Os grupos da Copa06/12/2013 | 16h34

Grupo A: Brasil pega medianos que podem complicar

Seleção enfrentará Croácia, de Modric, México, de Chicharito, e Camarões, de Eto'o

Enviar para um amigo
Grupo A: Brasil pega medianos que podem complicar AFP/
Destaques do Grupo A: Neymar (Brasil), Modric (Croácia), Chicharito (México) e Eto'o (Camarões) Foto: AFP

Campeã da Copa das Confederações, a Seleção pegou três adversários de porte médio, mas que podem encrespar. A Croácia, em sua quarta Copa, aposta no armador Modric (Real Madrid), 28 anos, e no atacante Mandzukic (Bayern), 27. A equipe conta com dois brasileiros naturalizados, o meia Sammir e o atacante Eduardo. Garantiu vaga na repescagem (foi vice no grupo da Bélgica), ao bater a Islândia.

Camarões vai para seu sétimo Mundial e depende muito do já veterano Eto'o, 32 anos, que não raro é pivô de conflitos internos. O time não exibe mais o futebol vistoso e ofensivo que o caracterizou em Copas passadas.

O México pode estar em crise, pode ter se classificado na repescagem, pode ter empregado quatro treinadores no ano (o último é Miguel Herrera, do América), mas tem o incômodo hábito de complicar para o Brasil – vide a final olímpica de 2012 e jogos por Copa América e Copa das Confederações. Dois jogadores se destacam: Chicharito, do Manchester United, e Peralta, do Santos Laguna-MEX.

Problema maior para o Brasil serão as oitavas de final: provavelmente encarará Espanha ou Holanda.

***

Velhos conhecidos

O Brasil já enfrentou os três rivais na história das Copas. Sempre ganhou: 1 a 0 na Croácia em 2006, 3 a 0 em Camarões em 1994 e, contra o México, fez 4 a 0 em 1950, 5 a 0 em 1954 e 2 a 0 em 1962.

***

Palpite ZH

O Brasil avança em primeiro lugar. A segunda vaga ficará entre Croácia e México, com vantagem para os europeus, que estão com o time pronto – os astecas terão que reconstruir a equipe.

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga @zh_esportes no Twitter

clicRBS
Nova busca - outros