Efeito seca17/09/2012 | 11h07

PIB gaúcho tem pior resultado para o segundo trimestre do ano desde 2003

Economia gaúcha apresentou queda de 6,8% em relação ao mesmo período de 2011

Enviar para um amigo

A seca que arrasou as lavouras e castigou os rebanhos gaúchos nos primeiros meses do ano fez com que o Produto Interno Bruto (PIB) do Rio Grande do Sul do segundo trimestre de 2012 registrasse o pior desempenho da série histórica calculada pela Fundação de Economia e Estatística do Estado (FEE-RS). Inicialmente, a FEE havia informado que este era o pior resutado desde 2005, mas corrigiu o dado no início da tarde. Desta forma, a queda do PIB trimestral é a maior desde 2003.

Segundo levantamento divulgado nesta manhã, a economia gaúcha apresentou queda 6,8% em relação ao segundo trimestre de 2011. Nos primeiros seis meses do ano, o PIB gaúcho acumula retração de 4,1% ante o mesmo período do ano passado. Conforme o estudo, a agricultura teve contração de 46,4% e a indústria diminuiu 3,1%. Apenas o setor de serviços subiu, registrando alta de 2,8%.

A análise da FEE aponta ainda que a indústria caiu menos do que o esperado graças aos setores de máquinas e equipamentos e móveis. Mesmo assim, o setor apresentou retração em função da desaceleração da economia brasileira.

— Como o agricultor estava bem remunerado das três safras anteriores, o impacto da seca no comércio e nos serviços no interior do Estado foi pequeno — explica Martinho Lazzari, economista da FEE.

Com o resultado registrado no primeiro semestre, a expectativa é de que até o final do ano o PIB gaúcho fique próximo de zero, uma vez que a indústria passou a registrar desempenhos positivos nos últimos dois meses em função de incentivos do governo federal à economia. Além disso, a compra de máquinas e implementos por agricultores deverá se reverter em melhores indicadores até o final do ano.

— Mas dificilmente teremos um PIB positivo no final do ano. O certo é que cresceremos menos no que o Brasil em 2012 — projeta Lazzari.

Siga perfis de Economia no Twitter

  • farina_erik

    farina_erik

    Erik FarinaReal foi a 2ª moeda que mais valorizou em abril: 4,63%. Só fica atrás da Rupia Indonesia (6,41%), mostra consultoria CMA.há 1 diaRetweet
  • blogdavanessa

    blogdavanessa

    BlogdaVanessaResumão tech da semana: http://t.co/3kTKBVkzybhá 3 diasRetweet
clicRBS
Nova busca - outros