Tragédia em Santa Maria31/01/2013 | 23h48

Queima de espuma da boate Kiss libera gás utilizado na II Guerra

Mortes em Santa Maria foram causadas pelo gás cianídrico

Enviar para um amigo
Bruno Felin, Especial

Especialistas ouvidos por Zero Hora confirmaram que a fumaça produzida pela queima da espuma na boate Kiss, em Santa Maria, é altamente tóxica e capaz de matar rapidamente uma pessoa em caso de inalação.

Médicos pneumologistas afirmaram que material de baixa qualidade instalado no teto da casa noturna, além de queimar com maior facilidade do que outros mais caros, libera gás cianídrico quando exposto ao fogo - o mesmo utilizado nas câmaras de gás nazistas durante a II Guerra Mundial.

O gás que matou em Santa Maria é idêntico ao que provocou mortes em circunstâncias semelhantes, como Rhode Island, nos Estados Unidos, e na boate República Cromagnon, em Buenos Aires. Na Argentina, a concentração foi de cerca de 270 partes de cianeto por um milhão de partículas de fumaça, o que causou a morte em menos de três minutos, segundo Rosa Maria Salaib Wolff, médica com conhecimentos em toxicologia, ex-coordenadora do conselho de saúde de Santa Maria. De acordo com o médico pneumologista da Santa Casa Luiz Carlos Corrêa da Silva é possível dizer que todos que morreram na boate foi por este motivo.

Em outros incêndios com objetos de madeira, como móveis e outros não derivados do petróleo, a principal preocupação é com o monóxido de carbono, formado pela combustão incompleta dos elementos. Ele também é tóxico, pois se liga à hemoglobina e impede o transporte de oxigênio, mas não possui efeito tão imediato. Como o ácido cianídrico não tem cheiro, nem cor, muitos jovens entraram e saíram da boate para ajudar sem se dar conta da gravidade. Mesmo que as camisetas molhadas usadas de maneira improvisada tenham ajudado a impedir a inalação de fuligem, isso foi inútil contra o ácido cianídrico.

- Estas lesões (no sistema respiratório) desencadeiam um processo inflamatório que modifica a permeabilidade dos vasos pulmonares e impede a respiração - explica
Rosa Maria.


Clique na imagem e confira o perfil das 236 vítimas

Como aconteceu

O incêndio na boate Kiss, no centro de Santa Maria, começou entre 2h e 3h da madrugada de domingo, quando a banda Gurizada Fandangueira, uma das atrações da noite, teria usado efeitos pirotécnicos durante a apresentação. O fogo teria iniciado na espuma do isolamento acústico, no teto da casa noturna.

Sem conseguir sair do estabelecimento, pelo menos 236 jovens morreram e outros 100 ficaram feridos. Sobreviventes dizem que seguranças pediram comanda para liberar a saída, e portas teriam sido bloqueadas por alguns minutos por funcionários.

A tragédia, que teve repercussão internacional, é considerada a maior da história do Rio Grande do Sul e o maior número de mortos nos últimos 50 anos no Brasil.

Em gráfico, entenda os eventos que originaram o fogo:

Veja também

Confira imagens do local onde aconteceu a tragédia
Veja como foi o velório das vítimas
Nove pontos que devem permear as investigações sobre incêndio

A boate

Localizada na Rua Andradas, no centro da cidade de Santa Maria, a boate Kiss costumava sediar festas e shows para o público universitário da região. A casa noturna é distribuída em três ambientes - além da área principal, onde ficava o palco, tinha uma pista de dança e uma área vip. De acordo com a Polícia Civil, a danceteria estava com o plano de prevenção de incêndios vencido desde agosto de 2012.

Clique na imagem abaixo para ver o antes e o depois da danceteria:


A festa

Chamada de "Agromerados", a festa voltada para estudantes da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) começou às 23h de sábado. O evento era de acadêmicos dos cursos de Agronomia, Medicina Veterinária, Tecnologia de Alimentos, Zootecnia, Tecnologia em Agronegócio e Pedagogia.

Segundo informações do site da casa noturna, os ingressos custavam R$ 15 e as atrações eram as bandas "Gurizadas Fandangueira", "Pimenta e seus Comparsas", além dos DJs Bolinha, Sandro Cidade e Juliano Paim.

Siga perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraCaso Bernardo: contas bancárias podem ser a chave para comprovar envolvimento de pai no crime: http://t.co/gYn7kYTei1há 45 minutosRetweet
  • transitozh

    transitozh

    Trânsito Zero HoraRT @PRF191SC: Morro dos Cavalos - trânsito moderado.há 1 horaRetweet
clicRBS
Nova busca - outros