20 nomes10/10/2013 | 15h24

Prêmio São Paulo de Literatura 2013 anuncia finalistas

Entre os nomes, o de Daniel Galera, com "Barba ensopada de sangue", e Luisa Geisler, com "Quiçá"

Enviar para um amigo
Prêmio São Paulo de Literatura 2013 anuncia finalistas Ricardo Duarte/Agencia RBS
Foto: Ricardo Duarte / Agencia RBS

Foram anunciados na tarde desta quinta-feira os 20 livros finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura, promovido pelo Governo do Estado de São Paulo. São 10 escritores concorrendo ao prêmio de R$ 200 mil da categoria Melhor Livro do Ano e outros 10 na categoria Melhor Livro do Ano de Autor Estreante. Entre eles, Daniel Galera, com Barba ensopada de sangue e Luisa Geisler, com Quiçá.

Este ano, o Prêmio tem uma novidade para os estreantes: serão contemplados dois escritores, um com mais de quarenta anos e outro com até quarenta anos, cada um com valor de R$ 100 mil. Todos os livros finalistas foram publicados em 2012.

Confira a lista completa de indicados:

MELHOR LIVRO DO ANO

Daniel Galera - Barba ensopada de sangue (Cia das Letras)
Evandro Affonso Ferreira - O mendigo que sabia de cor os adágios de Erasmo Rotterdam (Record)
Elvira Maria Vigna Lehmann - O que deu para fazer em matéria de história de amor (Companhia das Letras)
Francisco J.C. Dantas - Caderno de ruminações (Objetiva)
José Luiz Passos - O sonâmbulo amador (Objetiva)
Miguel Sanches Neto - A máquina de madeira (Companhia das Letras)
Ricardo Lísias - O céu dos suicidas (Objetiva)
Ronaldo Correia de Brito - Estive lá fora (Objetiva)
Zuenir Ventura - Sagrada família (Objetiva)
Xico Sá - Big Jato (Companhia das Letras)

MELHOR LIVRO DO ANO - AUTOR ESTREANTE

Mais de 40 anos
Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira -
As visitas que hoje estamos (Iluminuras)
Luize Valente - O segredo do oratório (Record)
Maria Silvia de Souza Camargo -
Quando ia me esquecendo de você (7 Letras)
Paula Fábrio -
Desnorteio (Patuá)
Roberto Schaan Ferreira -
Por que os ponchos são negros? (Editora da Cidade)
Rodrigo Fonseca Barbosa -
O homem que não sabia contar histórias (Record)

Até 40 anos
Jacques Fux -
Antiterapias (Scriptum)
Antônio Salvador -
A condessa de Picaçurova (Prólogo)
Luisa Dalla Valle Geisler - Quiçá (Record)
Raphael Montes de Carvalho -
Suicidas (Benvirá)

Criado em 2008 pela Secretaria de Estado da Cultura, o Prêmio São Paulo de Literatura é o que concede a maior premiação do País - R$ 400 mil no total. Ao todo, 187 obras foram enviados para inscrição, sendo que 168 obras de todo o País entraram na competição. Todos são livros de ficção no gênero romance - ênfase característica do Prêmio desde sua criação, em 2008, inspirado no britânico Booker Prize.

O anúncio do resultado final do Prêmio será feito no dia 25 de novembro, no auditório do Museu da Língua Portuguesa.

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Segundo Caderno no Twitter

  • segundocaderno

    segundocaderno

    segundocadernoEm novo álbum, Jorge Drexler busca inspiração nos ritmos latinos -->> http://t.co/zq3zL1GotU http://t.co/PqBuandUlKhá 2 diasRetweet
  • segundocaderno

    segundocaderno

    segundocadernoPresidente da Colômbia nega que García Márquez esteja com metástase -->> http://t.co/6AMkSpdhUQ http://t.co/TKZ9stxviShá 4 diasRetweet
clicRBS
Nova busca - outros