Problema na saúde14/12/2013 | 11h55

Falta de anestesistas complica atendimentos no HPS neste sábado

Profissionais não puderam começar a trabalhar devido a um problema administrativo na contratação

Enviar para um amigo
A manhã de sábado foi de tensão entre os integrantes do corpo funcional do Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre (HPS). Faltaram anestesistas em número suficiente para o alto volume de atendimentos prestados no local. Em média, 900 pessoas são atendidas por dia no hospital, especializado em acidentes.

A carência de anestesistas acontece porque sete profissionais desta área médica, que foram contratados emergencialmente, não puderam começar a trabalhar em decorrência de um problema administrativo na contratação.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) encontrou falhas na nota fiscal de contratação feita pela empresa que terceirizou o serviço médico e, por isso, determinou que os profissionais não atuassem.

Com isso, aconteceu sobrecarga nos serviços. O problema foi driblado com chamada a anestesistas de carreira, que estavam de folga. O total de profissionais desse tipo no HPS não foi informado pela SMS.

Houve um remanejo na escala de trabalho do fim de semana, para evitar que os pacientes ficassem sem atendimento, explica Cármen Jasper, assessora de imprensa da SMS. Ela assegura que as cirurgias continuam ocorrendo e que o problema deve estar sanado na segunda-feira.

Vítima

O industriário Fausto Biehl, 44 anos, é um dos que foi vitimado pela falta de anestesistas no HPS. Ele ingressou no hospital na tarde de sexta-feira, após sofrer um acidente com uma máquina industrial que lhe deixou graves ferimentos no rosto e nos olhos. A nora dele, Marcela Biehl, diz que o sogro corre risco de perder a visão.

— Mesmo assim ele ainda não foi operado. Faltou anestesista, por problemas de pagamento na prefeitura, foi o que nos disseram — relata Marcela, indignada.
Até as 12 horas Fausto não tinha entrado em cirurgia.

Siga perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraProjeto prevê mais espaço para pedestres no Centro Histórico da Capital http://t.co/cL4hk3vHfuhá 4 horas Retweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraFifa ensaia bancar emergencialmente estruturas temporárias do Beira-Rio para a Copa http://t.co/593rMp6C5Chá 4 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros