Transporte público15/05/2012 | 16h16

"Opinião não é a da EPTC", afirma diretor-presidente sobre frase polêmica

Gerente de fiscalização afirmou que "quem paga R$ 300 para ver Bob Dylan não vai voltar de ônibus"

Enviar para um amigo
"O cara que paga R$ 300 para o Bob Dylan, assim como quem foi ao show do Los Hermanos, não vai voltar de ônibus. Geralmente, colocamos transporte público extra quando o perfil do show é mais acessível."

A polêmica frase acima, de autoria do gerente de fiscalização de trânsito da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Tarciso Kasper, publicada na edição de hoje de Zero Hora, foi o estopim para uma onda de críticas nas redes sociais desde a manhã. Diante da repercussão, o diretor-presidente da empresa, Vanderlei Cappellari, pediu a palavra.

— O que foi dito pelo gerente de fiscalização não é a opinião da EPTC. Ele quis criar um contexto e se expressou mal. Ele quis dizer que, como o público era seleto, o promotor do show teria decidido não nos comunicar do evento. Eu conheço o Tarciso há 14 anos. O perfil dele não é o que foi colocado, e muito menos ele fala em nome da instituição. A EPTC trata todas as pessoas com igualdade, sejam pobres ou ricas — declarou.

A reclamação dos frequentadores de shows na Capital é referente à falta de transporte público. Além dos ônibus, táxis também não têm suportado a demanda na saída dos espetáculos.

Você já enfrentou dificuldades para ir a shows na Capital?

Cabe à EPTC remanejar a frota quando há grandes eventos, mas Cappellari reclama que, às vezes, os organizadores não passam informações, impedindo um planejamento para o trânsito.

Uma das medidas que a empresa tenta implementar é a alteração no acesso aos shows. Com o Pepsi On Stage, onde houve a apresentação da banda Los Hermanos, é tratada a mudança do acesso, atualmente pela Avenida Severo Dullius, para a parte de trás do local.

Leia mais:
"Quem paga R$ 300 para ver Bob Dylan não vai voltar de ônibus"
Falta de estrutura frustra quem vai a shows na Capital
Blog Remix: Vá a shows (mas já vá sabendo que)
Mariana Kalil: Vou a shows no Dia de São Nunca

Comentar esta matéria Comentários (26)

Daiane Lourenço

Lastimável! Em países de 1° mundo as pessoas não tem esse pensamento, elas optam por transporte público por vários motivos: ser barato, ser público, ser ecologicamente correto, ser coletivo, só aqui no Brasil q opovo tem esse tipo de pensamento atrasado que só quem é pobre tem q usar bus. VIVA 2014!

16/05/2012 | 16h17 Denunciar

Daiane Lourenço

Pensamentos pequenos como esse e de pessoas não iformadas como algumas q comentaram aqui declarando que está correto a atitude do gerente e do presidente da EPTC, me levam a uma conclusão: "que país é esse?" Viva a Copa 2014, se em shows já é assim imagina só... Lastimável!

16/05/2012 | 16h11 Denunciar

gerson

Reclamar da EPTC é só pra quem tem dificuldade em cumprir regras de transito, se andar em ordem não tem que se preocupar, até vai diminuir o serviço dos agentes e quem sabe rever a necessidade, mas como cada povo tem o motorista que merece, tem que quer EPTC

16/05/2012 | 15h16 Denunciar

BARAO

Pessoal nossa gloriosa EPTC (exemple de competência)merece respeito...quando tem problemas no trânsito ela resolve muito rápido e bem...coloca muitas sinaleiras e placas e faixas e radaras...pronto tá resolvido...os caras são muito bons...azar o nosso ela existir justo aqui!

16/05/2012 | 09h50 Denunciar

Maria

"-Eu o conheço a 14 anos..." E assim prorroga-se a sansara de "amiguinhos e companheiros e camaradas" que tomam conta dos cargos de chefia, direção, gerência e supervisão dos órgãos públicos. Competência pra que, se é meu amigo?

16/05/2012 | 08h45 Denunciar

Homer

Não concordo com o presidente. Se o gerente dele não tem competencia para falar que então ficasse longe da mídia. Existe sim séria deficiencias de transporte coletivo em Porto Alegre em dias de shows e em jogos as quartas feiras a noite. Deixei de ir por causa disso. Exemplo: a linha T2A.

16/05/2012 | 02h55 Denunciar

Paulo

Prefiro a dureza e honestidade dos autênticos que a farsa dos insossos. O cara falou o que pensa a EPTC sim, só que não é politicamente correto declarar isso. Aí vêm os insossos desautorizarem a verdade dita. Essa EPTC tá devendo pra sociedade faz tempo.

15/05/2012 | 23h04 Denunciar

Carlos Jacob

A única coisa que a EPTC faz é construir sinaleiras.

15/05/2012 | 22h59 Denunciar

Carmen Barcellos

A EPTC trata sim diferente quem é rico e/ou pobre,basta ver algumas atitudes dos ditos fiscais de trânsito:qdo é em bairro de classe baixa leva 1hora p vir qdo é em bairro classe alta chega voando.Já senti na pele o tratamento diferenciado.E não adianta reclamar deles pq ainda são prepotentes.

15/05/2012 | 22h06 Denunciar

Amarildo

Ora,se a própria EPTC faz campanha para evitar o binomio alcool x direçao em festas,aí está uma grande contradiçao. É obrigação da empresa manter contato com as empresas de onibus para disponibilizer veículos suficientes para atender a demanda. Cada um na sua.

