Efeito da seca05/04/2012 | 10h24

Geração de energia é suspensa nas usinas hidrelétricas de Machadinho e Foz do Chapecó

Falta de chuva na região norte do Estado deixou os níveis dos reservatórios baixos

Enviar para um amigo
Geração de energia é suspensa nas usinas hidrelétricas de Machadinho e Foz do Chapecó Carla Dildey/Divulgação
Reservatório da Usina de Machadinho está com apenas 3% do volume útil Foto: Carla Dildey / Divulgação

A chuva que cai sobre o Estado na manhã desta quinta-feira não impediu suspensão da geração de energia na Usina Elétrica Machadinho, na divisa entre Maximiliano de Almeida (RS) e Piratuba (SC), e a de Foz do Chapecó, na divisa entre Alpestre (RS) e São Carlos (SC), no norte do Estado. A medida é provocada pelo baixo nível da água no reservatório e entrou em vigor às 8h desta quinta.

Os níveis dos reservatórios do norte do Estado estão chegando ao nível crítico devido a falta de chuva, que acontece desde o mês de novembro. Na Usina Machadinho, o reservatório de 66 quilômetros quadrados está com apenas 3% do volume útil, e 14,50 metros abaixo do nível normal.

De acordo com o gerente da usina, Elinton Chiaradia, a precipitação desta quinta não alterará o quadro da suspensão.

— A chuva que ocorre em cima do reservatório não é suficiente para elevar o nível, mas sim a água que vem do rio. O solo está muito seco e absorvendo muita água, e pouca chega efetivamente para o rio e, consequentemente, para o reservatório.

As usinas de Itá, na divisa entre Aratiba (RS) e Itá (SC), e Passo Fundo, em Entre Rios do Sul, também estão com o nível dos reservatórios baixos, mas segundo Chiaradia, não há possibilidade de paralisação da geração de energia nesses locais.

— Itá tem um consumo mínimo menor do que Machadinho e está abaixo da cascata, por isso recebe mais água. Lá, também conseguimos controlar melhor o gasto de água. A usina de Passo Fundo tem um reservatório grande em relação à capacidade.

A Usina Foz do Chapecó, na divisa entre Alpestre e São Carlos (SC), parou de gerar energia à meia-noite desta quarta-feira. O objetivo é melhorar a situação a jusante da barragem, e manter as condições mínimas para atividades como a travessia de balsas. O gerente de operação e manutenção da usina, Gilson Carvalho, explica que, apesar da gravidade da situação, a paralisação de geração não deve provocar apagões no Estado.

— Estamos em uma fase de seca na região Sul e, como o sistema de distribuição de energia é interligado, importamos energia de outras regiões, como a Sudeste e Centro Oeste, que estão em fase de chuvas e com os reservatórios cheios.

Notícias Relacionadas

Efeito da seca 04/04/2012 | 21h28

Usinas hidrelétricas de Machadinho e Foz do Chapecó suspenderão geração de energia a partir desta quinta-feira

Falta de chuva baixou os níveis dos reservatórios das usinas no norte do Estado

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga perfis de ZH no Twitter

  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraCORREÇÃO: Avalanche no Everest deixa pelo menos dez pessoas desaparecidas http://t.co/trJF2iC6fKhá 11 minutosRetweet
  • zerohora

    zerohora

    Zero HoraAvalanche no Everest deixa pelo dez pessoas desaparecidas: http://t.co/AkPYupflqohá 29 minutosRetweet
clicRBS
Nova busca - outros