empresa Sudeste vão para as ruas no início da manhã desta quinta-feira Foto: Diogo Zanatta / Especial

Os ônibus de Porto Alegre voltaram a rodar parcialmente pelas ruas da cidade nesta quinta-feira. Até as 8h45min, apenas coletivos do consórcio Unibus haviam conseguido sair das garagens. Carris, STS e Conorte tinham as garagens bloqueadas por grevistas, que impediam a saída dos ônibus dos consórcios.

Leia mais:
Fortunati reclama da Brigada Militar no twitter
Entenda os bastidores da luta interna no sindicato dos rodoviários
Sindicato das empresas de ônibus entra com ação judicial contra greve
Número de carros nas ruas da Capital aumenta 20% devido à greve
Justiça multa Sindicato dos Rodoviários em R$ 100 mil e considera greve ilegal

Por volta das 8h15min, os grevistas reunidos em piquete em frente a Carris realizaram uma pequena assembleia, na qual decidiram permanecer em greve e impedindo os ônibus da empresa de saírem até a reunião de mediação que ocorre à tarde.

Reivindicações

A greve foi definida em assembleia da categoria na última quinta-feira. Os rodoviários querem 14% de aumento, reajuste do vale-alimentação de R$ 16 para R$ 20 e manutenção do plano de saúde, sem desconto no salário. Porém, as empresas oferecem 5,56% (reposição integral da inflação no ano, segundo o INPC) e querem coparticipação financeira dos empregados no plano de saúde.

Acompanhe a cobertura da greve:



Ônibus da Carris ficaram alinhados na saída da garagem


Carris tem ônibus bloqueados em garagem


Grevistas bloqueiam saída de coletivos da Trevo


Grevistas bloqueiam garagem da Carris, em Porto Alegre

Siga @transitozh no Twitter

clicRBS
Nova busca - outros