Finanças pessoais26/02/2014 | 22h33

Especialistas avaliam o que fazer com as ações da Petrobras

Quem tem papéis da estatal, é recomendado manter e alugar, mas não quem possui, deveria evitar comprar

Enviar para um amigo

O balanço da Petrobras, detalhado nesta quarta-feira, voltou a deixar investidores apreensivos. Os papéis preferenciais da estatal recuaram 3,52% na Bolsa de São Paulo, e os ordinários (direito a voto) caíram 2,86%.

Quem tem dinheiro aplicado na empresa se viu cercado de questionamentos sobre o que fazer com as ações compradas com dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Especialistas têm recomendado distância das ações da empresa, em razão da ausência de perspectiva de um método que equilibre o preço do combustível vendido no Brasil e as cotações internacionais de petróleo – e evite novos prejuízos com a venda de gasolina.

A produção estagnada de petróleo por parte da empresa, e principalmente de derivados, adia a perspectiva de um aumento significativo no faturamento nos próximos anos. Má notícia para investidores que viram a ação da Petrobras valer quase R$ 50 em 2008, e hoje convivem com uma cotação entre R$ 13 e R$ 14. Ainda assim, os papéis da empresa são uma ilha de prosperidade para o dinheiro do FGTS, em razão do baixíssimo rendimento do fundo.

Outra polêmica começa a preocupar acionistas. Sem número suficiente de parlamentares em plenário nesta quarta, foi mais uma vez adiada a votação do requerimento apresentado pelo líder do PSDB na Câmara, deputado Antonio Imbassahy (BA), que quer investigar denúncias sobre a Petrobras.

Confira dicas de especialistas em mercado financeiro para quem tem (ou pretende ter) ações da principal empresa brasileira.

Como ganhar dinheiro com ações da Petrobras no atual momento?
Comprar e vender ações não são boas opções porque o valor da empresa está muito baixo e sem perspectiva de subir nos próximos meses, avaliam Celson Placido, diretor da área de análise da XP Investimentos, e André Trein, analista da Fundamenta Investimentos. Quem já tem ação e pretende permanecer com ela por longo período pode alugá-la, operação em que se "empresta" o papel para que outra pessoa a negocie, recebendo um bônus. A ação é devolvida em um período pré-determinado, sem risco de prejuízo para quem empresta.

Quem investiu o FGTS na Petrobras deve voltar atrás?
Especialistas avaliam que é melhor deixar o dinheiro em ações da Petrobras, apesar de todas incertezas. Isso porque o rendimento do Fundo de Garantia é um dos mais baixos do sistema financeiro, apenas 3% ao ano mais a Taxa Referencial (TR). Essa variação representou praticamente metade da inflação no ano passado. Portanto, a recomendação é sacar o dinheiro apenas se for para fazer uso imediato, como tratamento de saúde ou compra de imóvel.

Como está o rendimento do FGTS da Petrobras?
Quem tirou dinheiro do Fundo de Garantia para comprar ações da petroleira em agosto de 2000 viu o patrimônio crescer 221,8% até 10 de fevereiro de 2014, conforme o Instituto FGTS Fácil. O dinheiro parado no FGTS avançou apenas 88,8% no mesmo período.

Vale sacar do FGTS?
Para o educador financeiro Mauro Calil, sacar do FGTS só compensa para quem vai se aposentar em até três anos ou pretende, em breve, usar os recursos do fundo para adquirir imóvel, por exemplo. Calil explica que a Petrobras costuma pagar bons dividendos, o que encorpa a remuneração do investidor em longo prazo.

Quais as estratégias de quem tem ganho dinheiro com os papéis da estatal?
Conforme Placido, algumas alternativas são operações de derivativos estruturadas, que atrelam o valor da ação a algum indicador de renda fixa, como CDI. Trein avalia que muitos investidores estão operando em posições vendidas, em que se retém uma ação por tempo determinado apostando na queda de seu preço.

Aplicar em ações da Petrobras é interessante a longo prazo?
Trein entende que sim, pois dificilmente a empresa vai continuar submetida à política de represamento de preços por um período superior a cinco ou 10 anos. Placido alerta que o alto endividamento da empresa é um risco para o futuro do seu valor de mercado.

Para voltar a crescer
Algumas metas do plano estratégico da Petrobras apresentado nesta quarta

Produzir 3,7 milhões de barris de petróleo por dia até o ano de 2030, em comparação com os 2,9 milhões barris diários atuais

Atender à toda a demanda doméstica de derivados em 2020

Manter o crescimento em biocombustíveis, etanol e biodiesel, em linha com o mercado doméstico de gasolina e diesel

Voltar a ser autossuficiente na produção de petróleo a partir de 2015

Siga perfis de Economia no Twitter

  • farina_erik

    farina_erik

    Erik FarinaEspecialista diz que "bolha imobiliária" vai estourar depois da Copa. http://t.co/doxeokf18Whá 1 diaRetweet
  • farina_erik

    farina_erik

    Erik FarinaRT @Leogerchmann: Opositor argentino Sergio Massa, possível candidato presidencial, manteve na Fiesp reunião com empresários brasileiros de…há 2 diasRetweet
clicRBS
Nova busca - outros