Surpresa nos canos05/02/2014 | 21h09

Água sai marrom da torneira no Vale do Sinos

Técnicos afirmam que fenômeno é pontual e não representa risco à saúde

Enviar para um amigo
Água sai marrom da torneira no Vale do Sinos Charles Dias/Especial
Água de cor normal (centro da foto) é comparada ao tom atual Foto: Charles Dias / Especial

Depois do temporal e das longas horas sem abastecimento de água e luz, a população do Vale do Sinos enfrenta mais um transtorno: a água que sai escura da torneira. O problema se concentra nos municípios de Campo Bom, Estância Velha, Portão e Sapiranga, que são áreas de atuação da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan).

A estatal afirma que esse fenômeno é raro e pontual. Seria decorrente de uma falta de energia elétrica na zona bombeamento da captação de água da Corsan junto ao Rio dos Sinos, em Campo Bom, que zerou o sistema pois durou mais de 24 horas.

No município, a água sai escura principalmente nos bairros que ficaram mais tempo sem fornecimento. Comerciante do centro de Campo Bom, Omar Oliveira, 47 anos, recorre ao antigo filtro de barro e à água mineral.

– A água sai normal e depois de alguns minutos fica marrom. As pedrinhas de gelo ficaram com cor de terra. É impossível consumir – conta.

Em Sapiranga, a situação é semelhante. O advogado Roberto Emilio Peters ficou surpreso e indignado com a água de cor marrom e cheiro forte.

– Nem roupa podemos lavar porque fica tudo sujo. Minha esposa lavou toalhas brancas e elas estão com manchas de sujeira. A máquina ficou com terra no fundo. Isso é um absurdo.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Sapiranga afirma que a prefeita Corinha Molling irá enviar uma correspondência à estatal cobrando explicação sobre o ocorrido.

De acordo com o chefe da unidade de Campo Bom da Corsan, João Inácio Martins, o fenômeno acontece porque o manganês, que é normal nas águas doces gaúchas, ficou armazenado nos canos vazios. Com a retomada do abastecimento e a forte pressão da água, o elemento químico é deslocado e sai junto.

– Essa situação deve se manter até domingo, no máximo. É raro e só ocorreu porque houve longa interrupção no sistema – afirma Martins.

A água é própria para consumo, de acordo com o doutor em Engenharia Química, Fernando Serenotti. Segundo ele, o manganês liberado neste caso não é maléfico à saúde.

A Corsan oferece visitas técnicas para limpar os canos. Solicitações pelo telefone 0800 646 6444.

Siga perfis de ZH no Twitter

  • transitozh

    transitozh

    Trânsito Zero HoraRT @t24horas: BR-470: trânsito é lento, principalmente sentido interior. Parte mais crítica fica entre Blumenau e Apiúna, são 45km de lenti…há 1 horaRetweet
  • transitozh

    transitozh

    Trânsito Zero HoraDiferente da manhã, BR-386 não tem mais grande trecho com lentidão.há 1 horaRetweet
clicRBS
Nova busca - outros