O Monólogo da Boneca

Peça mostra a grande vontade de um homem em ter alguém que tenta transformar uma boneca em parceira

(Meliina Diehl/Meliina Diehl)
Foto: Meliina Diehl

O espetáculo conta a história de uma RealDoll - uma boneca projetada para fins sexuais - feita de silicone e juntas de aço, que imita as feições e proporções físicas de uma mulher real. A única personagem da peça, de nome Cherry, apresenta o mundo das RealDolls sob a visão do próprio objeto sexual, adquirido para servir de companhia a um homem triste e solitário. Ultrapassando as expectativas convencionais de ser tratada apenas como um brinquedo, a boneca é elevada a um patamar quase humano, em que assume as funções de confidente e parceira, uma mulher de beleza perene, curvas e proporções idealizadas, feminina, fiel, livre de doenças, obediente, submissa e sempre disponível.
O teatro mostra a vontade desesperada de um homem medíocre de ter alguém para dividir a sua vida, num ímpeto apaixonado e insano de transformar um aparato mecânico em uma companheira de carne e osso. O homem constrói um coração de sucata, coloca-o dentro do corpo de Cherry e espera ingenuamente que um milagre aconteça. De fato, a boneca começa a sentir e a pensar, apresenta emoções exacerbadas, tem ataques de raiva, medos, fobias e alucinações. A boneca transita entre a presunção e a piedade, entre o ódio e a tristeza profunda, questionando o valor da natureza humana e da espiritualidade num meio tecnológico, perfeito e artificial.
Direção e interpretação: Camila Diehl


Local: Teatro da Transcedência - Centro de Integração e Arte (Rua Vieira de Castro nº 145 - Farroupilha/ 51 3331.0621)
Temporada: De 29 de junho a 25 de agosto de 2013
Horário: Sábado e domingo, às 19h
Ingressos: R$ 20,00
Desconto: 50% para titular do cartão e acompanhante
Ponto de venda: Na bilheteria do local nos dias de apresentação

Duração: 1h10min
Classificação: 12 anos
Informações: 51 3331.0621/ 9903-5311-/ teatrodatranscendencia@gmail.com

clicRBS
Nova busca - outros