Para provar a imortalidade16/06/2012 | 09h48

Missão para o Grêmio: reverter derrota por dois gols fora de casa é tarefa rara no futebol

Diante do Palmeiras, em SP, tricolor gaúcho precisa recuperar vantagem perdida no Olímpico

Enviar para um amigo
Missão para o Grêmio: reverter derrota por dois gols fora de casa é tarefa rara no futebol Tadeu Vilani/Agencia RBS
Antes da missão contra o Palmeiras, time de Luxa tem jogo contra o Náutico nos Aflitos Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Perder o jogo de ida em seus domínios e depois reverter a vantagem na casa do adversário não é algo tão incomum.O próprio Grêmio já conseguiu na Copa do Brasil de 1992, levou 1 a 0 do Paraná no Olímpico e se classificou, graças ao gol qualificado, ao fazer 2 a 1 em Curitiba. Na final da Libertadores de 2002, o Olímpia sofreu 1 a 0 do São Caetano no Paraguai, ganhou por 2 a 1 no Brasil e conquistou o título nos pênaltis. Nas semifinais da Copa do Brasil de 2004, o Santo André tomou 4 a 3 do 15 de Novembro, mas na volta aplicou 3 a 1 e chegou à decisão.

Agora, perder em casa por dois gols de diferença – caso do Grêmio nas semifinais da Copa do Brasil deste ano, contra o Palmeiras – e buscar a vaga no estádio do rival é algo extremamente raro. Na história das competições mata-mata, incluindo torneios internacionais (Libertadores, Sul-Americana, Liga dos Campeões, Liga Europa), há pouquíssimos exemplos de superação. Coisa de contar nos dedos de uma só mão, sendo generoso.

Mas há.

Nas oitavas de final da Libertadores de 2008, o América-MEX foi goleado por 4 a 2 no Azteca pelo Flamengo – no Maracanã, eliminou os cariocas: 3 a 0.

Na terceira fase da Copa do Brasil de 2006, o Atlético-MG levou 2 a 0 no Mineirão do Fortaleza – no Castelão, avançou ao bater os cearenses: 3 a 1.

Nas quartas de final da Liga dos Campeões de 1968/1969, o Ajax perdeu por 3 a 1 em Amsterdã para o Benfica – em Lisboa, provocou um jogo extra ao devolver o placar (e acabou eliminando os portugueses ao fazer 3 a 0 em Paris).

Três casos, entre centenas de confrontos pesquisados. Há de haver mais, procurando, por exemplo, em Copa da Itália, Copa do Rei, na Espanha, Copa da Inglaterra ou mata-matas de âmbito regional. Mas, em suma, o retrospecto mostra que a tarefa do Grêmio diante do Palmeiras será digna de uma epopeia, os poemas que narram ações heroicas.

Para quem já traz no currículo a Batalha dos Aflitos, pode não ser impossível.

Joel Santana foi surpreendido

A eliminação para o América-MEX no Maracanã lotado é um dos maiores vexames da história rubro-negra. Afinal, o Flamengo voltou do Estádio Azteca com uma senhora vantagem nas oitavas da Libertadores de 2008. Venceu por 4 a 2 e, no Rio, poderia perder por 2 a 0 ou 3 a 1.

O clima de oba-oba pela conquista do Campeonato Carioca no domingo anterior e pela despedida do técnico Joel Santana (de saída para a seleção da África do Sul) deu lugar ao choro dos jogadores e à revolta da torcida. O América fez dois gols no primeiro tempo – um deles em contra-ataque – e, na segunda etapa, de falta, chegou ao gol da classificação: 3 a 0.

Palavra de quem conseguiu

Lori Sandri, gaúcho de Encantado, 63 anos, era o técnico daquele Atlético-MG que derrubou as expectativas na Copa do Brasil de 2006. Por telefone, de Curitiba, onde mora, o treinador recordou o duelo contra o Fortaleza e falou sobre o desafio gremista:

Depois de uma derrota por 2 a 0 em casa (com os dois gols ainda no primeiro tempo, ou seja: o Atlético-MG não chegou a reagir), a maioria das pessoas, inclusive a imprensa, adota a linha de que é impossível reverter o resultado. Um técnico precisa usar esse sentimento de desconfiança, de desânimo, como motivação. Precisa trabalhar a cabeça do jogador. Tem uma semana para fazer isso.

Para acontecer a reversão, é muito difícil. São raríssimos os casos. Vai depender das circunstâncias do jogo de volta. Se você fizer um gol cedo, como aconteceu com o

Atlético-MG no Castelão, cresce bastante a chance. (O Atlético-MG fez 1 a 0 aos 25 minutos do primeiro tempo, com Danilinho, e ampliou aos 32, com Marinho, de pênalti. Aos 19 da segunda etapa, Finazzi descontou. Mas o time mineiro não esmoreceu e, aos 40, em uma cobrança de falta, Zé Antônio marcou o gol da classificação.) Nós tomamos o gol do Finazzi a tempo de nos recuperarmos. No caso do Grêmio, foi muito curto o tempo para que um jogador pudesse transmitir confiança para o outro. (O Palmeiras fez 1 a 0 aos 41 do segundo tempo e 2 a 0 aos 45.)

