A caminho do Brasil?21/06/2012 | 11h40

Em coletiva, Seedorf despista sobre futuro: "Já vão saber"

Meio-campista holandês se despede do Milan, mas volta a pedir mais alguns dias para anunciar seu novo destino no futebol

Enviar para um amigo
Em coletiva, Seedorf despista sobre futuro: "Já vão saber" OLIVIER MORIN/AFP
Jogador se despediu do Milan nesta quinta e está na mira do Botafogo Foto: OLIVIER MORIN / AFP

A espera do Botafogo por Clarence Seedorf deve durar mais alguns dias. Nesta quinta-feira, o meia holandês, de 36 anos, voltou a pedir tempo para anunciar seu destino no futebol. O jogador, que está negociando com o Alvinegro, convocou uma coletiva de imprensa para oficializar sua saída do Milan, clube que defendeu por dez temporadas, mas disse que ainda não decidiu para onde irá ao fim de seu contrato, em 30 de junho.

Na manhã desta quinta, Seedorf apareceu no CT de Via Turati, em Milão, para encontrar-se com a imprensa. Ao lado do diretor executivo do Milan, Adriano Galliani, o meio-campista não deu pistas sobre qual será seu novo clube, mas reforçou que está visando uma experiência nova na carreira. Semanas atrás, o holandês já dissera estar pensando em "projetos mais desafiadores":

- O meu futuro vocês vão saber em breve. Nos próximos dias todos saberão, devo começar a decidir a partir de amanhã. Mas eu quero tentar uma nova experiência, é hora de mudar.

Seedorf disse que a demora na decisão está relacionada ao grande número de propostas que tem recebido. O veterano chegou até a lembrar sua própria chegada ao Milan, há dez anos, para explicar a indefinição em torno de seu futuro. Além do Botafogo, clubes da China e o Montreal Impact, que disputa a Major League Soccer (liga norte-americana de futebol), têm interesse no jogador.

- O que posso dizer é que nunca recebi tantas propostas na carreira como neste momento. Preciso de alguns dias para pensar e tomar uma decisão, assim como foi antes de sair da Internazionale e assinar com o Milan, em 2002 - justificou.

Apesar de não ter citado nenhum clube em específico, Seedorf disse que sua família é um fator importante na escolha do novo clube. Pretendido pelo Botafogo já desde o ano passado, o jogador tem forte ligação com o Brasil: sua esposa Luviana mora no Rio de Janeiro e parte de sua família ainda vive no Suriname, país sul-americano onde o meio-campista nasceu.

- Vou ter de avaliar vários aspectos, como a minha família e os meus filhos. Nunca tive problemas financeiros na minha carreira. Vou continuar minha trajetória como jogador em qualquer outro time. Levo o tempo que for necessário para fazer a melhor escolha para mim.

Há duas semanas a representante do meia, a americana Deborah Martín, esteve no Rio de Janeiro e se reuniu por dois dias com a diretoria do Botafogo. Na oportunidade, ela elogiou o clube e até afirmou que o considera um dos mais organizados do Brasil. No fim das conversas, o Alvinegro enviou a proposta oficial ao jogador e, desde então, as partes mantém contato para ajustar detalhes do contrato. Um dos pedidos do holandês foi, em caso de acerto, alguns dias de férias antes de se apresentar após o fim do seu contrato com o Milan, dia 30 de junho.

O Botafogo segue apreensivo com a decisão de Seedorf. O diretor-executivo do clube, Sérgio Landau, pediu pressa na decisão do jogador em entrevista exclusiva ao LANCENET! na última quarta-feira. O dirigente chegou a afirmar que "não tem a vida toda" e que o clube precisa seguir um planejamento. Segundo ele, a decisão deveria sair até o fim desta semana.

Gratidão ao Milan
Na sua coletiva de despedida, Seedorf não deixou de agradecer ao Milan após as dez temporadas disputadas pelo clube rossonero. O jogador se disse grato à torcida milanista e revelou estar triste por deixar o clube por onde conquistou tantos títulos, como duas Ligas dos Campeões da Europa e dois Campeonatos Italianos:

- Passei dez anos intensos em Milão. Agradeço a todos com quem trabalhei em Milanello, dirigentes, torcida, jornalistas. Metade da minha carreira foi aqui, junto a companheiros com quem dividi grandes momentos. Até poucos dias atrás, ainda não tinha decidido nada, deixar o Milan foi uma decisão recente. Estou triste porque aqui sempre fomos uma família de verdade. Mas guardo no coração todos que conheci aqui. Isso ficará para sempre.

Com sua saída, a camisa 10 do Milan fica vaga dentro da equipe. Quem irá herdá-la é o atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, que atualmente veste a 11. Para Seedorf, Ibra tem todas as condições de vestir a camisa que tem sido sua nas últimas temporadas, após a saída do português Rui Costa:

- Eu conversei recentemente com o Ibrahimovic e lhe disse que ele tem todas as qualidades para ser o número 10 do Milan.

Por sua vez, Adriano Galliani rasgou elogios ao jogador e disse que o holandês foi peça importante no sucesso do clube nos últimos anos. O dirigente ainda lembrou que sua participação foi crucial para que o clube pudesse montar um grande elenco a partir de então, como na contratação do zagueiro Alessandro Nesta, junto à Lazio, em 2002:

- O grande Milan dos últimos anos começou com o Seedorf, quando ele chegou. Sua estreia foi num jogo contra o Slovan Liberec, importantíssimo para nos classificarmos à Liga dos Campeões. Se não tivéssemos ido à Champions, não teríamos como trazer o Nesta. Em todas as vezes que o Milan jogou bem nos últimos anos, Seedorf estava lá. Foram dez anos maravilhosos.

Pelo Milan, Seedorf disputou 432 jogos oficiais, sendo o único estrangeiro entre os jogadores com maior número de atuações pelo clube. Em nível europeu, o meio-campista também defendeu Ajax (HOL), Sampdoria (ITA), Real Madrid (ESP) e Inter de Milão, antes de chegar ao Milan. Ele tem nada menos que quatro títulos de Liga dos Campeões conquistados, além de quatro títulos nacionais (dois Italianos, um Holandês e um Espanhol).

Pela seleção holandesa, o meia disputou 87 jogos e marcou 11 gols. Ele esteve presente em uma Copa do Mundo (1998) e em três Eurocopas (1996, 2000 e 2004).

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga zh_esportes no Twitter

  • blogdozini

    blogdozini

    luiz zini piresPassarela em torno da Arena apresentará nova camisa do Grêmio: O Grêmio mandou construir uma passarela de 800m... http://t.co/UyK7b65GnMhá 6 horas Retweet
  • blogdozini

    blogdozini

    luiz zini piresGrêmio espera Ronaldinho de camisa nova: O Grêmio receberá Ronaldinho e o Atlético-MG, domingo, às 18h30min, n... http://t.co/gF5QQmBBLDhá 16 horas Retweet
clicRBS
Nova busca - outros