#SempreQuisSaber17/11/2013 | 15h01

Por que os passarinhos não tomam choque quando pousam em fios de luz?

O professor de Física Rafael Irigoyen responde à pergunta da leitora Roberta Corrêa

Enviar para um amigo
Por que os passarinhos não tomam choque quando pousam em fios de luz? Henrique Tramontina/Arte ZH
Foto: Henrique Tramontina / Arte ZH

Na seção #SempreQuisSaber, o Planeta Ciência convida especialistas a responderem a questões enviadas por leitores para o email planetaciencia@zerohora.com.br. Envie a sua!

"Por que os passarinhos não tomam choque quando pousam em fios de luz?"
Roberta Corrêa, Porto Alegre

Quem responde é o professor de Física Rafael Irigoyen (youtube.com/atorrebrasil)

"O choque elétrico é a sensação que temos quando a corrente elétrica, que são cargas em movimento ordenado, passa pelo nosso corpo. Dependendo do valor da corrente, o choque pode ser fatal. Para que a corrente se estabeleça de um ponto a outro de um circuito elétrico, é necessário que exista uma diferença de potencial elétrico (d.d.p.) entre os pontos – a chamada ‘voltagem’.

Para entender melhor o conceito, pense numa mesa com uma bola em cima. A bola representa a corrente. Com a mesa na horizontal, todos os pontos estão no mesmo nível (no mesmo potencial) e a bola não rola (a corrente não flui). Inclinando a mesa, teremos pontos de maior e de menor potencial. Nesse caso, a bola irá rolar.

Quando o pássaro pousa em um único fio da rede elétrica, ele toca em pontos de mesmo potencial, e a d.d.p. entre suas patas é nula: nenhuma corrente elétrica se estabelece através dele.

Pessoas recebem descarga elétrica ao encostar nos fios por estarem em contato com o solo, que está em um potencial elétrico diferente do fio, o que produz corrente. Se um pássaro tocar em dois fios ao mesmo tempo, ou em um fio e no poste, ele ligará dois pontos de potenciais elétricos diferentes e será eletrocutado. Da mesma forma, se uma pessoa se pendurar em um fio de alta tensão sem entrar em contato com outro fio, o chão ou o poste, ela nada sofrerá."

Comentar esta matéria Comentários (1)

Filipe

Muito bacana.

18/11/2013 | 09h06 Denunciar

Siga Planeta Ciência no Twitter

  • p_ciencia

    p_ciencia

    Planeta CiênciaEncontramos um PRIMO no Universo! Planeta do tamanho da Terra em zona HABITÁVEL de estrela: http://t.co/PvkNYqh3B6 http://t.co/Db0bRgv1cAhá 10 horas Retweet
  • p_ciencia

    p_ciencia

    Planeta CiênciaOlha aí o Asimo de novo: http://t.co/tqwo5CCdN9 http://t.co/hl67jdHiErhá 11 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros