Opinião10/12/2013 | 08h04

David Coimbra: sorte e azar na dupla Gre-Nal

Colunista fala sobre desempenho dos times no Brasileirão

Enviar para um amigo

O Grêmio, diz-se que o Grêmio terminou o ano como vice-campeão porque teve sorte. O Inter, diz-se que o Inter terminou o ano a um degrau do rebaixamento porque teve azar.

ACESSE E COMENTE NO BLOG DO DAVID

D’Alessandro, o grande líder do Inter, o centro técnico do time, o chefe do vestiário, D’Alessandro experimentou o melhor ano da sua carreira.

Damião até outro dia era o centroavante da Seleção.

Forlán foi o melhor da última Copa.

Alex chegou como um quase craque.

Otavinho e João Afonso são revelações luzidias.

Índio é um dos maiores zagueiros da história do Inter.

Juan era homem de confiança de Dunga na Copa.

Clemer era invencível nas categorias de base.

Mas o Inter empatou com o time sub-20 da Ponte Preta, saiu de campo vaiado e termina o ano cabisbaixo.

Já no Grêmio, Renato não treina, não entende de tática e é arrogante.

O clube está endividado.

A OAS é quem manda na Arena.

O craque do time tem 39 anos.

As revelações vieram da base do Juventude.

O ataque não marca gols.

E o meio-campo não cria nada.

Mas o time está na Libertadores em 2014.

Por sorte? O Grêmio tem sorte e o Inter tem azar? É isso? Ou o Inter teve sorte por não ter caído e o Grêmio teve azar porque não foi campeão? Quem sairá melhor para a posteridade? Essa resposta só quem tem é a posteridade.

Siga zh_esportes no Twitter

  • blogdozini

    blogdozini

    luiz zini piresLições do Beira-Rio ao torcedor em noite de três pontos: Se a estreia do Beira-Rio no Brasileirão, sábado, ren... http://t.co/L3pZYAxtfvhá 7 horas Retweet
  • blogdozini

    blogdozini

    luiz zini piresSó a Libertadores salva Enderson Moreira: Perder faz parte da rotina do Grêmio de Enderson Moreira. São três d... http://t.co/jKvq71HlVahá 9 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros