Definido13/12/2013 | 13h37Atualizada em 13/12/2013 | 15h27

Inter confirma Marcelo Medeiros como vice presidente de futebol e anuncia Abel Braga como treinador

Luís César Souto de Moura, que já havia pedido a exoneração do cargo de diretor, Roberto Melo e Eduardo Hausen deixam o departamento de futebol

Enviar para um amigo
Inter confirma Marcelo Medeiros como vice presidente de futebol e anuncia Abel Braga como treinador Montagem/Agencia RBS
Foto: Montagem / Agencia RBS

Marcelo Medeiros é o vice-presidente de futebol do Inter. Com Abel Braga como treinador, o anúncio foi feito no site oficial do clube. A definição ocorreu há pouco, em uma reunião. Luís César Souto de Moura, que já havia pedido a exoneração do cargo de diretor, Roberto Melo e Eduardo Hausen deixam o departamento e os novos nomes serão divulgados na próxima semana.

Medeiros, antes diretor, agora será vice-presidente do departamento de futebol — acumula a função com a de vice-presidente eleito. A ideia é que ainda outros dois diretores venham abaixo dele.

Abel deve desembarcar em Porto Alegre na próxima terça-feira, quando será anunciado com toda sua comissão técnica: Leomir de Souza (auxiliar técnico), Cristiano Nunes e Marcelo Chirol (preparadores físicos), Marquinhos (preparador de goleiros) e Fábio Moreno (observador).

Abel Braga assume pela sexta vez

A trajetória de Abel no Beira-Rio iniciou em 1988. Naquele ano, ele e o Inter acabaram sendo vice-campeões brasileiro diante do Bahia. Na Libertadores do ano seguinte, derrota para o Olímpia, nas semifinais, nos pênaltis, dentro do Beira-Rio, após vencer a primeira partida no Paraguai.

Em 1991, o técnico voltou a ser contratado pelo Inter, mas para uma passagem discretíssima à frente da equipe. Em poucos meses no cargo, Abel conquistou a Copa do Governador em cima do São Luiz e, antes do Gauchão daquele ano, acabou sendo substituído por Cláudio Duarte.

Sua terceira passagem pelo clube ocorreu quatro anos depois. Dirigindo o Inter, o técnico não conseguiu superar o chamado "banguzinho" do Grêmio e perdeu o Campeonato Gaúcho daquele ano. No Brasileirão, os colorados acabaram eliminados na segunda fase da competição, terminando em 9º na classificação geral. Acabou saindo no final do ano.

Onze anos depois, Abel Braga era contratado pelo então presidente Fernando Carvalho para mudar o patamar do clube. Em 2006, ele conduziu o time para o inédito título da Libertadores, um vice-campeonato do Brasileirão e a maior conquista da história colorada, o Mundial de Clubes. No ano seguinte, porém, o sucesso não foi o mesmo. As eliminações, ainda na primeira fase, no Gauchão e na Libertadores, acabaram custando o emprego do treinador, que foi substituído por Alexandre Gallo.

Porém, durou cerca de quatro meses o afastamento de Abelão do Beira-Rio. Ele acabou sucedendo o seu sucessor e, ainda em 2007, deixou o Inter em 11º lugar, garantindo vaga para a Copa Sul-Americana do ano seguinte, Em 2008, venceu a Copa Dubai - torneio amistoso no começo do ano - e também o Gauchão, com uma goleada de 8 a 1 em cima do Juventude. Na Copa do Brasil, contudo, a derrota por 3 a 1 para o Sport e a consequente queda na competição acabou custando o seu emprego.

Por fim, a sexta passagem inicia cinco anos depois. Agora, em 2013, Abel chega para o lugar de Clemer e será o comandante do clube na próxima temporada.

Siga zh_inter no Twitter

  • zh_inter

    zh_inter

    ZH InterTécnico do Inter Abel Braga dispara contra calendário: "Nem começou e já ficou desumano." http://t.co/YqSPtanZw9 http://t.co/Y0UHHxpHpnhá 19 minutosRetweet
  • zh_inter

    zh_inter

    ZH InterCom volta de Juan, Inter enfrenta o Vitória sem surpresas -> http://t.co/quTuR2D1uR http://t.co/uhZC0RTFYbhá 1 horaRetweet
clicRBS
Nova busca - outros