15/05/2012 | 20h54 Denunciar

getulio

Na copa do mundo quanto vai ser o ingresso? bem caro né? então não precisa ônibus também. o problema é que os políticos ficam devendo na campanha e depois tem que colocar qualquer um para cargos e daí gente despreparada e presunçosa dá nisso.

15/05/2012 | 20h49 Denunciar

Cláudio

Simplesmente todos esqueceram do problema que realmente aconteceu naquele dia, que foi a falta de estrutura da empresa que administra o estacionamento do aeroporto. O problema nao foi falta de onibus e sim a fila para pagar o estacionamento de clientes do aeroporto.

15/05/2012 | 20h32 Denunciar

Bárbara

O pior é que ele falou a verdade... que gente ridícula... Duvido realmente que esse pessoal que gastou 300 reais vá voltar de onibus pra casa... No máximo de taxi

15/05/2012 | 19h52 Denunciar

gerson

REALMENTE, QUEM PODE PAGAR 300 REAIS POR UM INGRESSO NÃO ANDA DE ONIBUS ISSO É VERDADE, NÃO SEI DE ONDE FOI O COMENTÁRIO, MAS CONCORDO

15/05/2012 | 19h00 Denunciar

Priscila

Claro, então vamos de carro e ficamos duas horas na fila pra efetuar o pagamento do estacionamento...

15/05/2012 | 18h53 Denunciar

Guilherme

Mas que país ou melhor, que estado hein. Polêmica por causa do engarrafamento que teve na entrada e saída do show. Tem gente que deve ter xingado muito no twitter... Os Farrapos devem se revirar em seus túmulos.

15/05/2012 | 18h27 Denunciar

eduardo

Entao essa EPTC e´uma esculhambaçao pois se um gerente fala e´nao vale sua palavra ,entao o que vale? ou o gerente fala mas nao tem autorizaçao do chefe pra falar? ou nem o chefe nem o gerente podem falar ? ou so´quem sabe e´o presidente e ele nao quer dar explicaçao a populaçao?

15/05/2012 | 18h23 Denunciar

ceesar

o que está por trás da má vontade da EPTC com shows? provavelmente os fiscais não querem saber de trabalhar depois das 19 hs, o que é um erro, pois os horarios noturnos são os mais perigosos

15/05/2012 | 18h21 Denunciar

Mateus Marchioro

A administração de porto alegre nunca tem a culpa, tem dinheiro pra fazer mil blitz da lei seca mas não colocam ônibus na madrugada para dar alternativas aos que saem. Agora essa história ai só pra confirmar.

15/05/2012 | 17h54 Denunciar

paulo ricardo

É impressionante como as pessoas pessam pequeno nessa cidade! Aonde esta escrito que quem vai a um show vai somente de carro ou de táxi???? Pensem como Curitiba! E não existe ônibus também para ir fazer concurso domingo na FAPPA. Não há comprometimento da empresa que faz a linha e nem da EPTC.

15/05/2012 | 17h52 Denunciar

Eriberto Teixeira

FIERGS e Pepsi estão na fronteira entre POA e Cachoeirinha e Canoas, em locais ermos,corretamente não atendidos por meios públicos de transporte, pois não existe demanda naquele local. Acredito que uma cidade que não está preparada para receber grandes eventos não deve fazê-lo. Se prepare primeiro.

15/05/2012 | 17h47 Denunciar

Eriberto Teixeira

O povo brasileito,especialmente o gaúcho, que se acha, não se deu conta ainda que, nos últimos 30 anos, nada em mobilidade urbana foi feito, teremos o metrô, linha 01, talvez em 2020. Lugares de espetáculo não existem, a área da OSPA se arrasta há anos e anos. O problema é a inércia da população.

15/05/2012 | 17h42 Denunciar

jocemir

Lamentável a EPCT pensar assim, pois se fala em balada-segura, isto é, se for beber volte de ônibus ou taxi, tmabém, o número de veículos é muito grande nas ruas sendo o transporte público uma forma de resolver esse problema. E, ainda, pagamos pessoas para administrar dessa forma.

15/05/2012 | 17h40 Denunciar

IVETE

As linhas de ônibus em POA são um horror, sempre atrasadas, lotadas e com um intervalo muito grande entre um carro e outro. Além de ser dificil ir de um lugar a outro sem ter que pegar 2 linhas. Se o transporte publico fosse um serviço bom e efciente as pessoas usariam.

15/05/2012 | 17h23 Denunciar

jorge

Quem leva a culpa depois é o motorista e cobrador que tem ouvir o desabafo e raiva do usuario do sistema, mas quem determina o horário a ser cumprido é EPTC, e depois só querem multar e não orientar ou resolver o problema que eles mesmo originam...

15/05/2012 | 17h02 Denunciar

Adalberto

Ora, se esse funcionário, pelo cargo que ocupa, não fala pela EPTC, que seja demitido! E que se coloque alguém do ramo, não um CC qualquer!!

15/05/2012 | 16h49 Denunciar

Siga Segundo Caderno no Twitter

  • segundocaderno

    segundocaderno

    segundocadernoEm novo álbum, Jorge Drexler busca inspiração nos ritmos latinos -->> http://t.co/zq3zL1GotU http://t.co/PqBuandUlKhá 1 diaRetweet
  • segundocaderno

    segundocaderno

    segundocadernoPresidente da Colômbia nega que García Márquez esteja com metástase -->> http://t.co/6AMkSpdhUQ http://t.co/TKZ9stxviShá 3 diasRetweet
clicRBS
Nova busca - outros