Acho o Grêmio superior ao Palmeiras. O time tem que acreditar. Você deve ter acompanhado a final da Liga dos Campeões (o Chelsea empatou com o Bayern aos 43 do segundo tempo) e a última rodada do Campeonato Inglês. O Manchester City estava perdendo o título até os 45 do segundo tempo, mas marcou dois gols nos acréscimos



Comentar esta matéria Comentários (14)

LUCIANO BUENO

convenhamos,dps de perder,em casa,c/ toda a torcida apoiando,e ainda vem dizer q vão reverter o resultado,grande piada de mal gosto,querem enganar quem??? jogando c/ marco(cone)antonio,gabriel enganador,ta loco,ta ficando cada vez mais dificil torcer p/ esse time,vai ser um ano de ilusões!

17/06/2012 | 15h03 Denunciar

maic

não vai ganhar de ninguém com gabriel e marco antônio. fala sério

16/06/2012 | 23h26 Denunciar

Alexsander

Venho dizendo a muito tempo, o problema do Gremio são os Diretores e os esquemas com empresários, eles iludem e mentem, o futebol fica em segundo plano, essas pessoas vem o clube e o torcedor como fonte de renda e mais nada !!! A prioridade tem que voltar a ser FUTEBOL !!!

16/06/2012 | 19h39 Denunciar

FERNANDO

QUANTA BESTEIRA. DEVE SER FALTA DE MATERIA. SE O GREMIO VENCER,JÁ VAI TER DVD E TUDO MAIS. ALMA CASTELHANA,IMORTALIDADE ETCCCCCCC.

16/06/2012 | 14h42 Denunciar

paulo roberto

Muito dificil mas não impossível. Garra existe neste time mas infelizmente falta a parte técnica para fazer a diferença, e isto o Grêmio não teve no Olimpico apesar da luta e da garra de todos que participaram do jogo.Tomara que a garra se alie a momentos de inspiração para reverter em Barueri.

16/06/2012 | 14h20 Denunciar

PEDRO GAUCHO

Com Gabriel, Marco Antonio, Pará e André Lima, nem com milagre. Pensei eu em montar um time mas não consegui. Não temos jogadores. Nem dá pra avaliar o Luxa.

16/06/2012 | 13h40 Denunciar

12 anos sem titulos

Um detalhe: Esses clubes são grandes... tem time confiável... nunca estiveram na segundona de seus paises... perderam de novo tricolinos... mais um ano sem titulos.

16/06/2012 | 13h16 Denunciar

Julio Cezar

Tem a virada do Rosário Central sobre o Atlético-MG pela Copa Conmebol de 1995. Só que a virada foi em casa.

16/06/2012 | 12h39 Denunciar

Derli Moreira da Silva

Por favor Zero Hora: grave esse comentário desse assinante. Vai ser 2x0 para o Grêmio no tempo normal e ganharemos nos penaltis. Imortalidade existe.... é só acreditar.....

16/06/2012 | 12h33 Denunciar

Mauricio Mello

Tá mas e o Boca Juniors na libertadores 2007 que...Ah não, meteram 3 em casa e 2 no Olimpinico! hahaahahuhuahuahuaha "[...] foi campeão ao superar na decisão o Grêmio, com um placar global de 5-0, a maior diferença em uma decisão na história do torneio!" EU ACREDITO! HAAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

16/06/2012 | 12h02 Denunciar

Mauricio Mateus

temos um exemplo ano passado, o Grêmio venceu o inter no beira rio por 3x1 na final do gauchão, perdeu em casa por 3x1. e foi derrotado nos penaltis.

16/06/2012 | 11h31 Denunciar

Elfus

Com esse bando de mercenários covardes vai ser dificil escapar da segundona, muito menos ganhar alguma coisa. Quando vamos livrar dessa diretoria inconsequênte ? FORA VITOR, M.ANTONIO,A.LIMA,GABRIEL e mais alguns

16/06/2012 | 11h26 Denunciar

Mauro Santos

Vamos conseguir. Temos que conseguir! Força, Grêmio! Na boa, e na ruim, com o Grêmio, onde o Grêmio estiver.

16/06/2012 | 10h46 Denunciar

luiz fernando

Com a falta de qualidade do time e os erros do técnico capenga do lado esquerdo só MILAGRE classifica o grêmio.O primeiro time de qualidade que pegou até agora levou dois,se bobear leva uma goleada humilhante em Barueri se for para cima como louco. "chega deste papo de IMORTAL"

16/06/2012 | 10h10 Denunciar

Siga zh_gremio no Twitter

  • zh_gremio

    zh_gremio

    ZH GrêmioLuiz Zini Pires: Grêmio errou ao não contratar goleiro- http://t.co/EpoJQYoj8Thá 11 horas Retweet
  • zh_gremio

    zh_gremio

    ZH GrêmioTreino de reconhecimento do Grêmio no Nuevo Gasómetro indica Marcelo Grohe e Luan fora contra o San Lorenzo ---> http://t.co/krLL45nMzkhá 12 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros