Projeto a perigo17/07/2012 | 15h09

Sem patrocínio, Instituto NT pode fechar as portas

Direção do espaço cultural estima em R$ 50 mil a verba mensal necessária para manter e ampliar as atividades

Enviar para um amigo
Sem patrocínio, Instituto NT pode fechar as portas Tadeu Vilani/Agencia RBS
Instituto NT na Marquês do Pombal, em Porto Alegre Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS
Fábio Prikladnicki

fabio.pri@zerohora.com.br

Em tese, o casarão onde funciona o Instituto NT de Cinema e Cultura, no bairro Moinhos de Vento, na Capital, está disponível para aluguel. O anúncio aparece em um site de negócios imobiliários. Mas o desejo do diretor do espaço cultural, Roberto Turquenitch, é que a transação jamais seja realizada.

Trata-se de um plano B, caso ele continue com dificuldade para encontrar parceiros para o empreendimento:

– O Instituto não vai acabar amanhã, mas estou trabalhando com todas as possibilidades. Isso inclui a ideia de locar o espaço, caso não consiga patrocinador.

>>>Acesse a programação do Instituto NT

Inaugurado em setembro de 2009, o local atrai especialmente cinéfilos interessados em filmes de arte. Além da sala de cinema para 50 pessoas com programação permanente, há um café e espaços para exposição e cursos. Um projeto de música instrumental terá apresentações até outubro.

O Instituto NT funciona em uma casa na Rua Marquês do Pombal tombada pelo patrimônio histórico municipal. Foi construída em 1922 pelo arquiteto italiano Armando Boni, responsável pelos projetos da Livraria do Globo da Rua da Praia e da concha acústica do antigo Auditório Araújo Vianna. A reforma foi concluída em 2008. Turquenitch, também diretor da produtora TGD Filmes, busca parcerias desde então:

– Fizemos a restauração sem dinheiro público, com verba pessoal. Há anos, eu banco todo o Instituto. O que não pode continuar é essa dificuldade de conseguir patrocínio no Rio Grande do Sul. Há verba para tantas obras que nunca terminam. Essa está pronta.

Turquenitch busca um patrocínio de R$ 50 mil mensais. Uma das ideias é que a empresa parceira dê nome ao espaço cultural.

– É mais ou menos o valor necessário para fazer o trem andar como deve. Se eu conseguir terceirizar o café, o preço diminui – exemplifica.

– Queremos fazer uma livraria no fundo da casa e queremos que os frequentadores do café tenham acesso a jornais do mundo inteiro de graça. Também pensamos em uma biblioteca pública.

O diretor do espaço cultural aguarda respostas de empresas que estudam propostas de parceria:

– Para mim, a casa não é um negócio; é um projeto de vida. Só que não posso lutar a vida inteira.

Notícias Relacionadas

Música instrumental 16/07/2012 | 12h30

Saxofonista Diego Ferreira estreia nesta terça projeto Música Instrumental para Todos

Músico se apresenta a partir das 20h no Instituto NT

Comentar esta matéria Comentários (11)

Eliz Rosane

Ter patrocínio é muito bom, porém, seria melhor se tívessemos condições de manter espaços tão importantes para a cultura, com a venda de ingressos para eventos que acontecem na casa.Os ingressos para as sessões de segundas e terças-feiras são no valor de R$6,00.Os filmes são ótimos.É de aproveitar!

17/07/2012 | 22h12 Denunciar

lia

Mostram esta foto da casa , só esquecem de dizer que a sala fica no porão, um horror de mal cheiroso,fizeram reforma?cruzes , o que não era antes entaõ, eu fui quando passava um filme que só estava passando ali, mas achei tao incomoda que saimos antes de acabar a sessão.

17/07/2012 | 19h31 Denunciar

lia

Mas não sei como ainda funciona esta sala, é horrorosa, passa até filmes bons, mas a sala tem cheiro de mofo,apertada, a visão da tela é horrrivel, escura e de mal aspecto.

17/07/2012 | 19h25 Denunciar

TITO CELSO

Seria lamentável a extinção deste espaço cultural. Seria também a materialização de que muitos discursos em favor da cultura não passam de oportunismo. Como frequentador , espero que surjam investidores que viabilizem a permanencia e ampliação deste espaço que já é patrimonio de Porto Alegre.

17/07/2012 | 19h22 Denunciar

TITO CELSO VIERO

Seria lamentável a extinção deste espaço cultural. Seria também a materialização de que muitos discursos em favor da cultura não passam de oportunismo. Como frequentador , espero que surjam investidores que viabilizem a permanencia e ampliação deste espaço que já é patrimonio de Porto Alegre.

17/07/2012 | 19h18 Denunciar

Lisiane

Muito triste essa notícia, um dos espaços mais organizados, competentes e confortáveis do estado. Não acredito que os empresários gaúchos fiquem cegos para esta situação. Longa vida para o Instituto NT, e consequentemente o Rio Grande do Sul também terá.

17/07/2012 | 19h07 Denunciar

Luiz

Admiro esses sonhadores, insistem em Cultura na nossa Pindorama! Ora,por acaso nossas autoridades estão interessadas em Cultura? Pego uma aposta. Se desse para quantificar, digo que se nosso povo tivesse 10% a mais de Cultura e Educação, no mínimo 90% de todos nossos políticos não se elegeriam mais.

17/07/2012 | 18h32 Denunciar

João Inácio da Silva Júnior

Frequento regularmente o NT e desconfiava que ele estava tendo vida longa demais, já que não há patrocínio algum. O cinema é barato e os filmes, os melhores da capital. O café tem preços altos, mas isso é detalhe.Se o NT fechar, fica comprovada minha teoria que POA anda a passos largos. Para trás...

17/07/2012 | 18h04 Denunciar

José

O Instituto NT é um espaço de maior importância para a cultura. E o valor, não é alto. Paga-se muito mais por inutilidades ou para projetos que atendem a vaidades pessoais, o que não é o caso do NT.

17/07/2012 | 17h47 Denunciar

Espectador Engajado

O valor é alto. Mas o problema não é esse, o problema é que os publicitários do RS são avançados demais para investir em cultura, em vez de botar um bannerzinho no Terra, ou montar uma barraca no Parque da Harmonia, essas sim banalidades que eles entendem...

17/07/2012 | 16h18 Denunciar

Maria Ivete

O Instituto NT é uma excelente opção na Capital. Sempre tem filmes de qualidade. Fico torcendo pra que permaneça nos oferecendo essa possibilidade de lazer e cultura.

17/07/2012 | 15h48 Denunciar

Siga Segundo Caderno no Twitter

  • segundocaderno

    segundocaderno

    segundocadernoEm novo álbum, Jorge Drexler busca inspiração nos ritmos latinos -->> http://t.co/zq3zL1GotU http://t.co/PqBuandUlKhá 1 diaRetweet
  • segundocaderno

    segundocaderno

    segundocadernoPresidente da Colômbia nega que García Márquez esteja com metástase -->> http://t.co/6AMkSpdhUQ http://t.co/TKZ9stxviShá 3 diasRetweet
clicRBS
Nova busca - outros